História Signal - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Chanbaek, Hunhan, Kaisoo, Suchen, Taoris, Xiulay
Visualizações 156
Palavras 1.033
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fantasia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Blue


CÓDIGO AZUL, ALERTA. EQUIPE DOIS NA SALA DE CIRURGIA.

É assim a rotina de um médico no Hospital Público de Seoul. O próprio é um dos maiores e mais importantes hospitais de todos, onde só entram os melhores médicos. Kim Jongdae é um desses médicos.

O jovem de 25 anos já possui um longo histórico, o melhor cirurgião pediátrico do local, sendo classificado como o segundo melhor do país, sua procura é enorme e apesar dos estudos ele faz o trabalho por amor junto de uma equipe própria onde é o líder.

Seus amigos, alguns de infância e outros que conheceu durante a faculdade confiam cegamente no amigo, sabem que sua dedicação sempre o leva ao sucesso e por isso nunca houve uma morte na mesa de cirurgia em suas mãos. Jongdae corre de um lado para o outro para atender o maior número de pessoas que pode.

-Jongdae? -O dono do hospital chamou. Chen devve muito àquele médico, fora bem recebido e recebeu ótimas oportunidades vindas daquele homem. Ele não precisa de muito mais.

-Senhor Kim. Precisa de alguma coisa?

-Estou ficando velho meu amigo, logo meu filho do meio assumirá a presidência do hospital. -O velho Kim Junsu sempre comenta sobre seu filho do meio e o quão brilhante ele é. Jongdae nunca chegou a vê-lo pessoalmente, apenas uma foto antiga que fica na sala do presidente. Conhecia o mais velho, Minseok, que é um grande amigo seu e também já vira Jongin, o mais novo, um adolescente ainda. Sabe que ambos não seguirão a carreira de seu appa no hospital.

-O senhor ainda é novo e tem muito o que ensinar para esses iniciantes.

-Não tenho tanto tempo assim Jongdae, e mesmo se tivesse, quero aproveitar um pouco minha esposa. Quero me aposentar rapidamente e é por isso que lhe chamei aqui. Você adquiriu muito conhecimento e além do mais é meu homem de confiança.

-Senhor...

-Quero que pegue a chefia dos setores deste hospital Jongdae.

-T-todos? Senhor, eu não tenho capacidade para tal. Existem coisas fora da minha área e...

-Não todas, mas a área de pediatria e a área cirúrgica são suas. Escolha alguém de sua equipe para coordenar junto com você ou quando estiver fora. As outras alas estarão com os melhores de sua área também.

As áreas cirúrgicas e pediátricas são as maiores e mais importantes do local. É complexo, desde a área de maternidade até as salas de cirurgia. Ser o chefe dessas duas alas é como ser o próprio dono do hospital e por isso Jongdae se sentiu inseguro. Anda ao lado daquele senhor desde que era um rapaz com 18 anos em seu primeiro estágio, se esforçou e aprendeu muito com ele mas ainda sim não se sente bom.

-Eu não sei senhor, seu filho pode não gostar, eu me sinto inseguro.

-Você entrou por aquelas portas à 7 anos tremendo e quase desmaiando para ter seu primeiro estágio, mas independente disso sempre foi esforçado e aprendeu rapidamente coisas que nenhum dos estagiários aprendeu e dominou tão rapidamente. Eu só confio em você. Meu filho Junmyeon não é difícil de lidar, talvez um pouco mas eu não abro mão de você e além do mais a ala dele é outra.

-S-sim senhor. Eu me esforçarei para fazer o melhor e salvar cada dia mais pessoas. -O chefe assentiu sorrindo. Desde que Jongdae fora estagiar em seu hospital com aquele sorriso natural que chama muito a atenção sentiu que era a pessoa certa. Jongdae não negou desafios, sempre se tornou cada dia melhor diante de seus olhos e sabe que pode deixar o hospital em suas mãos. Espera também que o mesmo possa mudar seu filho.

Kim Junmyeon é alguém de difícil domínio, nunca foi uma pessoa fácil de lidar e é o pior dos filhos em questão de paciência e amor. Tudo isso é devido ao mal casamento que teve. Seu filho sempre foi precipitado, acabou se casando ainda no colegial e depois de anos aquilo tudo virou uma bola de neve cada dia pior e ainda colocaram filhos naquele meio, os gêmeos são a maior felicidade de Junsu mas seu filho parece não ter tempo para os mais novos.  O dono do hospital espera que a generosidade e humildade de Jongdae possa penetrar aquele coração já que sabe que seu filho gosta de homens, talvez até mais do que mulheres.

-Pode voltar agora, não se esqueça de escolher coordenadores de sua confiança para ambas as alas.

-Eu já sei quem são senhor, meus melhores amigos e também exelentes profissionais. São altamente visados e procurados em seus setores, seus trabalhos sempre tem bons resultados e sei que posso contar com eles. Luhan é um dos melhores cirurgiões deste hospital e Baekhyun é um pediatra incrível e habilidoso.

-Certo, eu também os escolheria se fosse você, mas fique de olho também no jovem Sehun e Kyungsoo, eles estão se tornando cada dia melhores.

-Kyungsoo já recebeu o pedido para ser de minha equipe senhor. Ele ficou de me responder amanhã, é um jovem bem comprometido e além do mais, estávamos sem ninguém na ala neonatal. Kyungsoo é um obstetra dos melhores, consegue acalmar as grávidas e fez exelentes partos. Sehun tem duas semanas apenas que está aqui dentro mas Baekhyun se dá muito bem com ele, eu ficarei de olho também.

-Tenho certeza que você será um bom líder aqui, meu filho Junmyeon também verá isso.

-Quanto ao seu filho senhor, quando o conhecerei?

-Ele não poderá vir essa semana. Algumas coisas pessoais e um tanto desconfortáveis mas creio que na próxima semana ele estará por aqui. -Jongdae assentiu. -Acho que já o prendi demais, volte para seu trabalho e muito obrigado por ter se dado esta chance.

Jongdae ainda estava um pouco atordoado, não sabe como lidará com tantas pessoas de duas alas. Sua omma sempre disse que ele possuía um futuro brilhante mesmo que não costumasse acreditar. Jongdae era sempre positivo mas sabia que a área que havia escolhido era complicada. Lidar com seres humanos sempre foi complicado e quando se trata de crianças se torna mais difícil, ele poderia ter milhares de processos e mortes nas costas. Se matou de estudar para que nunca passasse por isso e felizmente não aconteceu. E lá ia Jongdae mais uma vez.

CÓDIGO AZUL, ALERTA.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...