História Shonen Jump Ultimato - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia), Dragon Ball, Histórias Originais, Naruto, Seven Mortal Sins (Shin: Nanatsu no Taizai)
Personagens Akamaru, Androide Nº 17, Androide Nº 18, Bills, Bra, Brolly, Bulma, Caulifla, Champa, Chaos, Chichi, Chouchou Akimichi, Chouji Akimichi, Dai Kaiohshin, Daishinkan, Darui, Dende, Denki Kaminari, Eijirou Kirishima, Enji Todoroki (Endeavor), Enma Daioh, Eri, Fumikage Tokoyami, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Gohan, Goten, Gowasu, Hanabi Hyuuga, Hanta Sero, Hinata Hyuuga, Hit, Hitoshi Shinsou, Ino Yamanaka, Inojin Yamanaka, Isobu, Itsuka Kendo, Izuku Midoriya (Deku), Kagura, Kaiohshin, Kakaroto, Kakashi Hatake, Kale, Katsuki Bakugou, Kawaki, Kiba Inuzuka, Killer Bee, Konohamaru, Kurama (Kyuubi), Kuririn, Kyabe, Kyoka Jiro, Majin Boo, Marron, Mashirao Ojiro, Mestre Kame, Mestre Karin, Mina Ashido, Minoru Mineta, Momo Yaoyorozu, Mr. Satan, Naruto Uzumaki, Neito Monoma, Nejire Hado, Ochako Uraraka (Uravity), Pan, Personagens Originais, Piccolo, Rock Lee, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha, Shenlong, Shikadai Nara, Shikamaru Nara, Shinki, Shino Aburame, Shouto Todoroki, Tamaki Amajiki (Sun Eater), Temari, Tenshinhan, TenTen Mitsashi, Tenya Iida, Tetsutetsu, Toru Hagakure, Trunks, Tsunade Senju, Tsuyu Asui, Vados, Vegeta, Videl, Whis, Yamcha, Yodo, Yu Takeyama (Mount Lady), Yuga Aoyama, Zen'Oh
Tags Boku No Hero, Croosover, Dragon Ball, Guerra, Moro, Multi-verso, Nanatsu No Taizai, Naruto, Personagens Originais
Visualizações 19
Palavras 1.853
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Shounen
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 16 - Não aperte esse botão!


Fanfic / Fanfiction Shonen Jump Ultimato - Capítulo 16 - Não aperte esse botão!

Uma coisa que Dark havia trazido de seu universo, era o gato de Mark: Silver Bell. Porém, esse gato era muito especial!Ele possui-a uma inteligência humana e capacidades telepáticas, e graças à elas, ele podia se comunicar com os outros guerreiros, e graças à isso e o fato de ele ser pequeno e poder se locomover rápido, Dark havia bolado um plano: Ela juntou um pequeno detonador que ele havia guardado e duas baterias extremamente poderosas que ela desenvolveu, duas delas, seriam o suficiente para energizar uma cidade inteira, e graças à isso, a explosão seria extremamente poderosa.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Agora sendo protegidos pelos seus aliados ao seu redor: Bakugou, Mark, Mestre Kame e Sarada, que também que também mantinha sua aparência de 12 anos, pois também havia sido vaporizada, Dark começou à explicar para Silver Bell como usar o explosivo. Ele teria que puxar duas alavancas, oque cronometraria para explodir em 5 minutos e depois ele teria que apertar um dos dois botões do dispositivo para dar início à contagem regressiva. Porém, os dois botões eram idênticos e ficavam um do lado do outro.

Dark: Isso vai ativar-Diz colocando o explosivo na frente do felino na sua frente e ficando de joelhos na sua frente-Aí você aperta esse botão!-Diz apontando para o botão esquerdo-Isso vai te dar 5 minutos para se afastar e para os outros se afastarem também-Explica, enquanto o gatinho mantinha uma olhar normal, como qualquer outro gato-Oque quer você faça...Não! Aperte! Esse! Botão!-Diz colocando pressão em cada palavra,enquanto apontava para o botão direito-Porquê isso vai disparar a bomba imediatamente, e você junto com muitos outros guerreiros do nosso lado, vão morrer!-Diz de uma forma séria, porém o gatinhos respondeu começando à se lamber-Agora, repete oque eu acabei de dizer-Diz cruzando os braços, ela sabia que Silver Bell podia entender e que poderia responder usando seus poderes psíquicos.

Silver Bell (telepatia): Eu viro a alavanca esquerda-Diz se comunicando mentalmente com Dark.

Dark: Aham.

Silver Bell (telepatia): Depois a direita.

Dark: Isso garoto.

Silver Bell (telepatia): Depois aperto esse botão-Pensa colocando sua pata em cima do direito. Silver Bell era muito inteligente, mas seus impulsos felinos, o faziam se interessar por qualquer coisa vermelha e brilhante.

Dark: Não!-Grita intervindo o gatinho o mais rápido possível-Esse é o botão que vai matar todo mundo! Tenta de novo!-Diz séria e cruzando os braços novamente.

Silver Bell (telepatia): Eu viro a alavanca esquerda-Diz repetindo o processo.

Dark: Aham.

Silver Bell (telepatia): Depois a direita.

Dark: Aham.

Silver Bell (telepatia): Depois aperto esse botão-E de novo, Silver Bell colocou a pata em cima do botão direito, não resistindo aos seus instintos.

Dark: NÃO! É EXATAMENTE OQUE VOCÊ TINHA DITO! COMO ISSO É POSSÍVEL!-Berra chocada, quase arrancando seus cabelos-Qual é o botão que você tem que apertar?! Aponta pra ele!-Diz tentando recobrar um pouco da calma. Porém não adiantou nada, porque Silver Bell colocou a pata no mesmo botão mais uma vez-NÃO! NÃO!

Bakugou: Aí! Tá deixando ele nervoso!-Diz o loiro, com o pensamento de que a garota era o maior problema naquela situação.

Dark: Cala a sua boca e me arranja uma fita!-Grita ainda irritada-Alguém aí tem fita?! Eu quero cobrir com fita o botão da morte!-Pergunta para os outros à sua volta, recebendo apenas um aceno negativo com a cabeça, de cada um deles.

Bakugou: Eu não tenho fita! Deixa eu ver!-Diz o herói em treinamento, já voando para longe com a suas explosões. E de onde Dark estava, se podia ouvir ouvir perfeitamente os barulhos de destruição, vindos dos outros cantos do campo de batalha-AÍ MELIODAS!-Sem falar dos gritos de Bakugou, perguntando se os outros companheiros tinham alguma fita adesiva, que também podia ser ouvidos de onde Dark estava-VOCÊ TEM...AI!-Resmunga de dor, assim que por acidente, bate em um pedregulho-VOCÊ TEM FITA?!-Pergunta recebendo um aceno negativo com a cabeça vindo do demônio-ANGELA! VOCÊ TEM FITA?!-Pergunta, mas a loira não havia entendido-FITA! AH, DEIXA PRA LÁ!-Diz cansado de tentar explicar o seu pedido para Angela, no meio de toda aquela destruição. Diferente do outro, nesse uniforme, Angela não leva um rolo de fita adesiva-AI! CACETE!-Resmunga mais uma vez, após ter sido acertado de raspão por um ataque de um Nomu-EI VOCÊ AÍ CARA!-Grita chamando a atenção de Yamcha-VOCÊ TEM FITA?! ISSO! FITA CREPE SERVE!-Diz já se animando, porém essa animação foi desfeita totalmente, quando Yamcha demonstrou que isso havia sido só uma piada-PORQUÊ PERGUNTOU SE FITA CREPE SERVIA, SE VOCÊ NÃO TEM NENHUMA FITA PORRA?!-Berra ainda mais irritado, então Bakugou retorna pro triângulo de proteção em volta de Dark e Silver Bell-Ninguém tem fita!-Diz já abaixando um pouco o tom.

Dark: Nenhum deles aí tem fita mesmo?!-Pergunta chocada com o fato de que em um exército tão grande, nenhum dos guerreiros tinha uma fita adesiva.

Bakugou: Não!-Diz firme e com um olhar afiado.

Dark: Perguntou pro Escanor?!-Pergunta já começando á perder a cabeça.

Bakugou: ...Sim!-Diz sem muita confiança nas suas palavras, Bakugou havia perdido a paciência muito rápido. Então ele não iria gastar mais tempo perguntando de um em um.

Dark; Tem certeza?!-Pergunta desconfiada.

Bakugou: Eu perguntei pro Meliodas, e ele tava do lado dele!-Diz revelando que a resposta anterior era mentira.

Dark: AH! EU SABIA QUE TAVA MENTINDO!!!-Grita já se irritando novamente, isso era uma coisa que Bakugou e Dark tinham muito em comum: Os seus pavios curtos.

Bakugou: VOCÊ TEM BATERIAS PODEROSÍSSIMAS E UMA BOMBA ATÔMICA NA MOCHILA!!!!-Discute com a meio-bruxa, sem perceber que Silver Bell havia pego o detonador com a boca e começado e se distanciar-SE ALGUÉM AQUI DEVIA TER FITA, ERA VOCÊ!!!-Grita enquanto disparava suas explosões na direção dos inimigos.

Dark: É EXATAMENTE ISSO!!! EU, TENHO QUE FAZER TUDO!!!-Grita extremamente irritada-É ASSIM NO MEU UNIVERSO!!! É ASSIM AQUI!!!

Bakugou: Você tá desperdiçando muito tempo aqui!-Foi a última coisa que Bakugou disse, antes de se afastar e ir em direção ao combate.

E assim que o explosivo saiu do campo de visão de Dark, ela voltou a olhar para onde Silver Bell devia estar. Porém, ele havia sumido, e assim que Dark olhou para frente, ela viu o felino correndo no meio de todos os seres no campo de batalha.

Silver Bell: Miaaaaaaaaaaauuuu!!!!-Esse foi o grito de guerra do gatinho, enquanto agora usava seus poderes telecinéticos para levitar a bomba.

Dark: A vaca foi pro brejo-Diz abaixando a cabeça, já imaginando que Silver Bell não saberia como usar o explosivo.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

No meio do campo de batalha, Goten corria de uma porção dos soldados de Freeza. O Saiyajin ainda estava com as joias do infinito nos bolsos da calça, e era exatamente isso que os soldados queriam. E os soldados foram instruídos à fazer qualquer coisa para conseguir as joias, tanto que eles até atiravam em alguns Nomus que estavam no caminho deles, para conseguirem alcançar o garoto saiyajin.

Mas logo, essa dezena de guerreiros foi atingida por uma maré de chamas, que por sorte Goten desviou.

Mark: Aaahhh!!!-Grita enquanto usava suas chamas para carbonizar seus oponentes.

Goten então começou à voar para poder evitar uma quantidade maior de inimigos, e então logo começou à se comunicar com os aliados para saber oque fazer com as joias. Curiosamente, os comunicadores de todos, estavam conectados. Eles não teriam como ter a vitória garantida enquanto Moro não morresse ou eles não se livrassem das joias.

Goten: Pessoal?! Oque que eu faço com essas coisas?!-Pergunta se referindo às joias do infinito.

Um pouco mais afastado de lá Tenshinhan estava lutando contra um exército de Nomus, e graças à sua Técnica das Quatro Bruxas, conseguia aplicar golpes em duas vezes mais Nomus. Então assim que ele ouviu a pergunta de Goten, ele logo tentou dar a resposta mais direta.

Tenshinhan: Leva elas o mais longe possível!-Diz em alto e bom som, já imaginando que era alguma coisa que devia ser escondida logo.

Naruto: Não!-Interviu o Uzumaki, se eles fizessem isso, as linhas temporais ficariam totalmente bagunçadas-Temos que levá-las de volta pro lugar delas!-Diz enquanto lançava outros Nomus usando braços de chakra do Kurama.

 

Ojiro: Não rola levar de volta! Moro destruiu nossos anéis do tempo, junto com a Corporação Capsula!-Diz pelo comunicador. Foi então que Ojiro se lembrou de uma coisa-Mas espera aí! Não eram nossas únicas máquinas do tempo!-Diz já tendo sua esperança renovada-Alguém aí tá vendo uma Van?!-Pergunta para todos, pelo comunicador.

 

O Cavaleiro Sagrado, Gill Thunder, não havia entendido muito bem essa situação. Mas decidiu colaborar, mesmo que pouco, então ele usou o comunicador que Angela havia dado para ele.

Giil Thunder: Alguém está vendo uma...Van?!-Pergunta sem saber direito oque era isso, já que no seu universo, não havia nada com esse nome.

 

Angela: Consigo!-Por sorte, o universo de Angela era mais evoluído, e graças à isso e por participar da mair parte da missão. ela conhecia muito bem esse veículo-Mas não vai gostar de saber onde ele tá parada!-Diz podendo ver dos céus, metade da Van soterrada por destroços, enquanto vários Nomus passavam em volta dela.

 

Picollo: Alguém aqui consegue fazer essa coisa funcionar rápido?!-Pergunta através de seus poderes psíquicos, para saber se alguém no meio de tudo aquilo poderia ajudar naquela hora.

 

Kirishima: Eu consigo fazer funcionar em 10 minutos!-Diz o ruivo, agora já adulto, pelo comunicador. Kirishima, possuía um pequeno conhecimento de mecânica, então poderia ajudar agora Nisso, Kirishima nem percebeu sua antiga colega de classe, Mina Ashido se aproximando dele, a mesma que ainda era uma adolescente.

Howser: Liga aí então garoto! E alguém leva as joias para ele!-Diz o Cavaleiro Sagrado, apenas tentando dar um apoio moral naquela hora.

Kirishima: Entendido! Tô indo pra lá!-Porém, assim que Kirishima se virou, ele deu de cara com Ashido o encarando. A garota tinha um olhar hipnotizado, enquanto deixava uma pequena gota de saliva escorrer pelo canto da sua boca. Assim que entraram para U.A, Ashido passou à ter uma pequena queda por Kirishima, e vê-lo agora mais maduro, e com o corpo mais musculoso, havia deixado a garota chocada e ainda mais encantada que antes. Tanto que a rosada não conseguia expressar nem ao menos uma palavra-ASHIDO!!-Grita o ruivo de tanta empolgação. Ver a melhor amiga, depois de tanto tempo, era uma coisa ótima para Kirishima. Tanta, que o ruivo agarrou a rosada e começou a abraça-lá-Caramba, que saudades!-Diz muito sorridente, sem nem perceber o enorme rubor no rosto de Ashido, oque deixava o rosto dela, ainda mais rosado.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Depois de um tempo, Kirishima e sua amiga Ashido conseguiram chegar ilesos até a Van, graças ao Modo Unbreakable de Kirishima. E então, o ruivo e a rosada começaram à tentar de tudo para a Van ligar. Kirishima tentando ativar o veículo, e Ashido tentando ativar a máquina.

Ashido: Tá uma bagunça aqui!-Diz assim que vê o estado que a parte traseira da Van estava, graças ao ataque.

Kirishima: Não! Não liga!-Diz já voltando ao seu estado normal, e logo depois de perceber que suas tentativas haviam sido em vão.

Ashido: Oquê?!-Pergunta preocupada.

Kirishima: Não liga! Vou tentar uma coisa diferente!-Diz juntando um fio vermelho e azul da Van e então conectando com um fio maior da máquina atrás, torcendo para essa ideia dar certo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...