1. Spirit Fanfics >
  2. Shortfic: Shadowy Wishes - HidanSaku >
  3. Capítulo Um

História Shortfic: Shadowy Wishes - HidanSaku - Capítulo 2


Escrita por: e Anna_onj


Notas do Autor


E
A
E
GALERA KDJDKD

Desculpa os erros!!

Capítulo 2 - Capítulo Um


Narrado pela Autora.

As paredes estão pintadas de um branco muito clarinho, a cama de casal tem os panos da mesma cor mas no pé da cama encontra-se um pequeno banco azul claro com almofadas verdes brilhantes; do lado direito tem um sofá meio redondo na cor verde com dourado e uma mesinha muito linda com um whisky e dois copos mas, tudo isso deixou de ser atraente para Sakura quando ela começou a se envolver com o grisalho. Ambos já estão completamente nus e excitados, Hidan morde e chupa os lábios rechonchudos de Sakura e a mulher agarra os cabelos brancos do homem com força, o obrigando a descer a cabeça e beijar o seu pescoço.

Estão realmente entretidos na brincadeira que virá a seguir.

O advogado se afasta rapidamente do corpo lindíssimo da rosada que está na cama e caminha até o sofá, pega uma bolsa preta e leva para a cama. Sakura se apoia nos seus cotovelos e abre as pernas, se oferecendo completamente para o homem mas logo as fecha quando vê ele tirar de dentro da bolsa um açoite de couro na cor preta, um fio com quatro bolinhas tailandesas, um pote de lubrificante, camisinhas e dois pares de algemas de aço. Os olhos de esmeraldas se abrem de uma maneira quase surpreendente e um sorriso muito safado e perverso aparece no rosto do homem, ele empurra a bolsa para o chão e pega as algemas, sobe em cima do corpo magro e lindo e agarra suas mãos, prende uma de um lado e a outra do outro lado rapidamente, se afasta dela e pega as bolinhas na cor rosa.

— Está confortável, querida? — pergunta num sussurro completamente sensual. — Se sim, quero deixar duas coisas claras… A primeira: escolha uma palavra de segurança e a segunda: já fez sexo anal? — o grisalho pega as bolinhas e abre os lábios e, enfiando uma a uma dentro da sua boca, ele às chupa com muita sensualidade, as deixa bem molhadas e isso excita por demais a rosada.

— Ah… Eu escolho cereja como a palavra de segurança e sim, já fiz sexo anal… Você vai enfiar essas bolinhas na minha bunda? — Sakura engole em seco quando as bolinhas vão saindo dos lábios do homem e volta a abrir as pernas, se oferecendo mais uma vez.

— Sim, vou… Mas não se preocupe, vou deixar o lugar bem molhadinho. — ela consegue sentir o tom de palavras sujas na sua voz e fica louca! Hidan pega o pote de lubrificante ao lado e o abre, enfia dois dedos no conteúdo e logo em seguida os leva para o pequeno buraco da mulher e o acaricia.

A rosada mordisca os lábios e sorri, ajeita o corpo e abre um pouco mais as pernas e, de repente, ela sente os dois dedos do advogado adentrar no seu interior e geme baixinho e arrastado, excitando ainda mais o grisalho. Assim que está bem lubrificada, Hidan pega as bolinhas tailandesas e enfia uma a uma com delicadeza na bunda da mulher, Sakura continua gemendo baixinho e sorrindo cem por cento safada… quando todas estão dentro dela, ele deixa uma pequena "tampa" para fora para que possa puxar depois de estar satisfeito.

Logo ele pega o açoite e ajeita os joelhos na cama, se aproxima mais da mulher e aponta para os seus olhos, dando a entender que a quer sempre olhando nos seus olhos. Sakura concorda em silêncio e em poucos segundos sente o couro macio deslizar por sua bochecha, se assusta mas depois se acalma e respira fundo… Hidan passa o objeto por seu pescoço e caminha para o ombro esquerdo e, pulando para o seu seio, ele dá a primeira açoitada bem em cima do seu bico.

— Ah! - Sakura puxa suas mãos mas não consegue, ela sorri. — De novo… - pede e ganha mais uma no mesmo lugar. — Ah!! — o advogado começa a se masturbar e pula para o outro ombro, repete os mesmos movimentos e quando chega no seio direito, desfere duas açoitadas seguidas no seu bico, fazendo com que fique vermelho assim como o outro.

— Gosto dessa coloração… É a minha cor favorita. — sussurra com a voz rouca e desliza o couro para a barriga da moça, batendo perto do umbigo e nas laterais, deixando vermelho.

— Hmm, Hidan! — geme a rosada toda excitada e se abre cada vez mais… O couro desliza para o seu púbis depilado e bate três vezes seguidas na região, mais duas no seu clitóris inchado de tesão e uma na sua fenda encharcada. - Ahn, ahn! — o grisalho não para e bate mais vezes nas coxas e repete as batidas na onde já tinha passado.

Logo Hidan deixa o açoite de lado e pega uma camisinha, coloca em seu pau completamente duro, grosso e um pouco grande e em seguida, sobe em cima do corpo da rosada, levando seus lábios até os dela. O beijo e selvagem e cheio de ardor, tesão, desejo de sexo… A língua do advogado se enrosca com a língua da secretária de forma deliciosa, criando uma mistura atraente de sabores, os lábios do homem são puxados delicadamente pelos dentes da mulher e um gemido rouco sai da boca de Hidan, mostrando que está louco com todo esse toque. Sua boca ataca o pescoço de Sakura onde deixa mordidas, chupões e lambidas quentes e sensuais, desce com uma trilha de beijos por suas clavículas e para no peito direito, sugando o seu bico avermelhado e o mordendo para que fique marcado.

Sakura geme enlouquecida com os arrepios, as sensações únicas, está entorpecida por toda essa carícia cheia de sacanagem… O homem repete os mesmos movimentos no outro seio e volta com a trilha de beijos que desce cada vez mais até que chegue no pé da sua barriga. Sua língua passa com delicadeza pela marca do açoite em seu púbis e os beijos continuam até que as mãos grandes e fortes do homem levante suas coxas e o seu nariz puxe o aroma delicioso da sua boceta.

A língua molhada de Hidan rapidamente se apossa da carne úmida e quente de Sakura e, em lambidas sensuais e suaves, o homem arrancar diversos gemidos cheios de loucura da sua submissa. A rosada puxa as mãos e esfrega a sua boceta nos lábios do advogado, seu clitóris é sugado e mordiscado com força, sua fenda recebe as lambidas deliciosas e na boca do grisalho, uma festa de sabores únicos se inicia e não tem intenção de parar. As mãos de Hidan abandonam as coxas de Sakura e vão para os seus seios, aperta os bicos com força e depois brinca com eles, seus olhos… Seus olhos fitam o rosto com linhas desenhadas perfeitamente e se perde naquelas expressões de prazer e surpresa.

— Ahn! Ahn, Hidan! A-as bolinhas… Hm!!! — geme ofegante. O homem leva uma das mãos para a sua bunda e acaricia a carne antes de deixar um tapa que tem como acompanhante um estralo altíssimo. — Ah!!! H-Hidan! — geme e recebe mais tapas em ambos os lados da sua bunda, logo ele deixa de chupar sua boceta para agarrar o seu pau e esfregar a cabeça na sua fenda molhada.

— Você é simplesmente divina, mulher. — começa. — Seu gosto doce se tornou o meu preferido, seus gemidos são a nossa canção e suas expressões de prazer me deixam louco para foder a sua boceta com força… — as palavras sujas enlouquecem Sakura na hora! — Eu vou te comer e, as bolinhas vão fazer uma mágica dentro de você. — avisa enfiando o seu pau um pouco rápido mais ainda com cuidado.

O interior da rosada se revira e suga o pau do grisalho rapidamente! Ele geme, agarra a cintura dela e mete até que tudo esteja dentro... Sakura puxa suas mãos e suas costas saem da cama macia e fofa e, segundos depois, o entra e sai violento se inicia, deixando todas as sensações ainda mais deliciosas. O remexer dos corpos faz a cama ranger e as bolinhas tailandesas provocar uma série de arrepios e gemidos ansiosos e manhosos do corpo da mulher, as esmeraldas se reviram e os dentes mordiscam a pele de sua boca.

Para Hidan, ver essa mulher algemada e sendo fodida por ele é a melhor visão do mundo... Sakura tem um corpo perfeito, com medidas perfeitas, seios perfeitos e ele gosta disso, gosta quando o seu corpo se encaixa com o da sua parceira mas ele nunca sentiu um encaixe tão bom quanto esse; seu pau preenche todo o interior quente e molhado de Sakura, suas pernas apertam ao redor do grisalho por conta dos arrepios na sua bunda e seus olhos se apertam com força.

— Ahn! A-ahn, Hidan!! Hidan!! — geme alto e de forma sensual. — M-mais rápido... Ahn! — pede e ele obedece. As mãos do advogado vão para cima da cabeça da secretária e apertando com força os travesseiros, seu quadril vai e volta com tamanha força! Cada estocada faz com que Sakura sinta mais tesão, mais desejo!

E de imediato, Hidan libera uma das mãos e pega o açoite, volta para a sua posição inicial e enquanto fode a boceta manhosa da rosada, bate em seus seios e em suas coxas com o couro até que fique vermelho. A pele dela se arrepia com o contato, ela nunca imaginou que poderia ser tão gostoso, tão sensual, tão único... Ela tinha medo de se machucar, da pessoa não conseguir parar e acabar fazendo com que ela pegue trauma mas agora mesmo, fazendo sexo com Hidan, ela escolhe e deseja fazer mais vezes... Não só dá forma tradicional mas desse jeito, com açoites, algemas, bolinhas tailandesas e um grande e duro pau para satisfaze-la até o final.

— Ahn, Sakura! — geme o grisalho manhoso. — Tão gostosa e linda... Você é simplesmente perfeita. — esses elogios faz com que Sakura se sinta de alguma forma especial... Não que ela precise ser elogiada por um homem mas, quando se escuta palavras tão lindas, você se sente especial.

— Hidan... Ahn! - geme. — Você é um gato... Fica muito sexy e estiloso com terno. — rosna excitada e o homem sorri, bate mais algumas vezes com o açoite antes de solta-lo e deitar o seu corpo levemente sobre o dela, suas investidas ficam mais fortes, mais deliciosas e cada vez mais Sakura geme, pede, implora por esse contato tão magnífico.

Hidan leva a mão para as algemas e as gira levemente para que se abram, logo as mãos de Sakura caem e ao invés de grudar no colchão, ela gruda nas costas do grisalho e aperta ainda mais as suas pernas, sentindo que terá um orgasmo duplo, tanto na boceta quanto na bunda. O pau do advogado estoca a boceta da secretária uma, duas, três, quatro vezes antes de soltar um grito tão sensual que arrepiou ambos!

— Aahn, porra!!! — força seu quadril contra o corpo pequeno que treme intensamente com as sensações do orgasmo.

— Ai... Ahn... Ahn, Hidan... — sua voz sai manhosa e a sua boceta pulsa quando o pau sai lentamente e, quando um dos dedos de Hidan puxam a cordinha das bolinhas para fora do seu ânus lentamente, ela geme ainda mais. — Ahn, ahn... Ai, Hidan... Devagarinho... — pede mesmo sabendo que ele está puxando lentamente mas logo a tortura acaba e o seu corpo se vira de lado na cama, as pernas que ficaram um tanto molhadas com o seu gozo que escorre de pouquinho em pouquinho se apertam na tentativa de parar as sensações que são tão intensas... Nunca na vida essa rosada sentiu tamanho tesão e desejo em um sexo maravilhoso!

O grisalho descarta os objetos de lado por um momento e retira a camisinha, dando um nó antes de jogá-la no chão e se deitar na cama... Ele não toca Sakura que se diverte com seus pensamentos e com o seu estado de prazer mas a observa, pensa e analisa tudo que essa mulher poderia aguentar se por um acaso estivessem na casa dele em Nova York... As coisas que fariam juntos, seriam dias incríveis e maravilhosos!

E aos olhos de Hidan, cada vez mais essa mulher se torna perfeita e sensual.


Notas Finais


Até maaais!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...