História Signals - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Teen Wolf
Tags Relacionamento Abusivo, Stackson, Sterek, Stiles
Visualizações 150
Palavras 2.060
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mano, a fic já tem 119 comentários eU tÔ mUiTo FeLiZ!!!!!!!
O que eu mais gosto de fazer é responder os comentários, obrigada mesmo <3
A quem não comenta não se preocupem, só a visualização e o favorito de vocês já é muito gratificante :)

Capítulo 19 - Nineteenth



Já passava de meia noite e os turnos dos policiais já tinham trocado, o Sheriff tinha ido para casa descansar um pouco mas Derek não saiu daquele banco da sala de espera para aguardar o pai de Jackson chegar.

Terminava de comer um salgadinho que comprou quando as portas da frente da delegacia se abriram, o homem que entrou tinha porte alto e forte e seu cheiro era familiar para o lobisomem, além de carregar uma mala pequena.

— Sou Ian Whittemore, preciso falar com John Stilinski. - ouviu o homem falar para a atendente, imediatamente se levantou e foi até eles antes que a mulher pudesse respondê-lo.

— Ele foi para casa, mas eu posso levá-lo até lá. - disse vendo a confusão no rosto do outro. - Sou Derek Hale, estou ajudando a achar Stiles.

O mais velho apenas assentiu e os dois saíram da delegacia, o beta os guiando até seu Camaro.

— Você é policial também? - Ian perguntou quando entraram no carro depois de ajeitar sua mala no banco traseiro.

— Não.

— Então por que está envolvido na busca? - continuou perguntando e Derek suspirou ainda sem confiar muito no homem ao seu lado, qualquer um que tivesse ligação com Jackson despertava sua desconfiança.

— Eu... Amo o Stiles. - disse sem tirar os olhos da estrada. - Fui eu que o ajudei a fugir de Jackson e estava o protegendo, até... Seu filho... - as palavras custaram a sair no lugar de um xingamento. - Levar ele de novo.

O outro assentiu, olhando a chuva que começava a diminuir pelo vidro, só voltando a falar depois de alguns minutos.

— Sinto muito. - pediu e Derek o olhou de canto - Sabia que Jackson era capaz de muita coisa, mas... Bater em Stiles... - ele dizia parecendo incrédulo - Não esperava por isso, Stiles é um menino tão doce e bom, achei que ele mudaria meu filho quando eles começaram a namorar... Esperava que ele melhorasse. - desabafava, profundamente decepcionado. 

— Quero que o senhor saiba que se eu chegar a pôr minhas mãos em Jackson, não vou parar até que ele pague pelo que está fazendo com Stiles. - foi sincero, estacionando em frente a casa dos Stilinskis.

— Eu faria o mesmo. - a resposta surpreendeu Derek. - E sendo por suas mãos ou não ele vai ser punido por suas ações.

Saíram do carro e o Hale bateu na porta da casa quieta, sendo atendido rapidamente pelo Sheriff que pareceu decepcionado ao ver que era apenas Derek, como se estivesse esperando outra pessoa.

— Senhor Stilinski? - o Whittemore se pronunciou.

— Ian? - Ele perguntou confuso - Seu vôo não chegaria apenas amanhã?

— Consegui um mais cedo. - explicou simples - Já estava nos esperando?

— Não, quer dizer, eu o esperava mas não agora. - suspirou passando as mãos pelo rosto cansado. - Entrem, por favor. - convidou os levando para a sala, onde sentaram-se. - Eu estou esperando o Stiles...

— O quê?! - o lobisomem exclamou. - Como...

— Ele me ligou. - interrompeu - Disse que Jackson iria trazê-lo aqui para me visitar, mas que voltaria com ele depois. Pediu para que eu não tentasse nada mas não disse o porque, só que não deveria irritar seu namorado. - disse a última palavra olhando diretamente para o Hale que rosnou.

— Ele está fazendo de novo, está ameaçando e controlando Stiles! - disse furioso.

— De qualquer modo irá trazer Stiles, ele não sabe que eu estou aqui, nós o pegaremos de surpresa. - Ian dizia em um tom de voz firme e centrado. - Você precisa se acalmar, rapaz. Sei que é difícil, mas pense na minha situação também, talvez eu tenha que prender meu próprio filho!

Depois disso o beta se aquietou, aguçando os sentidos e ouviu um carro se aproximar.

— Eles estão chegando. - anunciou e os três se levantaram.

— Por favor não faça nada impensado, Derek. - o Sheriff pediu sério - É a segurança de Stiles que está em jogo, lembre-se disso. - sabia que só o convenceria se colocasse seu filho no meio, e o outro assentiu veementemente.

Decidiram que seria melhor se apenas o Sheriff e Derek saíssem primeiro, tentariam levar Stiles para dentro da casa e se Jackson interviesse - o que era uma certeza -, Ian o pararia.

Quando o carro estacionou do outro lado da rua a chuva já tinha parado e Stiles saiu de lá sob os olhos atentos dos dois, indo devagar até eles enquanto Jackson apenas se sentou no capô, distante mas sem tirar os olhos do humano.

— Stiles! - o Sheriff arregalou os olhos ao ver a lateral de seu rosto roxa e os pequenos cortes no lábio e sobrancelha.

— Pai, não faça nada, por favor! - o Stilinski mais novo pediu, abraçando o pai com os braços trêmulos. - Ele me deixou vir aqui para me despedir do senhor, vou morar com Jackson agora... - disse com a voz fraca, cansado. A heroína ainda lhe estava fazendo sentir dores no estômago e ânsia de vômito, sem contar com as dores que sentia por ter apanhado.

— Eu não permito isso! - o mais velho dizia bravo, para o desespero do menor. - Olha o que ele fez com você, não vou deixar que esse namoro doentio continue!

— Stiles, vamos! - Jackson chamou, o humano sabia que ele estava perdendo a paciência.

— Me desculpa, pai. - tocou o rosto do mais velho segurando as lágrimas - Eu vou ficar bem. - sorriu triste se virando para ir e antes que John pudesse impedir Derek foi mais rápido e segurou Stiles primeiro. 

— Não, não vai, e você sabe disso. - o beta disse sério ouvindo Jackson rosnar. - Ele não vai te tirar de mim de novo! - disse pondo o menor atrás de seu corpo enquanto via o outro lobisomem se aproximar.

— Derek, para com isso! - disse o mais firme que conseguiu e se soltou do outro, que o olhou confuso - Eu quero ficar com o meu namorado!

— Eu escuto seu coração, sei que é mentira. - acusou.

— Não importa se é mentira ou não, Stiles já disse que vai vir comigo então pare de nós atrapalhar! - Jackson rosnou puxando o humano pelo braço. - Eu sou o namorado dele, e você, não é nada! - provocou recebendo um rosnado de volta, viu que Derek iria atacá-lo e tirou a arma do bolso de sua jaqueta, a destravando e apontando para o outro.

— Jackson, largue a arma agora! - a ordem veio do pai do mesmo, que saia de casa com a própria arma em mãos, apontando para o outro ao mesmo tempo em que John fazia o mesmo.

— Você sabe que um tiro não vai me parar! - Derek disse enquanto começava a semi-transformação.

— Sim, eu sei, mas o que acha de um tiro com wolfsbane? - perguntou debochado vendo o outro hesitar e Stiles segurar seu braço erguido para chamar sua atenção.

— Eu já disse que vou com você, não precisa disso! - dizia tentando manter as pernas trêmulas firme, sentia o corpo começar a vacilar e a respiração  acelerar por conta de todo nervosismo que sentia.

— Jackson, eu não vou repetir! - Ian avisou ainda firme.

— Você não vai atirar em mim, não conseguiria atirar em seu próprio filho. - respondeu olhando para o pai.

— Ele pode não conseguir, mas eu consigo! - o Sheriff disse destravando sua arma.

— Está bem... - sorriu prendendo Stiles com o braço livre e mudando a mira da arma para a cabeça do menor. - Consegue agora?

O rugido de Derek fez o loiro rosnar de volta, não vacilando nunca.

— Por que você está fazendo isso?! Por que tem que ficar machucando Stiles e o prendendo mesmo sem sentir nada por ele?! - o Hale indagou enquanto o humano começava a chorar.

— Fui eu quem ficou com ele quando você o abandonou, você não sabe o que eu sinto e não vai tirá-lo de mim! - vociferou voltando a apontar a arma para o outro lobisomem.

— Larga a droga dessa arma e brigue comigo como um homem de verdade, então! - desafiou batendo no próprio peito. - Você não o ama como eu amo, só está fazendo isso por que fere a droga do seu orgulho levar um pé na bunda!

— Cala a boca! - rugiu e o barulho da arma sendo disparada deixou Stiles atordoado. Quando o menor conseguiu se concentrar no que acontecia a sua volta novamente gritou desesperado, vendo Derek cair no chão com a mão pressionando o ferimento que sangrava em sua cintura.

— Não! - não sabia como, mas conseguiu forças para se soltar de Jackson e correr até o Hale.

Mais dois disparos foram ouvidos, um de John, que atingiu a perna de Jackson o desequilibrando, e um de Ian, que atingiu o braço do filho e o fez soltar a arma que correu para pegar e apontar para o loiro que rosnava.

— Pelo visto só isso derruba um lobisomem de verdade, então acho melhor você começar a me obedecer. - ameaçou e Jackson pôs as mãos para cima mesmo que a contragosto.

— Aguenta firme Der... - Stiles dizia fazendo esforço para por a cabeça do outro em seus braços. - Isso é tudo culpa minha... - chorava.

— Stiles, você tem que ficar calmo. - seu pai disse se abaixando ao lado deles quando viu que Ian tinha tudo sob controle. - Me diz o que temos que fazer.

— T-tem wolfsbane na bala, temos que tirar e queimar a ferida. - explicou e John assentiu correndo para dentro de casa e pegando um isqueiro.

Respirou fundo depois de voltar, se abaixando e hesitando antes por os dedos no ferimento, fazendo Derek rugir e se contorcer com o corpo todo suando a essa altura. Stiles o segurou como pode, pedindo baixinho para que ele ficasse calmo. Quando finalmente conseguiu tirar a bala o Sheriff rapidamente dirigiu o isqueiro até o buraco da bala, e Derek rugiu e colapsou novamente.

— Assim está bom, para! - Stiles comandou e o mais velho assentiu. Derek ofegava ainda mas parecia lentamente recuperar a cor do rosto, o machucado se curando vagarosamente.

— Desculpe atrapalhar, mas alguém pode me dizer como se algema um lobisomem? - Ian perguntou chamando a atenção deles.

[...]

— Tudo bem, acho que com isso a licantropia irá retardar um pouco. - Deaton dizia depois de aplicar a injeção no pescoço do loiro, vendo ele imediatamente tentar quebrar as algemas que prendiam suas mãos, falhando. - Aplique a cada duas horas. - instruiu o Whittemore mais velho, entregando cinco vidrinhos cheios. - Vai ser o suficiente até estarem em Londres.

— Obrigado. - agradeceu se virando para o filho. - Comporte-se, ou lhe deixarei sozinho com Derek de novo. - ameaçou recebendo um olhar bravo, os machucados dos tiros já etavam curados, mas os deixados pelo Hale não. Antes de irem até a clínica e depois de se recuperar completamente, Derek "conversou" com Jackson.

Depois de colocar o filho na viatura do Sheriff, que os levariam até o aeroporto, e ter certeza de que ele não fugiria, foi até Stiles e Derek que estavam abraçados.

— Não precisa se preocupar mais, Stiles, e pode ter certeza que darei a ele a devida punição pelo que fez a você. - o mais velho disse, envergonhado pelas atitudes do filho. A essa altura já haviam descoberto como ele sequestrou o Stilinski e que o drogou contra vontade. - Depois de passar um bom tempo na segurança máxima eu o colocarei em um reformatório, mas será mais seguro fazer isso em Londres.

— Eu tenho um amigo lá muito mais sábio e forte que eu, ele poderá ajudar a manter Jackson preso. - o druida disse sorrindo confortante.

— Saiba que eu não culpo o senhor pelo que seu filho vez, obrigado pela ajuda. - Stiles disse se soltando de Derek para abraçar o homem mais velho. 

— Vá ao hospital logo. - disse já que o menor não estava recuperado por completo e então se despediu, deixando a clínica em seguida.

Stiles suspirou não podia acreditar, sua mente sequelada não o deixava se acalmar direito, mas em breve se recuperaria.

— Temos que ir até a Melissa agora. - Derek disse com a voz suave, tocando os ombros de Stiles com a delicadeza que o menor sentiu falta.

Assentiu com a cabeça, se despedindo de Deaton e foram para o carro do beta.



Notas Finais


Agora é oficial, BYE BYE JACKSON


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...