História Shiver - Capítulo 2


Escrita por: e blackmel

Postado
Categorias Kuroshitsuji
Personagens Alois Trancy, Ciel Phantomhive, Claude Faustus, Condessa Rachel Durless-Phantomhive, Elizabeth Midford, Grell Sutcliff, Madame Red (Angelina Dalles), Personagens Originais, Sebastian Michaelis, Sr. Tanaka, Undertaker, Vincent Phantomhive, William T. Spears
Tags Drama, Romance
Visualizações 18
Palavras 1.524
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Cross-dresser, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


bem espero que gostem e tem novidades no próximo, merecem todo o carinho e dedicação para vocês, espero que gostem, ate as notas finais.

Capítulo 2 - Irmãos gêmeos Phantomhive com medo


Sentimos ser jogados em um canto escuro e sem nada a ser observado, bem pelo menos era isso que achávamos até que um daqueles monstros me segurar pelo cabelo e tirar as vendas dos meus olhos, vejo meu irmão Ciel encolhido e os inúteis o olhar com malicia e a mim também, vejo de solai-o o ambiente estranho velas uma mesa no centro, e um homem lixando algo então um daqueles inúteis foi até meu pequeno irmão e o pós de pé para logo depois socar lê o estomago o que fez eu e ele curvarmos de dor, e o tirou de perto de mim e só o vi disserem é perfeito para ganharmos o poder daquele que nos atrairmos, belo sacrifício. Mais antes que eu Enzo Phantomhive entenda o verdadeiro motivo ou o que estavam dizendo o homem inútil manchando meu corpo com sua inútil mãos e pés me chutar para onde tinha grades e me afirmar rindo

 

Homem de máscara- bem você é inútil e impuro para o sacrifício, mais não se preocupe, se divertiremos muito com você antes de matá-lo, inúteis da nobreza obscura, mais seu irmão é perfeito.

Enquanto vejo o inútil se afastar, vejo meu irmão sendo segurado por algo naquela mesa, e vejo eles cantarem e chamar a atenção de algo estranho, sinto um arrepio no ambiente, e só vejo aquele inútil chegar perto da mesa e após isso não consigo ver mais grito junto com meu irmão, e levo a mão ao local da dor , vejo meu irmão desmaiar mais, acho que não é bem isso sinto uma lagrima descer e uma dor arrasadora no peito, mais não faço mais nada apenas fecho meus olhos, ouço aqueles que sujaram o nome da família Phantomhive rirem e continuar chamando algo, enquanto eu entro em estado de meio termo consciente e inconsciente  chamo algo que me ajude.

Estava passeando no mundo dos humanos quando sinto cheiro de duas almas com grande potencial, assim como sinto uma quase morrendo e outra chamando por mim, não consegui resistir a tal desejo e ia concedê-lo e aquela pequena e deliciosa alma seria minha, então usei meus poderes para atrair aquele humano para minha mente, vejo esse pequeno ser em uma mesa pedindo ajuda, então uso minha melhor voz sedutora com essa alma rio internamente por essa ser saborosa, e trocar sua bondade por mim, mais quem disse que não queria que o mesmo a trocasse, antes havia uma dúvida se era uma dama, mais ao observa-lo bem vejo um pequeno cavalheiro mais suas curvas são por demais fermininas, não ele precise saber que me atraiu de todas as formas saio de meus pensamentos, e vejo ele ainda deitado em minha forma de corvo enquanto faço o ambiente ficar frio e minhas penas caírem.

Bem vejo eu no lugar do meu irmão na mesa, e também a sensação de frio e várias penas caindo ao meu redor, e pouca claridade e peço a essa escuridão.

Enzo Phantomhive- alguém me ajude, faça que o nome daqueles que ousaram manchar a família Phantomhive morram.

Ouço uma voz seduzem-te e mais penas

Voz seduzem-te-ora, ora, ora é seu desejo firmar um contrato comigo.

Enzo Phantomhive- e eu poderia assumir que não foi Deus que lê enviou para que me salve.

Voz- jamais seria enviado por tal, sou um demônio e se for de seu desejo teremos um contrato, assim como atenderei seus desejos, até que eu tome sua alma, até lá serei seu servo fiel.

Bem não penso muito mais vingarei de todos esses que ousaram manchar o nome Phantomhive então falo- eu firmo um contrato, com você demônio.

Então esse afirma- saiba que depois desse jamais poderá passar pelo portal que leva ao céu e jamais poderá ver seus entes queridos.

Enzo não pensa mais só quer a vingança daqueles que fizeram tal mal- apenas faça.

Abro os olhos e vejo uma mão negra saindo de um buraco negro, vejo sua mão em minha direção então a pego e esse fala- bem onde deseja meu contrato, bem quanto mais visível o contrato mais forte serei, então.

Bem apenas afirmo- em qualquer lugar demônio.

Esse sorri antes de secar a última lagrima com suas unhas negra abaixo de meus olhos e levar a seus lábios e sorrir de forma extraordinária com aqueles dentes afiados e depois por suas mãos encima de meu olho direito, e soltar um grito alto de dor, sinto sangue escorrer, antes de meu demônio perguntar qual é seu nome criança.

Enzo olho a mesa e aqueles inúteis querendo algo do que me protegia e esse afirmar que não queria seus sacrifícios que tinha achado o mestre perfeito então esse voltou para mim esperando resposta.

Então o olho nos olhos e digo- sou o conde Ciel Phantomhive

Esse sorri e sei que ele sabe que minto, mais não diz nada apenas assente antes de dizer- bom acho que terei que assumir uma casca melhor para servir a tal nível de nobreza então vejo com meus olhos ele se tornar um homem belo de 1m80cm, cabelos pretos e bem desenhado em torno de seu rosto e seus olhos castanhos avermelhados e com lábios finos mais atraentes, não sei porque inferno desses pensamentos, mais sou tirado dele pelo mesmo

Demônio- bem qual seria seu desejo agora mestre.

Vejo o meu adorável mestre distraído, sinto seu desejo, sei que ele está atraído por minha fisionomia, mais não deixarei que se engane então o trago de volta de seus pensamentos pedindo suas ordens, esse saiu da mesma.

E disse-me tire desse lugar e mate todos, e queime esse lugar.

Sorrio de forma sombria antes de matar aqueles humanos de forma rápida, antes de salvar, meu pequeno mestre. Apenas abro a aquela sela e solto seus pés de cordas o pego no colo estilo noiva e o levo para perto de uma vela, e uso meus poderes para aumentar o fogo e a deixo aquele lugar queimar até a ultimo pedaço de madeira, então vejo meu pequeno pedir para descer. Então o ponho no chão e pergunto onde está sua casa

Esse me olha estranho e afirma- bem eu não sei, mais podemos procurar a minha tia que é medica e ela me levara a rainha.

Bem o olho com olhar calmo mais por dentro com raiva bem falo- tudo bem Bochan, procuraremos.

Esse afirma com olhos, bem sorriu mais antes que o pegue no colo, essa pergunta- como é seu nome.

Apenas sorrio com sua pergunta e falo olhando em seus olhos- bem bochan o contratante escolhe meu nome.

Esse então pensa e diz- seu nome será Sebastian Michaelis

Eu o olho com orgulho e pergunto- esse era o nome de seu antigo mordomo bochan

Esse me olha de forma fria e sarcástica e afirma- não, do meu antigo cachorro

Froresta OFF

Chegada rápida ao hospital ON

Esse mordomo me olhou de forma calma mais seus pensamentos eram outros, então vejo esse me pegar no colo e usar seus poderes para chegar ao hospital, onde pediu informação sobre a tia de Ciel Phantomhive.

O homem o olhou desconfiado mais quando viu a pequena criança em seu colo não teve dúvidas e mandou outro funcionário chamar a madame red.

Chegada rápida ao hospital OFF

Corredor ON

Bem-estava em meu consultório olhando alguns livros quando vejo um enfermeiro gritando meu nome, saio na porta e o vejo, afobado, o acalmo e pergunto- o que houve

Esse afirma- tem um homem na recepção dizendo que está com um de seus sobrinhos, senhora.

Essa me olha estranho como se pedisse para que não brincasse com algo tão sério, então me segue para a recepção, e vejo seus olhos encherem de lagrimas, então ela fala.

Madame Red- bem onde o encontraste cavalheiro, bem devo dizer que encontrou um dos meus pequenos sobrinhos, queria saber se o dois estão juntos.

Sebastian olha minha tia de forma estranha e triste e diz- bem apenas consegui salvar esse pequeno, no meio dos destroços de uma casa velha, e o outro eu encontrei apenas o corpo, sinto muito my, lady.

Essa deixou as lagrimas descerem e pediu para ver o menino, bem então o mostrei dormindo.

Ela sorriu e disse- bem, ele te disse como se chamava, ou perdeu a memoria senhor?

Rapaz- bem meu nome é Sebastian Michaelis, e como meu mestre me informou que se chamava Ciel Phantomhive, jovem dama.

Bem ela me olhou triste mais firme- bem então significa que meu pequeno Enzo Phantomhive veio a falecer nessa noite, entendo peço que me entregue, Ciel vou fazer alguns exames.

Essa me estendeu o braço para que colocasse, meu senhor, nos dela, mais não fiz, apenas a olhei e disse- mostre o caminho.

Após fazermos todos os exames, e ela dizer que tava tudo bem mais que ele tinha asma, e que deveria tomar cuidados com resfriados e sustos, então me deu o endereço de um hotel, agradeci a tia do meu mestre.

E sai daquele hospital e fui em direção ao hotel mais o mais estranho é que bocham queria ir para casa. Então segui o endereço do castelo da rainha.

Continuaaaa...


Notas Finais


bem espero que tenham gostado
bjs de uma Trancy e de sua amiga e companheira a co-autora
ate o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...