1. Spirit Fanfics >
  2. Sign Of The Times - Parte 3 >
  3. A Resposta

História Sign Of The Times - Parte 3 - Capítulo 38


Escrita por:


Capítulo 38 - A Resposta


Fanfic / Fanfiction Sign Of The Times - Parte 3 - Capítulo 38 - A Resposta

"É a hora!"

Eu saio da cama e vou em direção a janela. Estava nevando e tambem já estava anoitecendo.

Pego um casaco e uma luva.

Escuto barulho da batedeira na cozinha. Aproveito a chance e então. Saio da casa.

Olho para o relogio do meu celular. Era 16:00, esse era o horário que Ewan saia do trabalho.

"Eu tenho que descobrir agora"

Ando pela calçada em direção ao hospital. Atravesso as ruas, algumas pessoas esbarravam em mim.

Passo por um parque que era o caminho mais rapido em direção ao hospital.

Vejo Ewan quase de despedindo de outro medico, quando ele me vê, alguma coisa de seu olhar muda, ele fica surpreso.

-Oque você ta fazendo aqui? Você deveria estar descansando - disse ele se olhos arregalados.

Eu me aproximo dele e tiro as luvas.

-Oque significa isso? - perguntei eu tentando não mostrar meu desespero em minha voz.

Ele simplesmente pega a minha mão e coloca em sua bochecha. Sua mão segura minha mão.

-Sua mão está quente...- disse ele com um sorriso doce e um olhar doce. 

Eu sinto a pele de Ewan, a pele macia. 

-Como você fez isso? - perguntei.

-Alquimia - disse ele.

Eu arregalo os olhos ao terror.

-Como assim? - perguntei.

-Alquimia - disse ele.

Eu tiro minhas mãos da sua bochecha e me afasto.

-Pare de brincar comigo... - disse eu com medo.

Ele se proxima de mim e eu me afasto. Minhas costas batem na arvore.

Sem mais nem menos, Ewan fica perto demais de mim. Em seu rosto, sua voz e seu olhar é intenso.

-Você tem medo de mim? - perguntou ele se aproximando mais e mais. - Você não deveria ter medo... - disse ele em meu ouvido, sua voz é cheia de insinuação.

-Vou te ensinar que não precisa ter medo de mim...- disse ele. 

Seus lábios ficam a centimetros do meu.

-Você me deixa tão excitado...- disse ele. ele beija meu pescoço.

Uma mão dele prende uma mão contra a arvore, acima da minha cabeça. E a outra seus dedos estão entrelaçados com os meus dedos.

-Você ainda será minha...- disse ele. 

Ele diz no meu ouvido, sua voz me faz me arrepiar.

"Meu coração parece que vai sair do meu peito!"

-Você é tão linda - disse ele. - Você prefere que eu começe em cima ou por baixo? - disse ele.

Eu arregalo os olhos.

"?!?"

-Ewan? - perguntei.

-Hmmmmm. - disse ele me beijando. Ele acrescenta a lingua tambem, eu sinto seu peito e seu abdomem tonificado contra meu corpo. Eu sinto cada centimetro do seu copro contra o meu.

-Por que não vamos pra um quarto agora - disse ele.

"Eu não estou gostando disso"

-Ewan, por favor... - disse eu resistindo.

Ele percebo oque está fazendo e logo se afasta. Seus olhos estão arregalados e cheios de culpa.

-Me desculpa - disse ele se afastando. - Eu não consegui me controlar. Vocé deve me odiar agora.

Eu coloco uma mão minha em sua bochecha, seus olhos se arregalam ainda mais.

-Tudo bem. - disse eu com uma voz doce.

Seus olhso estão cheios de emoção.

Ele segura minha mão.

-Você é tão gentil. Eu não mereço que você me perdoe - disse ele.

"Por que ele ta falando isso?"

-Esta tudo bem, eu te perdoou - disse eu.

Uma lagrima escorre de seus olhos.

-Obrigado. - disse ele beijando minhas mãos como se estivesse tentando retirar oque fez.

Logo ele me abraça.

-Diana...- disse ele agora em lágrimas. - Por favor não me deixe. Por favor, não fique longe de mim. Eu te imploro! - disse ele me abraçando muito forte.

-Eu odeio te deixar com Henry ou Taki. Eu passei tanto tempo com ciúmes do Nathan... - disse ele chorando e tremendo encontrolavelmente - Quando você saio aqui de Oregon, meu coração se partiu em milhares de pedaços. 

Ele me abraça mais forte.

-Henry mudou quando você foi embora. Ele ficou obcecado... - ele se interrompe.

"Obcecado pelo oque?"

-Eu te amo tanto! - disse ele gritando e chorando. Ele funga e agora começa a falar sem gritar. 

-Agora que você voltou... você não vai me deixar denovo?

Disse ele se afastando o sulficiente para me olhar nos meus olhos. Seus olhos estavam vermelhos por causa das lagrimas. Suas bochechas molhadas por causa das lagrimas.

"Ewan..."

-Ewan...- disse eu.

Ele me olha sem palavras.

"Eu não vou mais fugir. Não deixarei mais ninguém para trás. - disse eu determinada.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...