História Silence - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts Jikook
Visualizações 16
Palavras 481
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


❤❤vai ser curtinho, desculpe. Estou sem tempo❤❤

Prometo voltar !

Capítulo 4 - A004


O hotel de parecia um cenário cinematográfico. Entrei no bar, o mais limpo que já tinha visto e pedi um uísque puro. Eu não era de beber, mas estava tomando uma decisão que arruinaria tudo.

Assenti e olhei para a minha bebida.

— Você veio para o funeral? – perguntou ele. 

– Sim.

 – Trágico.

– Só me diga Tae, o que faz aqui ?

– Não podia deixar de vir. Não me atrasei pro casamento, lembra ?.Por que esqueceria o velório ?

– Sensível você.

– Você tem que saber que não estou aqui para agradar ninguém.

– Me seguiu até aqui Tae.

– Qual foi Jeon ? claro que segui. Você é meu amigo. Eu só ..

– Não Tae, você me ajuda em tudo, isso tudo é cansativo. Eu preciso fazer isso sozinho. Preciso.

– Você não quer ver, precisa sim ! precisa.


Sem perceber já estava sentado na calçada, na porta do bar. Deixei meu melhor amigo falando sozinho e apenas caminhei. Eu devia estar aqui, disse a mim mesmo. Fui forçado a pegar aquele voo, não com uma arma na cabeça, mas forçado. Não sabia por quê. Queria que tudo acabasse de uma vez.  2 anos antes, Jimin deixou, com uma cara de pau me deixou apenas um bilhete dizendo que ia se casar com o ex-namorado. No dia seguinte, recebi um convite para o casamento, sem saber o motivo de ter me deixado, SEM SABER, apenas se foi. Não era de espantar que isso tudo ainda parecesse... incompleto. Agora eu estava ali, na esperança de encontrar, se não uma explicação, uma conclusão.

Ouvi o hino fúnebre de abertura. Todos se encontravam dentro da capela. Flores por todos os lados, é claramente estavam por todos os lados. Sem saber muito bem o que fazer, apenas empurrei a porta. E entrei, entrei com a cabeça baixa. Óbvio que não queria ser reconhecido.

Foi um disfarce horrível.

Ninguém perdeu o tempo olhando para meu rosto. Estavam todos ocupados chorando. E a capela estava completamente cheia.  O padre ou pastor, não sei, não sou de me aprofundar em igrejas, começou a falar sobre como Yoongi era “um médico atencioso, bom vizinho, amigo generoso e um maravilhoso pai de família”. 

Médico ? não sabia.

Foram 4 horas e eu nem vi Jimin no meio da multidão .Não era o bastante? O que mais havia para eu fazer ali? Era hora de partir. 

– Nosso primeiro discurso – disse o homem no altar – será Kim . Um adolescente pouco deprimido – calculei que tivesse uns 15 anos – se levantou e foi até o microfone. Meu primeiro palpite foi de que Kim devia ser  um sobrinho.

— É meu pai...– ele parou por um instante – Meu pai foi meu herói... desde o momento em que nascia. Foi meu herói. Junto a minha maravilhosa mãe. Sun


Pai? 

Precisei de alguns segundos. Nosso cérebro costuma ter dificuldade para processar.

– Pai ? – disse Tae ao meu lado. – Achei que eu não fosse gostar, mas esse velório vai render.




Notas Finais


comente se tiver uma sugestão ou crítica ou elogios, qualquer coisa ♥♥♥
Até

Eeh recomendo essa fanfic, uma amiga♥ da uma passadinha lá, vão gostar ↓↓↓↓↓ garanto


https://spiritfanfics.com/historia/more-se-maan-jikook-10571755


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...