História Simple - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Lab Rats
Personagens Adam Davenport, Caitlin, Chase Davenport, Personagens Originais
Tags Adam, Amor, Chase, Lab Rats, Lemon, Romance, Super Nerds, Yaoi
Visualizações 170
Palavras 984
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente, eu tô muito hiperativo hj (acho que estou envolvido com jingle jangle KKKKKK) mas enfim, escrevi dois capítulos hoje e ainda estou com vontade de escrever mais OMG

Porém, vamos ficar só com dois mesmo, pq eu tenho que descansar, aproveitem <3

Capítulo 5 - Cavalos e Chifres - Parte 2


Fanfic / Fanfiction Simple - Capítulo 5 - Cavalos e Chifres - Parte 2

—Ai meu Deus, é o Trent mesmo? Namorado do Adam? — a ruiva questiona, de boca aberta — E quem essa que ele está beijando?

Chase não conseguia dizer nada, o garoto não sabia o que sentir: por um lado ele tinha a chance de acabar com o namoro do irmão, que ele não aprovava de jeito nenhum. Por outro, se ele fizesse isso o pobre Adam iria ficar profundamente magoado, o que fazer?

—Chase... Chase! — a garota chamou sua atenção, o acordando de seus pensamentos — Segura os hot-dogs!

A ruiva entregou os lanches ao rapaz e saiu andando em direção a Trent e a tal garota, parando em frente ao homem, que fez uma cara de surpresa e dúvida.

—O que você quer? — perguntou o maior

Mas a resposta dada por Erica não foram em palavras, mas sim num tapa na cara do homem que ecoou assustando todos em volta. A garota que estava com Trent cobriu a boca com as mãos, pasma.

—Vadio!

A ruiva falou em alto e bom som.

—Erica, o que está fazendo? — Chase correu até a mesma, tentando acalma-la.

—Ah, então ela está com você? — Trent disse, massageando o rosto no local da bofetada recebida — Eu já devia imaginar...

—Você não tem vergonha nessa sua cara? — Erica grita

—Oh, meu Deus! Por favor se acalmem... — a garota que ninguém sabia o nome se pronunciou.

Infelizmente, ela fugiu logo em seguida, coitada, era apenas uma vítima.

—Então é isso que você faz com o Adam? — Chase questiona, bravo

—E vocês vão fazer o que? — Trent diz, debochando — Vão dizer que eu o traí? É óbvio que o Adam não vai acreditar em vocês, sabe por quê? Porque eu melhorei e agora sou uma boa pessoa.

Agora era Chase quem queria bater no Trent, mas o garoto pensou na comida que estava segurando.

—Tchau manés!

E logo depois que ele saiu, Chase praguejou, estava irritado.

—Droga, e agora?

—Chase, acalme-se... — a ruiva falou, tirando o celular do bolso.

A garota apertou um botão e iniciou um áudio:

“Então é isso que você faz com o Adam?” era a voz de Chase.

“E vocês vão fazer o que?” agora era a voz do Trent “Vão dizer que eu o traí? É óbvio que o Adam não vai acreditar em vocês, sabe por quê? Porque eu melhorei e agora sou uma boa pessoa”.

Erica havia gravado a conversa inteira, jogada de mestre! Ao ouvir isso, Chase abriu um sorriso e ficou surpreso com a esperteza da ruiva.

—Você é uma gênia!

—Não me agradeça ainda... Você é que vai ter que mostrar isso para o Adam, afinal, vocês são irmãos!

O garoto balançou a cabeça confirmando então decidiram voltar para a arquibancada, mas no meio do caminho foram pegos de surpresa por Caitlin que estava correndo feito uma louca (feito ela mesma) e derrubou tudo que tinha de cachorro-quente e refrigerante nas mãos de Chase e Erica.

—CAITLIN! — Chase gritou

—Ai meu Deus, ai meu Deus! — a loira exclamava — Olhem ali gente, olhem o cavalo que ganhou a corrida!

Erica se aproximou da pista de corrida e olhou na linha de chegada o cavalo campeão.

—Foi o cavalo 4, e daí? — a ruiva questiona

—Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!

Foi tudo que se pôde ouvir de Caitlin.

—O que houve Caitlin? — Chase pergunta, preocupado.

—Eu ganhei, eu ganhei! — a loira exclama, animada — Eu apostei nesse cavalo e eu ganhei!

Ao ouvir isso, todos em volta ficaram tão entusiasmados quanto. Logo em seguida, Adam chegou e começou a comemorar também mesmo sem entender o motivo, mas nessa hora Chase ficou em dúvida novamente se deveria estragar o momento e contar sobre Trent ou deixar para depois. Foi então que Erica, com sua super atenção, resolveu agir de novo, pegou o celular da mão de Chase e fez sinal negativo.

—Meu Deus, eu ganhei mesmo! — Caitlin gritou, assustando um garotinho que passava por ali.

Então os quatro jovens se dirigiram até o estande de apostas e a loira ficou de queixo caído quando o velhote disse o valor de seu prêmio:

—R$400.000,00

—Passada! — a ruiva falou, de boca aberta

A reação de Caitlin também não foi das melhores, a loira desmaiou nos braços de Adam, e todos ficaram muito preocupados, mas em instantes já estavam saindo do hipódromo com aquela grana toda. No carro, Erica dirigia com atenção, mas de vez em quando olhava para Chase pelo espelho, que estava sentado com o irmão no banco de trás, mas os dois não trocavam sequer uma palavra.

—Então amiga, como é ser rica? — a ruiva resolveu quebrar o gelo

—Eu tô me sentindo adorável! — a loira respondeu, e todos deram risada.

—Se eu soubesse teria deixado você apostar desde o início!

E assim seguiram viagem, os dois irmãos falavam poucas palavras, mas interagiam. Ao chegarem em casa, os quatro desceram do carro e se despediram.

—Chase, não esqueça “daquilo”... E seja sutil quando for falar! — Erica advertiu e o garoto balançou a cabeça concordando

Adam e Caitlin não entenderam nada, mas nem ligaram, então foram para suas casas.

—Adam! — Chase gritou pelo irmão, enquanto o mesmo entrava em casa.

—Adam, precisamos conversar! — o menor entra logo em seguida, fechando a porta — Me dá atenção!

Dito isso, Chase agarrou o braço do irmão e Adam o fez largar de forma brusca.

—O que você quer? Veio me xingar ainda mais? — o maior pergunta, irritado.

—Não eu só quero te mostrar algo sobre o Trent...

—É sempre o Trent! Por que você não pode nos deixar em paz?

—Eu só estou tentando te proteger seu imbecil! —“E seja sutil quando for falar!” lembrou-se das palavras de Erica, mas era tarde demais para sutilezas — Olha aqui o que eu sou namoradinho anda fazendo com você!

Depois de falar isso, Chase pega o celular e mostra a gravação para o seu irmão. Vocês já devem imaginar que o coração do pobre Adam ficou em pedaços...


Notas Finais


Que final chocante scrr, mas enfim, tudo se resolverá, é só o que eu tenho a dizer. Até o próximo cap <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...