1. Spirit Fanfics >
  2. Siga seu Coração (Adrinette) >
  3. O dia perfeito - parte 01

História Siga seu Coração (Adrinette) - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura para todos e espero que gostem do capítulo de hoje, e se puderem comentar eu adoraria saber a opinião de vocês.

Desculpa pelos erros...

Capítulo 12 - O dia perfeito - parte 01


Mais tarde no quarto de Félix

- Fé-Félix, a Mari me contou como vocês viraram amigos. - disse Adrien entrando no quarto e se aproximando do irmão que tinha um livro na mão, meio receoso.

- Sério? Ficou decepcionado? - disse Félix calmo e sério sem olhar para Adrien.

- Essa não seria a palavra, seria mais surpreso, se podemos dizer assim, esperava qualquer coisa menos isso. - disse Adrien amigável.

- Pelo menos ela deve coragem de te contar a metade da história dela para você. - disse Félix colocando o livro ao seu lado na cama onde ele estar sentado, e olha para Adrien e pergunta receoso. - você ficou chateado ou decepcionado por saber dela? - Félix gostava muito de ter Adrien como irmão, não queria que ele tivesse raiva dele, de toda a família Agreste, mesmo com a viagem de Adrien, ele sempre foi o mais próximo. Ele não podia negar que o que fez foi a mesma coisa que Bridgette também fazia mesmo sabendo que ele também tinha culpa e fez o mesmo.

- Não. Depois de pensar muito sobre o que aconteceu, eu consegui entender. Não se preocupe. - disse Adrien com sinceridade.

- Você é uma pessoa boa de mais Adrien, assim como a Marinette, perdoa com a maior facilidade erros imperdoáveis, se deu para perceber, eu era até pior que você quando o assunto era passado. - disse Félix amigável.

- Obrigado, mais também estou tentando melhorar, enfim, eu não vim falar sobre isso e sim, te pedir uma ajuda. - disse Adrien amigavelmente.

- Uma ajuda? Em quer?

- Sim, uma ajuda, quero uma ajuda para deixar o dia de Marinette inesquecível, deixa-la feliz, mais não sei ainda muita coisa sobre ela, o que ela gosta, entende.

- Entendo, e de ajudo com certeza, sei que a Marinette não gosta muito de ir para lugares muito caros ou ganhar presentes por não poder retribuir, mais você pode leva-la para uma passeio por exemplo, como dizem, são as pequenas coisas que fazem a diferença.

- Ótima ideia, até já sei a onde poderíamos ir, obrigado irmão, você é um gênio. - disse Adrien com um sorriso no rosto.

- Fico feliz por te ajudado, e que tal no fim do dia fazermos aquela festa do pijama aqui em casa, assim ela poderá reencontrar os amigos.

- Ótima ideia, espero que ela goste.

- Lógico, ela vai adorar.

Adrien assenti com a cabeça e sai do quarto, ele esperava muito que um dia Marinette pudesse dizer o que realmente sente por ele e que nesse passeio pudesse ajuda-la e deixa-la com um sorriso de felicidade no rosto, ele a amava muito e só queria o bem dela, mas jamais a forçaria a nada, nunca, queria apenas o verdadeiro, queria fazer Marinette esquecer seu péssimo passado e lhe trazer boas lembranças de todas as maneiras possíveis, além de ajuda-la no que mais a machuca, se é claro, se ela o permitir fazer parte de sua vida e sua história e ele se esforçaria para ser sempre o melhor na vida dela.

Quando Adrien chegou em seu quarto, Marinette já estava lá sentada na ponta da cama e parecia pensativa, ao ouvir a porta do quarto sendo aberta, Marinette elevou o rosto em direção a Adrien. Adrien caminhou até ela e lhe deu um selinho e se sentou ao lado dela, eles permaneceram em silêncio até Marinette quebra-lo sussurrando, mas Adrien conseguiu ouvir em claro e bom som.

- Você demorou, estar tudo bem? Não quero atrapalhar, se quiser...

Adrien com o dedo indicador colocou sobre os lábios de Marinette a silenciando, para depois com a mesma mão acariciar seu rosto e dizer gentilmente e baixo.

- Estar tudo bem sim, e você não atrapalha em nada princesa, eu gosto da sua companhia.....já estar ficando tarde, quer tal irmos dormir?

- Tudo bem.

Marinette é a primeira se levanta depois de uns minutos em silêncio para ir até sua mochila que estava em um canto do quarto e pega uma muda de roupa e pergunta.

- Posso? - aponta para o banheiro.

- Você não precisa me pedir nada, o quarto até pode ser meu, mais quero que você fique a vontade e se sinta bem aqui, tudo bem?

- Obrigada. - disse Marinette com as bochechas um pouco avermelhadas e com um sorriso no rosto e logo depois entra no banheiro.

Uns minutos depois Marinette sai do banheiro com seu clássico pijama, uma calça rosa e uma blusa de alças branca com detalhes pretos, totalmente vergonhada. Adrien foi até ela e lhe deu um beijo na testa e entrou no banheiro já com o pijama nas mãos.

Marinette sentou na cama depois de ter guardado tudo na mochila e observou o quarto atentamente, não poderia mentir que Adrien estava demonstrando ser uma pessoa bem carinhosa e cuidadosa com ela, e estava feliz com isso, mesmo com receio de se decepcionar novamente, quando mais conhecia Adrien, mais aquecia seu coração, ela mesmo não querendo, estava começando a se apegar de mais sem saber o por quê, será que era por eles serem parceiros, pelo jeito dele ser, ela não sabia dizer, só esperava não estar fazendo nenhuma escolha errada tanto para ela quanto para ele.

Quando Adrien voltou para o quarto, ele se sentou do outro lado da cama e perguntou.

- Estar tudo bem?

- Uhum. - assenti com a cabeça e logo depois deita na cama e olha para Adrien que faz o mesmo logo em seguida.

- Qualquer problema sabe que pode me dizer, não sabe?

- Não se preocupe, se não estivesse tudo bem, nem aqui eu estaria, e apenas novidade mesmo.

Marinette se virou para o outro lado para tentar dormir, mais sentiu um beijo de Adrien e sua cabeça, e ela não conseguiu deixar de escapar um sorriso.

- Boa noite. - disse Adrien.

- Boa noite. - Marinette sussurrou de volta.

Ela apenas se lembra, antes de adormecer, era sentir Adrien acariciando seus fios azulados, e fazendo esse gesto, Adrien também adormeceu.

No dia seguinte, no domingo, Adrien foi o primeiro a acordar e viu Marinette dormir profundamente, e não pode deixar de admira-la, de acha-la linda, Adrien se inclinou um pouco e deu um beijo na cabeça de Marinette lentamente e logo depois sussurrou.

- Mari... Marinette acorde, já amanheceu e hoje o dia vai ser incrível.

Marinette se mexeu um pouco, ela não estava nenhum pouco afim de acordar, mais ao se lembrar onde ela estava, se virou para olhar para Adrien que acariciava seus cabelos, seu olhar transmitia paz, carinho, assim tranquilizando Marinette que disse calmamente.

- Se você diz, para mim todos os dias são iguais e sempre vão ser assim.

Adrien dar um selinho demorado em Marinette que se surpreendeu pelo ato, mais não se afastou, apenas aproveitou o momento, ao se separarem, um silêncio ocorreu no quarto, fazendo assim um se perder nos olhos um do outro, mais Marinette foi a primeira a quebrar o contato se levantado e Adrien faz o mesmo logo em seguida. Adrien vai até Marinette e a abraça por trás e diz amigável.

- Tenho certeza que o dia de hoje vai ser especial, diferente, se podemos dizer assim.

Pensamento de Marinette on - posso conhece-lo a pouco tempo, mais o conheço o suficiente para saber que esconde algo. - pensamento de Marinette off.

- O que você estar tramando em? - disse Marinette com um sorriso nos lábios.

Adrien vira Marinette e diz bem próximo a ela.

- Nada princesa.

- Sei, vou fingir que acredito.

Marinette dar uns passos para trás se afastando de Adrien, que decidi não insistir, assim permanecendo no mesmo local, e um pouco vermelha Marinette e diz.

- Você gostou mesmo de me chamar de princesa não é?

- Se quiser eu posso parar. - disse Adrien nervoso, ele em nenhum momento quer que Marinette se sinta incomodada com sua presença, e sim, se sinta bem, e principalmente feliz ao seu lado.

- Tudo bem, sendo você, eu até que gosto... mesmo não sendo uma.

- Que bom, e você é sim uma princesa e sempre será a minha princesa. - disse Adrien amigável.

Marinette ficou ainda mais vermelha com o que Adrien disse que tampou o rosto com as mãos, apenas as tirou quando ouviu uma risada baixa de Adrien que não podia deixar da achar Marinette fofa, e Marinette o jeito de Adrien ser. Mais seus pensamentos foram interrompidos quando Adrien disse.

- Vou lá trocar de roupa, para sair do quarto e deixar você se arrumar em paz, porquê vamos sair. - e logo depois Adrien beija delicadamente a mão de Marinette.

- Sair? Pra onde? - pergunta Marinette curiosa e nervosa.

- Surpresa. Confie em mim, você vai gostar. Prometo.

- Estar bem, se você diz. - disse Marinette ainda nervosa.

Logo em seguida Adrien vai até seu guarda-roupas, pega tudo que precisa e vai para o banheiro.

Minutos depois ele sai, já arrumado e com seus cabelos loiros molhados. Uma coisa que Marinette não poderia negar, era que Adrien realmente era bonito, na verdade ela já havia reparado nisso, mais nunca havia pensado em dar uma chance para alguém, e ela estava bem nervosa e preocupada para saber onde Adrien a levaria, para sua surpresa (novamente) Adrien vai até ela e dar um selinho um pouco demorado em seus lábios e diz.

- Vou te esperar lá em baixo, tudo bem?

Marinette apenas assenti com a cabeça e Adrien depois de uma leve carícia em seu rosto, sai do quarto, assim deixando Marinette sozinha com seus pensamentos.

- E agora Tikki, que roupa eu posso usar para sair com o Adrien?

- Qualquer roupa que você usar o Adrien vai te achar linda Mari, não se preocupe. - disse Tikki amigável e com um sorriso, saindo de algum canto do quarto.

- Eu sei Tikki, eu sei, mais eu queria impressionar o Adrien sabe, a gente nunca saiu juntos antes.... as vezes até esqueço que o Adrien é modelo, só quero dar uma boa impressão. - disse Marinette cabisbaixa.

Tikki voou até Marinette, assim pousando em sua mão e a aconselhou.

- Mari, o Adrien te ama do jeito que você é, e com você é, você é incrível e linda, não se ache inferior as outras pessoas e nem se abale com suas opiniões, não se preocupe. Vou te ajudar a se arrumar, e você vai ficar mais linda do que você já é.

- Obrigada Tikki, você sempre me faz me sentir melhor, o que eu faria sem você. - disse Mari com um sorriso de agradecimento.

- De nada Mari, agora vamos, o Adrien já estar te esperando. - Tikki abraçou a bochecha de Mari que riu.

- Está bem está bem.

Marinette se arruma e logo depois sai do quarto e desce as escadas, vendo Adrien que estava de costas para ela olhando pela janela, parecia pensativo, então, mesmo nervosa, Marinette decidi chama-lo.

- Adrien.

Adrien olhava pela janela totalmente nervoso por não saber o que poderia acontecer nesse passeio (encontro) tinha medo de fazer algo errado ou se a Marinette iria gostar ou não, não sabia o que pensar, não queria decepciona-la ou até mesmo se arrependesse de ter dado uma chance a ele. Adrien ficou com esses pensamentos até que ouviu seu nome ser chamado por uma voz já conhecida, ao se virar e ver Marinette, ele ficou admirado...

Marinette usava uma vestido branco um pouco a cima dos joelhos que havia várias flores em tons mais escuros, nas bordas que tinha mais quantidades delas e na cintura, além de conter um fino e delicado cinto da cor bronze, e ela também usava uma jaqueta dar cor vinho quase marrom e pequenas botas simples com simples detalhes de flores da mesma cor que a jaqueta, e uma meia calça da cor de pele, uma maquiagem bem leve e suave, Marinette nunca gostou de coisas fortes em seu rosto, e seus cabelos estavam soltos e naturais, apenas preso por um pequeno e fino arco da mesma cor das pequenas e simples botas.

Já Adrien usava uma calça jeans escura, tênis da cor preta e uma blusa branca com detalhes pretos de manga comprida e os cabelos um pouco bagunçados como sempre.

Adrien foi até o encontro de Marinette, assim a encontrando no último degrau da escada onde Marinette havia parado para ficar quase da altura de Adrien, e Marinette que viu que Adrien não parava de olha-la e não dizia nada, se perguntava se havia exagerado muito ou não estava bom, então decidiu perguntar totalmente nervosa.

- Ficou muito ruim?

Adrien a ouvir o que Marinette disse, disse rapidamente de forma terna e sincera.

- Não, pelo contrário. Você estar magnífica.

Marinette se arrependeu por ter perguntado, Adrien podia ser bem direto nos elogios e corou de imediato sem saber o que dizer, ela não era acostumada com nada disso, mais não podia dizer que vindo de Adrien era ruim, mais mesmo assim, toda vez que ficava assim, desejava desaparecer, Marinette ficou sem fala por um tempo principalmente por estar muito nervosa, até que sentiu Adrien fazer uma leve carícia com o polegar em sua bochecha, Marinette, bem devagar, tirou a mão de Adrien de seu rosto, a segurando e disse vermelha.

- Obrigada, não achei que fosse gostar, principalmente por eu ter feito esse vestido.

- Você? É sério? É mesmo muito talentosa, será uma grande estilista, pode ter certeza, não é atoa que meu pai quer você como aprendiz dele.

E novamente Marinette disse de mais não conseguiu conter um sorriso de felicidade e agradeceu.

- Obrigada.

- Quer comer alguma coisa antes de irmos?

- Não, obrigada, estou sem fome, podemos ir.

Mais antes que eles pudessem sair, foram interrompidos por Gabriel que entrou na sala e disse amigavelmente.

- É mesmo, a Marinette é bem talentosa, aonde vocês vão?

-  A gente vai dar um passeio já que hoje é domingo, voltaremos no pôr-do-sol, se não se importar, é claro. - disse Adrien seriamente.

- Não, não me importo, mais antes de irem não posso deixar de perguntar, vocês estão juntos?

Marinette e Adrien ficaram vermelhos pela pergunta inesperada e sem saberem o que dizer, principalmente por não terem a resposta para essa pergunta que era até mesmo simples, e Gabriel ao ver o desconforto deles, diz.

- Só estou perguntando, não precisam ficar vermelhos e nem envergonhados por isso, porque se for o caso, a senhorita Marinette é uma excelente garota, vocês tem a minha aprovação, com certeza.

- Não, não estamos juntos...ainda, mais estou fazendo o possível e o impossível para sim. - disse Adrien em um tom firme e baixo.

- Adrien! - disse Marinette em reprovação fazendo Adrien ri baixo e logo depois agradeceu. - Obrigada.

Marinette que sempre foi uma garota carinhosa, dar um abraço rápido em Gabriel,  que ficou surpreso pelo ato, mesmo sendo um abraço rápido, foi tempo o suficiente para Gabriel reparar nos brincos de Marinette, mais nem ela e Adrien perceberam, e Marinette voltou a ficar ao lado de Adrien.

- De nada. Bom passeio para vocês. - disse Gabriel amigavelmente.

- Obrigado pai. - Adrien agradeceu e depois perguntou com um sorriso. - vamos Mari?

- Vamos sim. - disse Marinette gentilmente.

Adrien e Marinette saem da mansão e Gabriel volta para seu escritório.

- Eu suspeitava que Adrien podia ser o Chat Noir, mais agora a Marinette a Ladybug, interessante. Daqui a dois dias estará na hora de colocar o plano em prática, posso mexer nas fraquezas deles e deixa-los fracos, para no fim derrota-los e pegar seus miraculous e até mesmo mandar dois akumas para facilitar o trabalho, tudo estar indo de acordo com o plano. - disse Gabriel pensativo e logo depois sai de seus escritório a procura de Nathalie, e rapidamente a encontra e diz friamente. - Nathalie, para a minha sala agora.

- Sim senhor Agreste. - Nathalie assentiu e seguiu Gabriel até o escritório e logo depois para o covil do Hawk Morh, chegando lá...

- Por que o senhor não os akumatizar de uma vez? - pergunta Nathalie.

- Por que tanto a Marinette quanto o Adrien são difíceis de se akumatizar e eu não quero levantar suspeitas, além do mais a Layla já estar tomando conta de tudo, amanhã Reyna entrará também em ação, já estar tudo calculado, não há falhas, mais preciso da Mayura agora e depois. - explica Gabriel.

- Será um prazer senhor. - disse Nathalie seriamente.

Com Emilie e Félix.

Emilie dar duas batidas na porta do quarto de Félix pronunciando sua entrada, entra e se aproxima de Félix que estava sentado em sua cadeira giratória prestando atenção em sua mãe.

- Félix, por que você não quis ir no passeio com Adrien e Marinette? Você estava se socializando tão bem nesses últimos anos, o que aconteceu? - pergunta Emilie se aproximando e se senta na cama de Félix, assim ficando de frente para ele.

- Nada não mãe, faz tudo parte do plano Adrinette. - responde Félix amigável.

- Adrinette? Como assim filho? - Emilie pergunta.

- É um plano para o Adrien conquistar a Marinette, porquê já é evidente que eles se gostam, por isso eu não fui. - Félix explicou.

- Que bom, assim fico mais aliviada, mais por que se  chama Adrinette? E será que posso ajudar em alguma coisa?

- Adrinette é a junção dos nomes Adrien e Marinette, e é claro que você pode ajudar mãe, você pode me ajudar com a festa do pijama que acontecerá aqui em casa mais tarde. - disse Félix amigavelmente.

- Claro filho. - respondeu Emilie com um sorriso.

Emilie e Felix começam a preparar e organizar tudo para a festa do pijama. Com Adrinette.

- Pista de patinação?! - disse Marinette surpresa pelo local que Adrien a levou, por não esperar um local desses, mais também se sentia inútil por não poder pagar, ela sabia que Adrien tinha dinheiro mas queria ser independente e não precisar de ajuda, e Adrien ao sentir o incômodo de Marinette, logo disse em um tom convencido ao mesmo tempo gentil e amigável com a finalidade de tranquiliza-la.

- Sim, a primeira parte do nosso dia e não se preocupe, fiz umas pesquisas e essa pista é totalmente gratuita por apenas uma hora, então podemos aproveitar bastante, o que acha?

Marinette olha para Adrien surpresa, ela realmente não esperava por isso, Adrien sinceramente conseguia surpreende-la facilmente.

- O que eu acho?

Marinette não conseguiu deixar de expressar felicidade, muitos tentaram impressiona-la com valores, mais Adrien, mesmo com muito estava usando coisas simples, além de ser sempre gentil, amável e paciente com ela. Marinette vai até ele e o abraça inevitavelmente, Adrien se surpreendeu de inicio, mas logo retribuiu o abraço com um sorriso no rosto, Marinette disse em um tom animado, ainda no abraço.

- Eu adorei Adrien, obrigada.

- Não precisa agradecer princesa, vou tonar seu dia o melhor possível, pode ter certeza.

Adrien se separa do abraço lentamente, e beija docemente e apaixonadamente os lábios de Marinette que foi retribuído de forma calma e lenta pela mesma, mais antes que ar se faltar, eles se separam, e olham nos olhos um do outro por um tempo até que Adrien pega na mão de Marinette de forma calma e gentil e a guiou para dentro da pista de patinação.

Eles entram, pegam os patins, luvas e capacetes e vão até um banco para coloca-los, enquanto fazem isso, Adrien pergunta em um tom divertido.

- Então, você sabe patinar não sabe? Mesmo se você não souber, poderei ser o seu professor com todo prazer.

- Na verdade eu já patinei quando era melhor menor, talvez no inicio eu demore um pouco para me acostumar, mais com certeza não devo demorar para pegar a pratica de novo. - respondeu Marinette amigável e gentil.

- Então vamos ver o quanto você ainda sabe.

Adrien se levanta e estende a mão para Marinette que diz.

- Vamos ver.

Marinette pega na mão de Adrien, assim se levantando e Adrien a leva para a pista. Chegando lá, no início Marinette deve um pouco de dificuldade mas Adrien a ajudou o tempo todo, e depois de um tempo Marinette já havia conseguido acostumar com o gelo, e ela e Adrien começaram a patinar juntos, e tudo entre brincadeiras, mas por parte do Adrien, mas Marinette não pode deixar de se divertir.

Ao saírem da pista de patinação...

- Foi incrível, adorei. - disse Marinette em um tom de felicidade.

- Você foi incrível na pista, tenho certeza que é um de vários outros talentos seus, mais se quiser, podemos vim novamente outro dia.

- Vou amar, obrigada. - disse Marinette totalmente vermelha e acanhada com os inúmeros elogios exagerados que Adrien fazia.

E para quebrar o clima de desconforto de Marinette, e Adrien também sabia que ela não havia comido nada de manhã, pergunta no mesmo tom extrovertido de sempre.

- Que tal irmos almoçar?

- Claro, sua família já deve estar nos esperando. - disse Marinette sorrindo e agradecia mentalmente pela troca de assunto.

- Na verdade não, hoje teremos o domingo inteiro só para nós dois, vamos almoçar fora hoje e não aceito não como resposta.

- Já que eu não tenho escolha, tudo bem. - disse Marinette se deixando levar, mais ela estava bem preocupada a onde Adrien a levaria...

Adrien leva Marinette até o restaurante que ele havia escolhido. Ao chegarem em frente dele.

- Uau! Que restaurante chique. - disse Marinette surpresa e logo depois preocupada. - Adrien, eu não posso acei...

Adrien que já esperava que Marinette iria dizer isso, a interrompeu e disse confiante.

- Sem discussão, eu já disse que não aceito não como resposta, eu não sei se você sabe mas esse restaurante é especial, ele tem fama de reunir muitos casais adolescentes, todos os casais adolescentes pagam 50% e quando são dias especiais todos nos casais pagam com desconto, então não precisa se preocupar.

Marinette dar um beijo na bochecha de Adrien, o fazendo corar um pouco, ela já estava aceitando a ideia e gostando de estar com Adrien, tinha que admitir que ele conseguia fazer tudo ficar melhor, e que talvez um sentimento novo estivesse surgindo, amor talvez... e logo depois do beijo, disse.

- Você pensou em tudo mesmo, obrigada.

-  Tudo por você princesa.

Marinette riu baixo do jeito de Adrien, e logo em seguida, juntos, entram no restaurante, fazem o pedido e trocam uma conversa agradável e divertida para ambos, sem tocar em problemas, planos e nem passado, quando eles saem do restaurante.

Adrien abraça Marinette por trás e pergunta.

- gostou?

- Amei, obrigada. - disse Marinette com o sorriso de sempre.

- Que tal irmos tomar um sorvete?

- Por quê não?

De mãos dadas, Marinette e Adrien iam em direção onde André, o sorveteiro dos apaixonados estava, mais infelizmente no caminho eles escutam gritos que ambos sabiam que poderia ser um akumatizado.

- Estar pensando o mesmo que eu? - disse Marinette fazendo um olhar de cúmplices para Adrien que retribui dizendo.

- Pode apostar que sim.

Marinette e Adrien vão correndo para um beco e juntos se transformam.

- estalaquitikki transformar.

- Plagg geleira mostrar as garras.

E com seus trajes de gelo, eles vão em direção onde estar o akumatizado que por a caso, congelava Paris acompanhado de um sentimostro feito de gelo...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...