História Simplesmente Acontece - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Justin Bieber, Matthew Espinosa, Nash Grier
Personagens Justin Bieber, Matthew Espinosa
Visualizações 11
Palavras 2.417
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Foi mal aí mas, andei muito ocupada!! Mas, está pronto.

Capítulo 7 - Confusão


POV Nash Grier 

Havia conversado com os meninos sobre a festa mas tinha de esperar até sexta para que aqueles dois enrolados resolvessem primeiro o problema deles com a diretora e aí sim, pedirmos permissão a ela. Sou muito apressado então assim como Cameron comecei a resolver umas coisinhas antes, como a lista de convidados que o idiota do Justin acha que não precisa mas se não tivermos a estimativa como saberemos quantas paradas como bebida, comida comprar? Esse meu amigo é doente só pode. 
- Precisamos ver quais bebidas iremos comprar para a festa - Ia dizendo ao lado de Cameron passando entre algumas pessoas. 
- A comida também, comida é importante! - Ele disse com uma cede em seu olhar. 
- Temos que dividir as tarefas de cada um! Estamos em oito nos dividimos em duplas. - Disse enquanto sentávamos em uma das mesas daquele pátio enorme. 
- A maioria do primeiro e do segundo ano vai. Então, já pensa aí cento e vinte pessoas apenas essas duas turmas, é uma galera bem boa! - Jessica disse enquanto dava um abraço apertado em Justin. 
- Ei menininha, dessa contagem você está fora! - Os meninos falaram para a mesma que não entendeu porque estavam a excluindo.
-  Que? Por que? - Jessica disse desentendida. 
- É, por que vocês estão excluindo meu amor desta parada? - Todos riram de Matthew inclusive eu. - Ué gente, o que foi? - Ele disse também desentendido.
- Docinho, eles também não te incluíram nessa jogada! - Jessica falou chegando bem perto da boca dele mas se afastou. 
- Quero saber a porra do motivo! - Falou irritado.
- Talvez seja porque você e sua querida namorada, ficante, o que for, precisam resolver o problema com a Dna. Paula primeiro para depois falarem com o pessoal e com ela, né! - Falei meio alterado, gente lerda da porra. 
- Ah sim, mas já estamos liberados. - Matthew falou com uma tristeza em sua voz. 

Resolvemos por cada um para fazer duas coisas. Aliás, estamos em oito e seria sacanagem não fizéssemos essa divisão. Bem, Jessica ficou com Morgana, Justin com Nicoli, eu com Hannah e Matt com o Cam. Fomos nos contactando por mensagem e  por telefone cada vez que algum assunto era concluído e cada vez que surgiam problemas com determinados assuntos como por exemplo, a caixa de som.

Estamos todos preocupados com esse lance da festa porque já estamos vendo tudo e o medo da nossa diretora não permitir está a cada dia piorando mas amanhã eles vão falar com ela....

POV Jessica 

Saí da sala dela sabendo que dali eu iria para o Matt arrumar minhas coisinhas para voltar para casa e isso simplesmente me deu um vazio inexplicável, tudo que eu senti naquele momento foi um vazio enorme pairando dentro de mim. Vê-lo ali na minha frente estava me deixando a cada passo mais nervosa, a cada passo mais extenso aquele corredor ficava, eu estava fora de mim. Cheguei em sua casa pronta para dar adeus a seus pais e a ele mas não consegui, fui falha. Todo esse tempo que passei aqui íamos praticamente todos os dias juntos para todos os lugares, enchia até o saco mas, acostumei com isto. Me sentei em sua cama olhando pela última vez daquele modo seu quarto, suas fotos com os meninos, a câmera de vídeos dele, tudo. 
- Já vai? - Ele fala entrando no quarto percebendo que eu estava tomando coragem para dizer tchau. 
- Talvez mas se quiser que eu fique, fico. - Falei fazendo palhaçada. 
- Falo sério, já vai? - Ele disse rindo. 
- Sim. Infelizmente deixarei o amor da minha vida. - Falei continuando a importuná-lo.
- Jessi, para! Eu tô realmente triste com sua partida. - Ele disse se sentando ao meu lado. 
- Meu anjo, você ta na minha casa de segunda a segunda! Não tem como sentir saudades! - Falei me levantando e pegando em sua bochecha. 
- Mocinha, você está muito próxima... - Ele disse me puxando para mais perto dele.
- Matthew, eu tenho realmente que ir. -  Disse me afastando. 
- Tudo bem, te levo em casa. 

O mesmo me deixou em casa depois de ter me despedido de todos de sua casa. Até que enfim eu podia ter minha liberdade de volta! Não que na casa dele eu não tinha liberdade mas é diferente, né? Aqui eu posso andar só de calcinha e sutiã coisa que lá nem no quarto eu podia ficar. 
- Filha, até que enfim voltou! - Minha mãe disse me abraçando. - Nem pude te curtir direito quando cheguei, como está? - Ela perguntou curiosa. 
- To bem mãe, e você? Justin andou quebrando algo? - Perguntei tirando sarro do meu irmão. 
- Não, graças a Deus! Desde que você foi para o Matthew seu irmão ficou mais quieto e focado estranho, não? - Falou rindo. 
- Sim, até por que sabemos como ele AMA estudar, né! - Disse a abraçando vendo que meu irmão descia a escada correndo em minha direção. 
- AI QUE ÓTIMO, MINHA IRMÃ ESTÁ DE VOLTA! - Justin falou enquanto me apertava tão forte que quase perdi o ar. 
- Garoto, você vai estrangular ela, para com isso! - Minha mãe falava enquanto ele continuava a me abraçar forte. 
- Justin, chega! - Disse me afastando dele, garoto doente. 
- Estou feliz por não ter que sair com você e  fazer as paradas com você. - Ele falou sério. 
- Tá bom Justin, espera e você vai sentir minha falta que eu sei! Sou o açúcar que faltava no seu café! - Falei indo em direção as escadas. 
- Vai sonhando, irmãzinha! Vai sonhando - Ele disse lá de baixo e sua voz foi sumindo conforme eu chegava mais perto de meu quarto. 

Adentrei e sentir meu cheirinho, ver meu quarto do jeito que deixei da última vez que estive aqui era tão bom. Peguei meu computador para ver o jornal da minha escola e ver o boletim virtual. Vi o jornal e o time de basebol havia se classificado para as finais do campeonato e as noticias sobre os populares rolavam a solta nas seguintes páginas mas, nem dei tanta importância. Em seguida, vi minhas pontuações nestas provas e todas ótimas, ainda bem. Estou livre para resolver as coisas desta festa que será inesquecível. Fui até o quarto de Justin pegar algumas coisas minhas que eu havia deixado com ele antes de ir pro Matt. 
- Jessica veio pegar suas coisas? - Meu irmão disse enquanto saía do banheiro. 
- Sim, aonde tá? - Falei remexendo a cômoda em que seu computador ficava. 
- Não ta aí. Está no meu armário. - Ele apontou e voltou pro banheiro. Peguei minhas coisas mas decidi ficar ali para conversar com ele já que não passava um tempinho com ele. 
- Tu ainda tá aqui? - Ele disse saindo vestido do banheiro. 
- Sim, quero ficar um pouco com você. - Falei o observando. 
- Jessica agora não dá, pode ser outra hora? - Ele disse pegando sua carteira. 
- Qual o seu problema? - Falei revoltada. Desde que eu estava envolvida com o melhor amigo dele o mesmo estava me tratando deste modo, que merda. 
- Nada, tchau. - Falou se retirando do quarto. 
- JUSTIN, PORRA! VOLTA AQUI! - Gritei correndo atrás dele pelo corredor. Quando vejo todos os meninos o esperando.
- Por que você tá assim? - Matthew disse me olhando. 
- Eu to na minha casa, talvez? - Falei incrédula. 
- Não digo por conta de sua roupa mas sim por que não está arrumada? - Ele disse olhando para meu irmão.
- Que? - Falei não entendendo nada. 
- Nós mandamos ele te avisar que é pra ir conosco! - Cameron disse subindo até mim. 
- Ai que saco! - Saí dali indo até meu quarto. 
- Ei, não fica assim! Seu irmão não está engolindo o fato de você andar conosco. Nós só fazemos merda, ele não quer... - Ele disse mas o interrompi. 
- Ele não quer o que, Cameron? Meu irmão ele não tem que querer porra de caralho nenhum! Ele sabe muito bem a irmã que tem e quantas merdas eu já fiz! Ele tá é com ciúmes do Matthew comigo, isso sim! - Cuspi tudo que estava me entalando há dias. 
- Não posso fazer nada, Jessi. Vai ficar em casa mesmo? - Cameron disse super paciente. 
- Vou. - Falei seca. 
- Vou ficar com você. - Matthew apareceu na porta. 
- Não quero, vai com eles! SUMAM DAQUI! - Disse irritadíssima os empurrando para fora e fechando a porta. 

POV Morgana 

Jessi estava muito brava comigo no telefone sobre o que Justin havia feito com ela em poucos minutos antes de me ligar. Parece uma criança de cinco anos que não sabe separar as coisas, que inferno. Fico chocada com o rumo que as coisas estão tomando as vezes da vontade de alertá-la sobre um possível coração partido mas, eu levaria um fora tão desnecessário que acabo deixando esses assuntos quietos. 
- Morgana? - Jessica me ligava novamente. 
- Fala - Disse breve, ela estava atrapalhando minha série. 
- Vamos naquele bar? - Ela soava maldosa. 
- Maluca! Vamos! - Disse me levantando e me dirigindo ao meu armário. 
- Tudo bem, passo aí de táxi em dez minutos! - A mesma falou desligando o telefone.​ 

Chegando neste " bar " que estava mais para uma boate havia muita gente que nós conhecíamos então, como muitos acharam que não iríamos dar nossa bela presença, se surpreenderam. Todos os olhares estavam voltados para nós duas, menos de certas pessoas que estavam ocupados demais se é que me entendem. Passamos entre as pessoas, sentamos no mesmo lugar de sempre, no bar. Pedimos nossos drinques e Jessica estava com a malícia de quem iria fazer uma tempestade naquele bar, conheço muito bem a melhor amiga que tenho. 
- As senhoritas por aqui novamente? - O barman disse parando para conversar conosco. 
- Sim. - Jessica disse breve. 
- Por que a senhorita está assim? - Ele disse receoso com a reposta que poderia receber. 
- Problemas. - Ela soou calma. 
- Namorado? - Ele havia tocado no assunto, que merda! 
- O que você tá fazendo aqui? - Justin apareceu com uma garota agarrada em seu pescoço. 
- O mesmo que você, bonitinho! - Ela disse se levantando e arrastando sua unha em sua face dando seu pior sorriso. 
- É sério isso? - Justin soava incrédulo. 
- O que foi docinho? Incomodado? - Ela disse debochando dele. 
- Justin deixa a garota, vamos - Aquela vaziadinha ia dizendo o puxando. 
- Você fica quieta e sai daqui! Primeiro irmãozinho, não sou sua propriedade. Segundo, eu quis dar sim pro seu querido amigo, e aí? O que você tem com isso? Não fode! - Ela cuspia as palavras na cara de seu irmão com seu martíni em mãos. 
- Jessica, você está alterada. Em casa nós conversamos. - Ele disse preocupado com sua companheira. Ela apenas riu com a situação. 
- Não. Eu vou ficar aqui, se quiser ir para casa sabe o caminho, sai dessa! - Ela falava com um tom de brincadeira. 
- E você? Não vai fazer nada? - Ele disse se dirigindo a mim. 
- Eu? Esse problema é de vocês, não meu! Eu vim com ela mas não compro a briga dela e também, não me ponha na briga, não seja babaca neste nível. - Jessica ria mais a cada minuto. 
- PORRA! Qual o seu problema? - Jessica gritava e todos já estavam olhando. 
- Amiga, vamos! Todos vão comentar sobre isso, chega! - Falei tirando sua atenção de Justin para mim. 
- N-Ã-O! Vou ficar aqui, se quiser ir para casa, tudo bem. - Ela falou e eu assenti. 

Em casa entrei em minhas redes para ver se estavam comentando sobre o ocorrido horas antes e infelizmente havia muitos comentários, videos, fotos. Isto vai dar o que falar mas, ela nunca me escuta! Incrível! 
- Amiga, eu to ferradíssima! - Ela dizia entre seus soluços. 
- Jessica, sinceramente? Você já sabia o que iria acontecer e mesmo assim foi atrás de briga! Que porra! - Falei dando esporro na mesma. 
- Tô nem aí pra isso! Só não quero que a diretora me chame segunda. - Ela dizia um pouco pensativa. 
- Por que não quer ser chamada? - A perguntei curiosa. 
- Já estive tempo demais fazendo acompanhamento por causa de meus desentendimentos com Matthew. Agora com meu irmão? Deus me livre! - Ela disse aterrorizada. 
- Então tivesse pensado antes de escândalo! - Disse por fim e a mesma bufou desligando em minha cara.

Todos os dias foram os mesmos. Permaneci em casa conversando com as meninas pelo FaceTime, vendo série, fazendo meus trabalhos que os professores haviam passado, nada demais. Infelizmente meu domingo estava chegando ao fim e a segunda apareceria em breve. 

POV Matthew

Desde que Jessica voltou para casa tudo está sendo tão estranho e diferente, deitar nesta cama é estranho. Justin me ligou nos chamando para sair mas, não estou afim de ir sabendo que o mesmo não vai chamá-la. Minha única vontade é de permanecer em casa até segunda reinar e eu poder conversar com ela na aula de biologia. Decidi ir para que ele não desconfiasse de nada então, fui para sua casa onde aconteceu tudo aquilo de Justin não tê-la avisado e ela ainda fica brava comigo e com Cam, vê se pode! Essa menina ainda me enlouquece. Estávamos naquele bar em que costumávamos frequentar quando aquelas duas doidas aparecem sabia que não iria dar certo então, nem me meti, fiquei na minha. Após que o caos que eu havia previsto acabou me dirigi a saída assim pegando um táxi e vindo para casa. Meu final de semana se resumiu em eu em casa jogando Xbox como sempre, nada de novo. Graças a Deus é segunda, não aguentava mais ficar em casa fazendo nada. Fiz minha higiene matinal, botei minha roupa e fui para a escola, estava nervoso com o que aconteceria. 
Matthew e Jessica, sala da diretora agora! - A assistente da nossa diretora falou quando interrompeu nossa maravilhosa sala. Seguimos em silêncio até a sala da Paula. 
- Bem, sobre os textos eles estão impecáveis, parabéns! Mas, hoje os chamei para falar sobre outro assunto - Ela falou misteriosa... 


Notas Finais


Espero que tenham gostado, muita coisa ainda está por vir! Preciso dar um alerta a vocês! Nem sempre postarei de um em um dia como falei em uns avisos atrás mas quando for possível tentarei, ok? beijinhos, até o próximo cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...