1. Spirit Fanfics >
  2. SICK ABOUT YOU - Reddie 80s >
  3. 20

História SICK ABOUT YOU - Reddie 80s - Capítulo 20


Escrita por:


Notas do Autor


Comentem.

Capítulo 20 - 20


  Estava ao lado de Katy e Eddie no avião. Minha irmã estava deitada em meu ombro, seu vestido antigo parecia apertado em si, ela quase não usava vestido, muito menos de cores escuras.

  - Poderia usar as roupas que gosta. – Falei. – Ele morreu Katherine, somos livres.

  - Essa será a ultima vez que usarei um vestido, morreu junto com ele. – Ela levantou a cabeça e sorriu para mim.

  - Eu não vou me despedir de nada, nunca deixei o meu eu sair de mim, sempre fui um viado. – Falei e Sebastian gargalhou atrás da gente e Maya brigou com ele. - Tira o a de viado fica o que?

  - Vido?

  - Vido. Masculino de vida, vida aquela que não pode ser tirada, eu sou um viado e sou imortal, entendeu? – Falei e todos ao meu redor começaram a rir.

  - Rixie o Eddie também é imortal? – Harry perguntou ingênuo e Sebastian gargalhou novamente.

  A aeromoça brigou e ficamos quietos. Eddie ao meu lado morria de vergonha.

  - Harry – Chamei e olhei para trás. – Ele é sim, imortal. Mas tá no armário.

  Falei e ele me olhou confuso.

(...)

  Minha mãe estava arrasada e ignorou minha existência. Também olha o que eu vestia no enterro do marido dela. Eu ignorava ou pagava um psiquiatra. Fui obrigado a jogar flores a ele, escolhi as quais ele era alérgico. Sou vingativo até com cadáveres, não me sentia mal por nada. Ele foi um demônio em minha vida, não tinha a mínima empatia.

  O lanche havia começado todos os parentes me olhavam torto. Eddie havia ido a sua mãe depois do funeral, mas já havia chegado aqui e me chamava.

  - O que é? – Perguntei. – Meu pai morreu e minha mãe fez as comidas favoritas dele, ele era maluco, mas tinha um ótimo gosto alimentar.

  - Fui à minha mãe e escrevi uma musica para você. – Falou rápido e eu estranhei.

  - Que legal, é sobre filhos que vão ao funeral do pai para comer? – Perguntei e ele passou a segurar minha cintura.

  - Não.

  - Sobre eu ter comido sua mãe? –Perguntei e ele revirou os olhos.

  - É sobre você ser o amor da minha vida. – Ele falou e eu arregalei os olhos. – Venha! – Me puxou indo até o banheiro de trás da casa.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...