História Signal - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Baekhyung, Chanyeol, Chen, Exo, Hentai, Kai, Kris, Lay, Luhan, Romance, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Visualizações 18
Palavras 1.099
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Cross-dresser
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olaaaaaaaaaaaaaaaaaa bem, tudo bem?

Capítulo 1 - Maçã


Nayeon

— Aigo! Não faça isso – corro fugindo.

— Sabe que não ganha de mim – aish, ele pensa que sou fraca? Está enganado.

— Veremos – mostro língua em provocação.

— Agora você mexeu com fogo – sem aviso sou puxada para trás me desequilíbrio meu corpo cai encima de Kai.

Viro meu corpo deparando com seus olhos negros e sorriso angelical esse é meu maio ponto fraco, lábios de Kim Jong-in minha perdição.

— Preciso confessar algo – isso me pegou de surpresa.

— ... Sou túmulo, pode confiar em mim – ressaltando que ainda estou nos braços dele. Obrigada gravidade como eu te amo agora.

— Ultimamente não consigo tirar você da cabeça – hã? Eu ouvi isso mesmo produção? Kai meu vizinho lindo, perfeito, cheiroso, lindo, maravilhoso, gato, lindo, espera já falei lindo?.

— Eu? – ok, admito que ainda estou desconfiada.

— Quem seria além da minha vizinha linda – posso pular de alegria agora ou mais tarde? – Nayeon preciso dizer logo o que estou sentindo – não desmaia agora Nayeon – eu...

– Você? – continua por favorzinho.

— Dormindo em minha aula Nayeon? – professor Kwan? – Aish! Isso é inadequado, acorde Nayeon! – acordar? Eu já estou acordada ou não?

— Eu... – só restam duas palavras, continua.

— Vamos acorde! – professor pega no colarinho do uniforme afastando-me do Deus grego, por que é tão mal comigo professor Kwan?.

— Não!!!! – acordo com barulho alto. Noto que estou em pé enfrente minha mesa.

Sala inteira se explode em risadas por eu ter cochilado na aula de álgebra.

— Próximo cochilo em minha aula, suspensão na hora – está precisando de férias querido professor.

— Desculpa – me curvo em sinal de respeito, retorno a sentar para tentar pegar matéria que perdi durante meu maravilhoso sonho.

Viro para trás para pegar livro do nosso digníssimo professor, não perco oportunidade de olhar discretamente para Kim Jong-in que diferente de minha pessoa presta atenção nas aulas e não fica tirando pequenos cochilos. Kim Jong-in mas conhecido pelos íntimos como " Kai " apresento a vocês causas dos meus cochilos nas aulas, esse garoto me faz ter insônia pelo simples fato desse ser maravilhoso é nada menos que meu vizinho, ele não é popular, atleta principal do time de vôlei da escola e todas as garotas estão ao pés dele, excessão de algumas, Kim Jong-in é um garoto normal e tira notas mas altas em todas as matérias, não arruma confusão apenas quando é para defender seus amigos e falando neles tenho que ressaltar que todos são maravilhosamente maravilhosos, tá sei que isso não fez sentindo mas quando vocês os conhecerem terão mesma opinião. Ah garotas anotem em seus cadernos que esse ano " Kai " vai me pedir em namoro, preparem os coraçãozinho.

Som do sinal indicando término da aula desperta.

Corro às pressas pelos corredores do colégio para encontrar Eunha e Suhyun únicas amigas que se permite pagar mico comigo.

— Olá Nayeon – sento a mesa vendo Eunha com caras nos livros

— Vocês não sabem da última – suhyun sempre atualizada das fofocas.

— Além de todos espalharem que Nayeon dormiu na aula? – já estão comentando sobre meu cochilo.

— Não, quem é mas novo solteiro do colégio? – será meu " Kai " ? Espera, ele não tem namorada. Ele está esperando por mim, iludida nível hard " sim " ou " claro ".

— Não sabemos – Eunha ainda continua com atenção nos seus livros.

— Baekhyung – Suhyun olha redor certificando que ninguém ouvir as três azarada do colégio – ouvi cochichos no banheiro feminino

— Verdade isso? – finalmente ela prestou atenção na conversa.

— Ficou interessada - nossa amiga tem uma apaixonite pelo Baek.

— Nã... Não – apresento a vocês " Eunha Pimentão ".

— Todos sabem que você gosta de Baekhyung, discrição não é seu forte – suhyun aperta as bochechas da amiga.

— Aigo!! Que vergonha – ela volta se esconder atrás dos livros.

— Então arrasador de corações está livre? – olho minha maçã que está mais bonita que eu.

— Sim, ainda tem mais – dessa vez ela pegou o jornal de fofocas completo – está rolando boatos que Kim Jong-in convidará uma garota do segundo ano para baile – se meu coração está pulando de alegria ou desespero eu não sei, uma coisa tenho certeza essa " Garota " não sou eu.

— Aposto que é Kristal – Eunha leu meus pensamentos.

— Há várias garotas no segundo ano, não existe apenas ela – Suhyun está certa, mais que iria ganhar da beleza inigualável de Kristal, quem teria habilidade dela de líder de torcida? quem seria inteligente quanto ela que é cabeça do comitê da escola? Ainda mas ela é ajudante em uma hospital de crianças com câncer? Quem pode competir com tudo isso? – essa garota pode ser você Naeyon.

Já assistiu um gato tentando vomitar uma bola de pelo? Então eu estou nesse momento tentando não morrer com um pedaço de maçã.

— Aí Naeyon!! – Eunha levantava meus braços na tentativa de ajudar – joga fora!!! – na visão de outros a imagem era hilário, agora na minha visão eu já estava vendo a luz branca.

- Ela tá roxa!!! – Suhyun pegou por trás. Envolve se braço em minha cintura fazendo pressão para cima.

Depois de todos da escola prestarem atenção no mico ao vivo, eu finalmente consigo tirar pedaço de maçã.

No instante que ele sai , alimento voa para os cabelos de Seulgi quem é ao menos amiga de Kristal as rainhas da escola.

— Merda – voz saiu tão baixa.

Seulgi vem em nossa direção com pedaço da maçã em mão.

— Quem foi? – tem quando você se sente observada por alguém, então estou me sentindo nesse momento porém a escola inteira está em silêncio. – Aish! Não vou perguntar novamente – em minutos todos estavam com os dedos apontados para mim. Eles me amam muitos, valeu mesmo.

— Eu queria me des... – ela faz um gesto estranho que no instante paro de falar.

— Coma – que?

— Hã? – imediatamente me curvo – desculpa

— Coma, tudo – sinto minha mão esquerda ser puxada e algo ser colocado.

Encaro pedaço de maçã tentando criar coragem de comer aquilo.

— Agora!! – Seulgi da um grito que no susto coloco pedaço na boca – na próxima pegarei pesado – segunda rainha do colégio sai esbarrando em mim.

Kristal sai rindo da minha desgraça, era de se esperar isso dela.

Volto a mesa para recolher minha mochila para fugir dessa humilhação que eu mesma criei, como posso ser esse poço de azar? Alguém me explica por favor, ou eu tenho que aceitar meu destino.

— Aonde vai Nayeon? – Suhyun ainda pergunta?.

— Sumir até hora da saída – pego mochila, não pude perder a oportunidade de olhar para mesa onde meu " Oppa " está.

Todos da mesa estão olhando para mim por causa da cena de segundos atrás. Merda! Ele presenciou tudo, obrigada santo G-dragon, o que eu fiz? Não poderia ter começado melhor meu primeiro dia de aula.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...