História Shoujo Asylum Kiebaten - Interativa - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Drama, Horror, Interativa, Lesbicas, Luta, Sadomasoquismo, Terror, Yuri
Visualizações 335
Palavras 368
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, FemmeSlash, Ficção, Harem, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Orange, Romance e Novela, Shonen-Ai, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Sejam muito bem [email protected] à minha primeira fanfic interativa! Por ser original, não acho que vá ter taanta popularidade, mas também espero que não flope, hehe... Pessoal, é o seguinte: Essa fanfic não tá saindo do nada, na verdade é baseada em uma mesa de RPG que eu narrava. O cenário é totalmente de minha autoria e eu também utilizava um sistema próprio. Como estava sentindo falta de narrar nessa mesa e não estou com tempo pra narrar sessões, minha namorada me deu a brilhante ideia de fazer disso uma fanfic interativa! Ela é um gênio (Bj, amor).

Então... Espero que enviem suas fichas e se divirtam, porque essa fanfic vai pegar fogo! \o/ Podem ficar tranquilos porque eu pretendo levar ela pra frente, tenho muitos planos e estarei esperando as fichas de vocês! Nas notas finais deixarei o link pro jornal, onde terão todas as informações necessárias.

Capítulo 1 - Introdução


Fanfic / Fanfiction Shoujo Asylum Kiebaten - Interativa - Capítulo 1 - Introdução

A porta abriu-se lentamente e o som de passos ecoava pelo local até cessarem de forma súbita, dando vez a um mini grito de susto.

— Senhora? Não sabia que estava aqui! B-Bem... Eu irei deixar as pastas sobre sua mesa. Desculpe incomodar.

A luz adentrava com dificuldade o escritório escuro de paredes avermelhadas e ambiente cuja decoração espelhava-se em um estilo vitoriano obscuro, com móveis e adereços antigos. A poltrona preta de couro com detalhes dourados girava lentamente, fazendo com que um rosto sombrio se mostrasse aos poucos na meia-luz, com a silhueta misteriosa que dava visão a uma mulher cuja aparência jovem mal chegava a 24 anos de idade. Ela se inclinou para frente, passando seus dedos pela mesa de mogno, até tocar em algumas pastas alaranjadas com vários papéis dentro. A mulher sorriu, sabendo do que se tratava e olhou para a guarda que sorria de volta sem saber o que fazer.

— Já pode ir embora, agente Fredrick. Ou você decidiu que vai ser parte da decoração? — A voz suave e melodiosa escondia o veneno mortal de sua dona. Porém, não era o suficiente para enganar a recruta, que ouvira falar diversas vezes sobre a fama daquela que estava à sua frente.

A Diretora.

— S-Sim, senhora. — Ela tentava controlar seu nervosismo, mas algo nos olhos daquela mulher faziam cada célula do seu corpo entrar em alerta. Havia algo sedutor nela, mas ainda assim... Algo pesado e sombrio, tanto quanto aquele escritório.

A agente recuou devagar e então apressou os passos, saindo como se estivesse voltando à superfície depois de ter seu oxigênio sugado pelos olhos daquela figura tão temida, odiada e até adorada pelas alunas de Kiebaten. A Diretora então voltou sua atenção para as pastas novamente, sentindo sua boca salivar passou a língua pelo lábio superior, mordiscando o inferior em seguida e abriu a primeira pasta, observando a ficha da primeira candidata à Kiebaten. Ela iria decidir quem ficaria sob sua jurisdição ou seria enviada para uma outra. Mas seus olhos brilharam quando ela abriu a primeira ficha, depois a outra e a outra... Até ver todas. Ela então mordiscou seu indicador e em meio a um suspiro finalizou:

— Ah, esse será um ano excepcional.
 


Notas Finais


Pois é, pessoal... Comecei o prólogo apresentando a Diretora, pois ela será uma personagem importante para o decorrer da fanfic. Uma antagonista, eu diria. Não se preocupem, ela não está aqui para roubar o protagonismo de ninguém. Vocês entenderão melhor no decorrer da fanfic.

Regras e detalhes iniciais sobre a história, no link: https://www.spiritfanfiction.com/jornais/shoujo-asylum-kiebaten--interativa-13879802


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...