História Shingeki No Kyojin (Pedidos) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)
Personagens Annie Leonhardt, Armin Arlert, Bertolt Hoover, Connie Springer, Dot Pixis, Eren Jaeger, Erwin Smith, Hange Zoë, Historia Reiss, Jean Kirschtein, Levi Ackerman "Rivaille", Mikasa Ackerman, Personagens Originais, Petra Ral, Reiner Braun, Sasha Braus, Ymir
Tags Attack On Titan, Attack On Titan Snk, Eren Jeager, Levi Ackerman, Levi Ackerman (rivaille)
Visualizações 87
Palavras 975
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie! Por favor, me desculpem pela a demora.
Gente, acreditem, eu não to doida, alguém pediu um do Eren e do Jean observando as estrelas. Sério. Eu tenho certeza.
Mas bem... Eu espero que gostem!

Capítulo 6 - Capítulo 5- Eren e Jean Watching the Stars


Fanfic / Fanfiction Shingeki No Kyojin (Pedidos) - Capítulo 6 - Capítulo 5- Eren e Jean Watching the Stars

Capítulo 5- Eren e Jean Watching the Stars

Desde que (S/n) entrou para a Tropa de Exploração, Eren virou seu melhor amigo. Como todos sabem, após descobrirem que ele pode se transformar em um Titã, ele fora junto com o Cabo Levi e outros soldados para um antigo Quartel General, e logo depois, uma recruta com excelentes habilidades, chamada (S/n) fora para o mesmo lugar para juntar-se a tropa.

Sem conhecer alguém e ser muito íntima de outras pessoas, a jovem passou a conversar com Eren, ajudá-lo com os afazeres do lugar e com isso viraram amigos inseparáveis.

Um anos após terem se conhecido, um antigo amigo da moça se juntou à Tropa de Exploração, porém ela não sabia disso, e só soube quando viu Jean entrar no refeitório para o jantar.

*Momentos Antes*

-Ora (S/n), você tem muito mais talentos que outras pessoas que eu conheci há tempos.- disse Eren lhe fazendo rir.- Que foi? Eu disse algo errado?

-Não.- respondeu depois de se recompor.- Mas a forma que você diz essas coisas é terrivelmente fofa e agradável.

-Eu não sou fofo.- disse ruborizado virando o rosto em direção contrária.

-Não?... Oh! Tudo bem, garoto Titã nada fofo.- e com isso (S/n) riu mais, deixando Eren mais emburrado fazendo beiço.

O barulho da porta do refeitório se abrindo fez a moça olhar para os novos recrutas que chegaram pela manhã. Viu alguns conhecidos e outros que com o tempo iria conhecer, porém parou imediatamente de comer ao ver seu antigo amigo de infância passar pela porta, Jean Kirstein.

*Atualmente*

-(S/n)? O que foi?- indagou Eren ao ver a amiga parada como uma estátua olhando para Jean.- O que? Não acredito.- levantou-se ficando de frente com Jean, já que ele vinha andando na direção dos dois.- O que você está fazendo aqui?

-Ah! Eren, o garoto Titã imbecil e sem cérebro.- rebateu.

-Pelo menos não tenho cara de cavalo! E não respondeu a pergunta.

-Não tenho que lhe dar satisfações. Mas será que é cego e burro o suficiente para não entender o motivo se eu estar aqui?

-Ora seu...-

-Posso saber por que estão brigando?- pôde-se ouvir uma voz atrás de Eren, (S/n) havia se levantado para receber o amigo.

-Pequena!- exclamou Jean ao correr para abraçar a amiga, empurrando Eren que caiu sentado no banco.- Eu senti tantas saudades!- segurou a jovem pela cintura e virou-a no ar.

-Como está Jean fofo? Há anos não o vejo.

"Fofo? Eu que deveria ser o fofo dela." Pensou Eren irritado com a aproximação dos dois.

-Pode crer que bem melhor agora.

-Vejo que já se conhecem.- começou o moreno, irritado por ver os dois conversarem e se abraçarem.

-Oh sim! Eren, o Jean é meu amigo de infância.

-Agora entendo perfeitamente.

-Oe! (S/n), por que está andando com esse muleque? Ficou tão desesperada sem mim, que aceitou amizade de qualquer um?

-Qualquer um?! Ora se-

-Parem! Eu em... Pelo visto vocês também já se conhecem e não se gostam.

-Nem um pouco.- responderam em unisom.

-Para de repetir o que digo cara de cavalo!

-Para você garoto Titã!

-Parem os dois! Parecem duas crianças!- (S/n) se enfureceu, chamando a atenção de algumas pessoas ali presente.- Quando se entenderem nós conversamos.- dizendo isto, ela saiu batendo a porta.

(...)

Haviam se passado exatas duas horas e vinte sete minutos desde que o jantar havia ocorrido. (S/n) estava em seu quarto preparando-se para sair mais uma noite. A moça gostava de sair as noites para observar o brilho das estrelas e os incríveis desenhos que elas formavam no céu.

Eren sabia desse costume da amiga, e além de ir junto com ela, observava também o quanto ela fica linda com o sorriso bobo no rosto ao olhar para o céu pintado com aqueles pequenos pontinhos brilhantes. E nesta noite, não será diferente.

Verificando se não havia ninguém nos corredores, os jovens saíram as pressas até o lado de fora, andaram até estarem distantes o suficiente de alguém os ver e sentaram-se na grama úmida.

-Pequena? Você por aqui?- Eren quis morrer no instante em que ouviu a voz de Jean atrás de si.

-Jean? O que faz aqui fora?- (S/n) estava surpresa.

-Imaginei que estivesse fora da cama. Não me esqueci que você gosta de ver as estrelas. Então fiquei rondando por ai até te encontrar, e bom, te encontrei junto com... Ele.- deu ênfase para se referir que não gostou de ver Eren com a amiga.

-Ah, bem... Eren me acompanha todas as noites para observar comigo.- explicou.

-Mas agora que eu estou aqui você já pode ficar comigo. Volte para a cama Eren.

-Como disse?- Eren virou-se olhando Jean de uma forma mortal.- Com quem pensa que está falando?

-Com o garoto monstrinho talvez?- provocou.

-Acha que é minha mãe cara de cavalo?- o moreno não se conteve, levantou-se ficando cara a cara com o rapaz.-Nem ela falava nesse tom rígido comigo.

-Vocês dois, podem parar agora.- pediu a moça já prevendo o que iria acontecer.

-Ele começou (S/n), não percebe?

-Pequena, você me conhece, sabe que eu sempre estou disposto a ficar as noites lhe fazendo companhia.

-Para início de conversa, não era para você estar aqui... Pequeno.- provocou Eren já não aguentando a presença do rapaz.

-Está vendo? Ele tem ciúmes.- Jean apontou. Eren corou de imediato.- Tem ciúmes por que sabe que eu sou o seu preferido.- Eren riu.

-Você o preferido? Está louco. (S/n) se importa mais comigo.

-Pare de dizer asneiras.

-Cala a boca cara de cavalo.

-Quieto os dois!- gritou a moça.- O que estão fazendo?! Não param de brigar e se provocarem um minuto sequer! E agora estão competindo?

-Não é assim pequ-

-Não me chame assim! Não me interessa se vocês não se dão bem, mas não vão me usar para isso. Enquanto eu não ver respeito entre vocês, eu não irei me juntar a nenhum dos dois.

-E o que podemos fazer (S/n)?- perguntou Eren.

(...)

(S/n) já estava voltando para o seu quarto, mas antes de fazer isso, observou as estrelas no lado de fora, e não só elas, mas também os dois rapazes amarrados na grama reclamando por estarem juntos.


Notas Finais


Obrigada!
Próximo capítulo.
Reiner My Protector parte 2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...