História Silent Scream - Capítulo 38


Escrita por: e Yuk1iie

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Personagens Originais
Tags Ação, Drama, Romance, Violencia
Visualizações 82
Palavras 607
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura

Capítulo 38 - Encontros Familiares


Fanfic / Fanfiction Silent Scream - Capítulo 38 - Encontros Familiares

Zoe on

Zoe__ MÃE... MÃE.. __ Grito entrando com tudo dentro da casa sendo seguida por Zay que mantinha as mãos no bolso da jaqueta e olhava tudo muito curioso.

Zay__ Não é melhor você ir com calma? Assim vai assustar ela.__ eEe fala parecendo preocupado.__ Zoe, é melhor eu ir embora. Acho que foi uma má ideia a gente ter vindo assim...__ Começou, mas o interrompo logo.

Zoe__  Nada disso, você vai ficar e vamos por os pingos nos "is" e não se preocupe, você não conhece nossa mãe.__ Falei sem pensar.

Ele sorriu.

Jéssica___ Mas que gritaria é essa Zoe Lambert, onde é o incêndio?___ Ela apareceu limpando as mãos no avental com uma expressão irritada.

Olho para Zay que estava pálido como um cadáver e tinha o olhar fixo no rosto de minha mãe, parecia está nervoso..

Jéssica__ E então mocinha, estou esperando uma explicação.__ Cruzou os braços e olhou parecendo ver Zay pela primeira vez.___ E quem é esse aì? Só por que aceitei o Jeon aqui, não quer dizer que você vai trazer a escola inteira para casa... __ Franziu a testa nos olhando desconfiada.

Zoe__ Você não reconhece seu próprio filho. Que especie de mãe é você?___ Pergunto de uma vez com tom ironico e vejo quando ela empalideceu, desmaiando aos nossos pés.

Zay__ Ai droga ZOE! Por que você fez isso mana?__ Perguntou aflito correndo para pegá-la no colo e colocá-la deitada no sofá com cuidado.__ E se ela teve um infarto?__ Me olhou com os olhos arregalados.

Zoe__ Ah pelo amor de Deus, garoto! Ela só teve um desmaio. Posso ouvir seu coração batendo firme e forte.__ Digo com impaciência.

Jéssica__ Oh! O quê?...__ Para ao se deparar com Zay sentado perto dela.__ Não pode ser... Meu.. meu filho está mort...__ A voz falhou e começou a chorar cobrindo os olhos. Nunca vi minha mãe chorar esses anos todos e fiquei atônita diante daquela cena.

"Eu tinha um irmão, era verdade!" penso atordoada e chocada ao mesmo tempo.

Zay__ Eu não estou morto mãe.__ Falou com voz baixa parecendo emocionado e segurou suas mãos.__ Eu não estou morto.__ Ele repetiu suavemente.

Jéssica o puxou para seus braços e o apertou forte enquanto era sacudida por soluços.

Jéssica__ Zayron, meu filho.__ Ela murmurou entre lágrimas mantendo-o de encontro ao seu peito.

Engoli em seco enquanto eles se abraçavam, ela nunca demonstrou tanto afeto assim por mim. Me recosto na parede enquanto observo os dois. "Ela tinha muito o que me explicar." penso chateada. "Mas que aniversário, meu deus!" suspiro cansada pensando no que aquele dia que ainda não terminara me reservava.

Jéssica__ Mas... como...como?????__ Ela dizia olhando para o rosto do garoto.

xxx__ Acho que posso explicar.__ Disse a voz do homem que  acabava de entrar.

Vejo Janos com as mãos enfiadas no sobretudo chic e a barba despontando na ponta do queixo, os cabelos estavam bem arrumados diferentes da maneira sempre displicente que eu me acostumei vê-lo. Fico me perguntando onde ele arranjou dinheiro para comprar roupas de grife e de onde saiu aquele ar de arrogância e sofisticação como se todos ao seu redor tivesse que obedecê-lo.

Jéssica__ Mike!!__ Exclamou e sinto ela ficar em uma postura defensiva ainda segurando Zay em um abraço protetor enquanto encara o homem com olhos nada amistosos.

Zay__ Pai???!!!!__ Disse tão surpreso quanto minha mãe e eu.

Zoe__ Pai???__ Me desencosto da parede e encaro-o estreitando os olhos na defensiva para o homem que pensei ser Janos. 

Ele desviou o olhar de minha mãe e Zay para mim.

Mike__ Olá filha.__ Não sorriu apenas me encarou com seus olhos brilhantes e vermelhos.

 


Notas Finais


beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...