História Simplesmente Acontece - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Chouji Akimichi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Juugo, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Kurama (Kyuubi), Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Narusaku, Naruto
Visualizações 171
Palavras 1.447
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi oi shinobis e kunoichis do meu coração.
Inciando essa véspera de feriado com mais um capítulo pra vocês. Espero que gostem <3

Capítulo 12 - Intimidades


Fanfic / Fanfiction Simplesmente Acontece - Capítulo 12 - Intimidades

Naruto On

Eu e Sakura-chan vamos ao festival de primavera juntos.

Vamos ao festival de primavera juntos.

Ela me convidou para o festival de primavera.

Garoto idiota, pare de ficar repetindo isso

Ignoro a Kurama e tento me concentrar no que acabou de acontecer aqui. Sakura-chan veio até a minha casa me convidar para ir com ela ao festival de primavera. O que isso significa?

Significa que ela e você vão juntos ao festival, sua anta

- Raposa insolente. - Por Kami, e hoje vou levá-la para jantar, me empolguei tanto com o convite da rosada que antes de pensar já estava a convidando para ir ao Ichikaru comigo esta noite; sorte que guardei um pouco do dinheiro que recebi pela última missão.

Durante a parte da manhã dei uma leve organizada na casa; ter namorado um tempo com Hinata me fez perceber que eu morava em um chiqueiro de porco. Não que eu tenha me tornado um maníaco por limpeza, mas meu apartamento hoje em dia é bem mais convidativo do que a uns meses atrás.

Após o almoço, Sai, Shikamaru, Chouji, Shino e Kiba vem até minha casa para jogarmos conversa fora.

- Hey Naruto, você não tem uns salgadinhos ai pra gente comer não? 

- Chouji você só pensa em comer?

- Eu li uma vez que pessoas que comem compulsivamente são propensos a desenvolver distúrbios de ansiedade e hiperatividade. - Sai e suas filosofias.

Esses são meus amigos, idiotas, sem noção, mas ao longo do tempo se tornaram minha família.

Quando o sol estava quase indo embora os rapazes se despedem e decido me arrumar para o encontro com Sakura-chan.

Encontro, hein

Posso chamar isso de encontro, não posso? Subo para o quarto a procura de uma roupa... O que devo vestir essa noite? 

Garoto você vai jantar no Ichikaru, não vai a um casamento.

É, Kurama tem razão. Acabo escolhendo a opção mais simples de meu armário: uma camiseta branca lisa com um jeans rasgado; isso deve ficar bom. Deixo as roupas em cima da cama e vou tomar um banho. 

Estou curioso, eu e Sakura-chan sempre fomos próximos, mas essa é a primeira vez que ela me chama para um encontro; ano passado eu levei Hinata ao festival, mas serei sincero, não achei grandes coisas. Quem sabe este ano seja diferente... Assim espero.

Termino o banho e vou logo trocar de roupa; em 20 minutos estou pronto para sair e pegar a rosada em sua casa como havia prometido. As ruas estão bem movimentadas para um domingo a noite; o clima é fresco, mas não chega a estar frio. Gosto assim. 

Logo me vejo parado em frente o apartamento de Sakura; as luzes estão acesas, suponho que esteja me aguardando já. Toco a campainha e alguns segundos depois a figura branca de cabelos rosas está a minha frente... E como está linda. Fico bobo toda vez que vejo Sakura-chan sem aquele jaleco do hospital, não que ele a torne feia, de maneira alguma. Mas vê-la assim, se vestindo como a mulher jovem que é, me deixa louco. 

Sakura-chan mudou muito ao longo dos anos; sempre a achei bonita, mas o passar dos anos realmente fez bem a ela. Seu corpo ganhou curvas, os seios aumentaram... Assim como a bunda, e que bunda meus amigos.

- Boa noite Naruto.

- Oi Sakura-chan, você está... Muito linda. - Ela não estava esperando meu elogio, pois ficou vermelha, coisa que eu não esperava dela. Sakura nunca foi uma mulher tímida.

- O-obrigada Naruto, você também está muito bonito.

- Ah obrigada Sakura-chan, e então podemos ir?

- Claro, vamos indo. - O caminho até o Ichikaru foi curto porem muito animado, tinha me esquecido de como a companhia da rosada me fazia bem. Caminhávamos lado a lado e eu estava em êxtase com seu perfume... Poderia passar o resto da vida grudado naquele pescoço branco inalando o cheiro doce que vinha dela.

Entramos no Ichikaru e a encaminho para uma mesinha mais retirada, cavalheiro que sou, puxo a cadeira para que a rosada se sente e logo a atendente vem anotar os pedidos. Eu escolhi lamen (como sempre) e ela preferiu uma tigela de udon. Enquanto esperamos os pedidos iniciamos uma conversa animada sobre todos os assuntos possíveis. Enquanto a rosada me faz perguntas sobre eu assumir em breve o posto de Hokage, a bombardeio com perguntas sobre o hospital. Seus olhos brilham de orgulho; ela, a vovó Tsunade e Ino trabalharam muito até o hospital se tornar referência por todo mundo shinobi. Diversos líderes procuram Sakura para aprender técnicas sobre ninjutso médico. Eu morro de orgulho da mulher forte que ela se tornou.

Alguns minutos depois a atendente retorna com nossos pedidos e começamos a comer.

- Sakura-chan posso fazer uma pergunta?

- Claro Naruto, nem precisava pedir

- Vai parecer estranho, mas... Sabe como é... 

- O que foi Naruto? - Ela parece com medo de minha pergunta.

- Bom, queria saber... Por que você me convidou para o festival de primavera?

Sakura On

Merda, merda, merda. 

O que vou dizer a ele? 

Diga que você o chamou porque gosta dele e porque quer logo ir pra cama com ele

Xingo-me mentalmente. Não posso dizer a verdade, não ainda. Tenho medo que ele pense que estou sendo falsa.

- B-bem, Naruto... Eu sempre vou ao festival sozinha, o que é bem chato... E sei lá, achei que você fosse gostar de ir comigo.

Não tinha desculpa melhor não, filha?

- Puxa Sakura-chan, que bom que você gosta de minha companhia. Eu fiquei feliz em querer ir comigo, um loiro de olhos azuis tão bonito, nem todas têm essa sorte. - Ele começa a gargalhar e eu dou um tapa em seu braço.

- Baka, deixe de ser convencido.

- É brincadeira Saky. - De repente sua mão repousa sobre a minha; uma corrente de energia circula meu corpo me fazendo ficar quente.

Nossa, ele só tocou em sua mão e você já ficou assim? Imagina se ele tivesse tocado sua...

Afasto pensamentos pervertidos e me concentro em nosso jantar. Tudo correu tranquilamente, rimos muito e relembramos de nossa infância, missões juntos. Mas em nenhum momento Naruto tocou no nome do Sasuke, o que estranhamente me deixou feliz. As pessoas já estão saindo e sobramos só nós dois no restaurante.

- Está ficando tarde Naruto, acho melhor irmos.

- Claro, vou te acompanhar até em casa, Sakura-chan. - Nos despedimos do senhor Ichikaru e saímos lado a lado. Não há mais ninguém na rua, além de alguns cachorros e nós dois. Poucos minutos se passam e já estamos em frente meu apartamento.

- Naruto muito obrigada pelo jantar e pela companhia, foi bastante agradável. - Chego perto e o abraço, coisa que eu não tinha o costume de fazer até uma semana atrás. Ele retribui me apertando em seu corpo e novamente aquela sensação brota em meu peito.

- Eu que agradeço por ter aceitado, Sakura-chan. - Kami, ele tem um cheiro tão bom, não quero soltá-lo e ele parece entender isso, pois o tempo parece ter se congelado ali, naquele momento. - Sakura-chan eu vou fazer uma coisa e espero que você não me bata por isso depois, mas realmente preciso disso. - Sem entender a intenção por trás de suas palavras, ergo a cabeça para fita-lo e seus olhos, que costumavam ser de um azul claro, estão em chamas. Há luxúria ali; e então seu rosto vem se aproximando do meu, mais e mais perto e então eu fecho os olhos, porque já entendi o que está prestes a acontecer, e dessa vez não tem Uchiha, nem ninguém que impeça Naruto Uzumaki de me beijar.

Naruto On

Eu precisava daquilo, precisava deixar claro para Sakura minha real intenção. Passei a noite toda querendo experimentar aqueles lábios, tão rosas e convidativos. Era agora ou nunca e ela parecia querer isso tanto quanto eu. Finalmente nos beijamos; a princípio um simples beijo, mas logo minha língua pediu passagem e invadiu sua boca de forma desesperada.

Há quanto tempo quero isso? Quanto esperei para sentir nossos lábios colados, a pele branca da rosada arrepiar-se sob minhas mãos. Aos poucos ela foi se soltando, logo suas pequenas, porem fortes, mãos estavam segurando minha nuca. O ar estava faltando, mas eu não queria, não podia parar de beija-la agora. Foram anos reprimindo esse desejo, eu queria compensa-los. 

- Naruto. - Ela gemeu meu nome entre um beijo e outro, o que me fez perder o resto de sanidade que eu tinha. Quando notei, estávamos dentro de seu apartamento, esbarrando em tudo até tatear a parede e prensa-la ali. Eu preciso dela... E ela precisa de mim.


Notas Finais


Iiiiiiihu, vai NARUSAKU hehehe
Look do Naruto: https://br.pinterest.com/pin/320529698479846307/
Look da Sakura: https://br.pinterest.com/pin/648307308837888980/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...