História Signal X - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias F(x), Girls' Generation, I.O.I, TWICE
Tags 2yeon, Dahmo, Kryber, Michaeng, Satzu, Sohyo, Soosun, Taeny, Yoohyun, Yulsic
Visualizações 166
Palavras 1.124
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Orange, Romance e Novela, Saga, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Capa feita por mim.;

espero que gostem

Capítulo 2 - Capitulo 1 - As novas moradoras


Fanfic / Fanfiction Signal X - Capítulo 2 - Capitulo 1 - As novas moradoras

Jeongyeon

O carro estava muito silencioso, o que era normal já que Sooyoung e Momo não vieram conosco.

- Por que precisaram de nós? – Jessica perguntou quebrando o silencio. Eu também queria saber disso – Achei que os adultos do internato buscassem os novatos.

Era verdade, os adultos que buscavam os novatos que residiriam no internato. Estranhamente, o diretor designara alguns alunos para buscarem os novatos em suas casas. Entre esses alunos estavam : Eu (Yoo Jeongyeon), Kim Taeyeon, Jessica Jung e Victoria Song.

- eles foram a uma missão no exterior – Taeyeon respondeu – voltarão daqui a dois meses.

- então, serão praticamente três meses sem aulas ? – Victória perguntou

 

- Sim... eu acho – Taeyeon deu de ombros, sua atenção estava toda e completamente na rua.  

 

- Como você sabe disso tudo? - Minha curiosidade falou mais alto e eu tive que perguntar. 

 

- Estou nos lugares certos nas horas certas  - Disse dando fim a conversa. 

 

Jessica resmungou algo sobre estar muito calor  e Taeyeon resolveu ligar o ar-condicionado do carro. Ainda demoramos um pouco até chegarmos a uma pequena fazenda um pouco longe da cidade. 

 

- Pronto. - Taeyeon disse - Chegamos. 

 

Saimos do carro e olhamos para a casa. 

 

- Quem vai ? - Victoria perguntou. 

 

-  Deixa que eu bato - Eu disse. Levei minha mão ao arco da porta e dei duas batidas fortes. 

 

- Já vai ! -  Passos foram ouvidos e a porta foi aberta por um senhor - Ola! O que desejam ?

 

- Somos do Internato Jeonghu-Da - Jessica disse. 

 

- Ah, sim. -  O senhor balançou a cabeça - Vou chamar a Chaeyoung. 

 

- Certo senhor Son - Taeyeon disse se recostando na parede . Eu e Victoria nos prostramos em frente à casa, vigiando. 

 

- Jeongyeon... está tudo bem? - Victoria questionou hesitante. 

 

- Sim, e a Luna?

 

- Está distante - E com isso o silencio recaiu sobre nós. 

 

A porta se abriu novamente ( eu havia escutado o barulho) mas não tirei minha atenção do horizonte. Jessica passou por mim segurando uma mala. Atrás dela vinha uma garota baixinha que eu julgava ser Chaeyoung e mais atrás Taeyeon. Me levantei junto com Victoria e entrei no carro. Esperei as outras se arrumarem corretamente e dei a partida, dessa vez eu quem dirigiria. 

 

Mina  

 

O internato estava mais barulhento do que de costume. Eu tentava,inutilmente,me concentrar em meu livro. 

 

- Mina. - escutei Sana me chamar. - vamos

 

Bufei e peguei meu casaco, saindo do quarto. 

 

- Ainda não entendo, porquê temos que ajudar as novatas. - Momo disse - Tipo... elas se viram, não é? 

 

Sana concordou, mas eu continuei quieta. virei no corredor seguinte e parei antes de trombar com Yoo Jeongyeon. Parei de supetão e a Yoo fez o mesmo, assustando a garota ao lado dela. 

 

- Yoo - digo encarando a tomboy

 

-  Myoui, Minatozaki... Hirai - Ela disse - O que a Trindade profana faz tão longe de suas "terras"?

 

Rosnei com o seu deboche e ela riu.

 

- Isso não é da conta Yoo

 

Jeongyeon balançou a cabeça e levantou as mãos

 

- Jihyo acabou de chegar, e como eu sei que vocês três foram as escaladas., poderiam ajudá-la - Jeongyeon disse

 

Ela me deu as costas e eu bufei " Otimo. Agora serei alvo de chacota por parte dela... ou não"  Dei um sorriso maldoso e segui para a parte aérea do internato. 

Avistei Jihyo junto de mais três meninas.Me aproximei delas e dei um pequeno sorriso. 

 

- Mina! - A Park exclamou ao me ver - Sana. Momo. 

 

- Jihyo - dissemos juntas 

 

- Precisa de ajuda? - pergunto à ela. 

 

Taeyeon    

 

Acordei com pancadas na porta e a voz de uma Sunny irritada. 

 

- Anda logo Taeyeon - Sunny realmente estava irada - EU VOU ARREBENTAR ESTA PORRA 

 

Ao fundo eu escutava Sooyoung pedindo "paciencia" para Sunny.

 

- Paciência?! Você está pedindo que eu tenha "paciência", Choi Sooyoung? - A voz de Sunny aumentou mais ainda.

 

Resolvi sair do quarto antes que Sooyoung apanhasse. Oljei meu reflexo,rapidamente, no espelho e sai do quarto.  Fechei a porta chamando a atenção do casal em frente a mesma.

 

- Finalmente!!! - Disse Sunny - o que estava fazendo para demorar tanto?

 

- Dormindo - respondi pondo a mão no bolso da calça

 

- Com as roupas que usou para buscar as novatas ? - perguntou fazendo careta. Eu concordei. Seguimos em silencio até o Salão de Refeição.

 

O Internato  era um lugar grande, o Salão de Refeição era do outro lado do Internato. Não era tão longe, mas não era tão perto.  Empurramos as portas e entramos no Salão. 

 

Puxei meu capuz para cobrir meu rosto e senti Sunny me puxar. 

 

- Hoje você senta conosco. - Sunny disse  decidida. Na hora eu relutei, sentar com Sunny queria dizer sentar com Tiffany, e eu não queria isso.  Eu não estava pronta  

 

- Olha, Sunny, eu acho melhor eu não... 

 

- Cala a boca e enfrente isso logo Taeyeon - Sunny resmungou para mim - Mostre para ela que você já superou. 

 

Suspirei e me deixei ser arrastada. Sunny me tacou em uma cadeira e se sentou ao meu lado, tendo Sooyoung ao lado dela. 

 

- Oi Tae, beleza? - Yoona me cumprimentou 

 

Assenti com a cabeça. 

 

Um som estranho foi ouvido e o Diretor JYP se levantou e começou a falar. Ele apresentou  a escola, explicando novamente as regras. Seu olhar era de pena quando se direcionou à mim... ao falar da floresta atrás do Internato, e eu sabia o porquê. 

 

 A cerca de três anos atrás minha irmã: Kim Dahyun foi sequestrada enquanto andava pela floresta do Internato. Desde então o Diretor proibiu que os alunos entrassem naquele lugar. A cada ano ele manda um grupo para procurá-la, a cada ano eu tenho mais certeza de que ela morreu. Virei a cabeça e direcionei meu olhar para Momo,  ela estava com a cabeça abaixada e parecia triste. Não seria para menos, Momo foi a primeira paixão de Dahyun, assim como a minha irmã fora para Japonesa.Ela sentia como eu sinto. 

 

Acordei dos meus pensamentos quando 12 meninas se levantaram. Dentre elas eu reconheci Chaeyoung, Juniel e Hye-Soo. O olhar de Juniel correu pelo salão e parou na mesa onde eu me encontrava. Seu olhar se prendeu ao meu e eu mantive o contato por um longo tempo, até ser acordada por cutucadas.  Virei-me para trás e encarei Bora.

 

- Taeyeon , a IU me pediu para te entregar isso - Bora me estendeu um papel. Pegue-o, me virei para frente e abri-o. Passei os olhos rapidamente pelas letras arredondadas da IU e sorri. 

 

" Me encontre na "nossa" sala. Vamos relembrar os velhos tempo

                                                                  - IU"

 


Notas Finais


Gostaram? Comentem, critiquem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...