1. Spirit Fanfics >
  2. Simplesmente Ela... >
  3. Simplesmente Nós...

História Simplesmente Ela... - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Olá, meus amores!!
Bora conferir o terceiro e último capítulo?
Espero que gostem!!

Capítulo 3 - Simplesmente Nós...


#Âmbar

- Luna, se quiser desistir...

- Não. Claro que não. – Luna fala me interrompendo. Dou um enorme sorriso e me aproximo dela novamente. – Jamais iria desistir de algo que tenho vontade de fazer há muito tempo. – Ela me fala e eu simplesmente a puxo para um beijo quente e apaixonado.

Não tínhamos muito tempo, pois não sabíamos quando o restante do pessoal estaria em casa. Então, eu caminho com Luna até a cama e praticamente lhe jogo na mesma. Escuto sua gargalhada e a encaro com a sobrancelha levantada. – Qual a graça?

- Nada. É que ninguém nunca me jogou dessa forma numa cama.

- Como assim? Puta que pariu, Luna! Você é virgem?

- Não, Âmbar. Claro que não. Falei isso me referindo ao fato de que todas as vezes que fiz sexo, sempre foram momentos “normais”. Carinhosos, sei lá. Mas eu tenho que confessar que amei esse seu jeito mais bruto. Combina com você.

- Combina com nós. – Falo e a beijo mais uma vez. Em questão de segundos, nossas roupas estavam todas espalhadas pelo chão. Eu sabia que Luna nunca havia transado com uma mulher antes. E queria que ela adorasse o momento que provavelmente, iríamos querer repetir.

Continuo a beijando ao mesmo tempo em que distribuo carícias por seus seios completamente duros de excitação. Isso me deixava extremamente feliz, afinal, ela estava assim por minha causa.

Dou um sorriso e começo então a descer beijos por toda extensão de seu pescoço. Mordisco em algumas partes e aprofundo a carícia quando escuto os gemidos de Luna. Ela estava gostando. Com minhas mãos, aperto sua cintura e subo novamente para acariciar seus seios. Aperto-os fortemente e sinto Luna se contorcer em baixo de meu corpo. Começo então a distribuir beijos por seu colo até minha boca chegar em seus seios. – Âmbar...

- Tá gostando né? Delícia esses seios... Caralho, Luna. Como consegue ser tão gostosa? – Falo e escuto uma risada leve sair de seus lábios. Começo então a chupar um de seus seios. Sinto Luna se contorcer e sorrio maliciosamente.

Após alguns minutos me deliciando com aquele belo par de seios, decido distribuir beijos pela sua barriga e paro somente quando chego em sua intimidade. Sinto seu cheiro de pura excitação e sem aviso nenhum, caio de boca em sua intimidade. Luna grita de surpresa e prazer e eu somente lhe respondo com mais estímulos em sua vagina quente, molhada e deliciosa.

Sinto Luna acariciar meus cabelos enquanto abre ainda mais suas pernas me deixando cada vez mais colada ao seu paraíso. Paraíso este que eu não teria o menor problema em provar todos os dias. – Caralho, Luna! Como essa tua boceta é gostosa. Dá vontade de provar todos os dias. – Falo e volto a chupá-la. Luna geme e eu sorrio.

- Âmbar... Tá tão bom... Não pára, por favor... – Luna fala entre gemidos. Atendo seu pedido e aumento cada vez mais a intensidade de meus chupões. A penetro com dois dedos e escuto seu gemido alto mais uma vez. Começo a fazer movimentos de vai e vem com os dedos dentro de sua vagina e Luna se contorce cada vez mais sobre mim.

Sugo seu clitóris com a boca enquanto continuo lhe masturbando com os dedos e sinto seu corpo me prender a ela. Ela iria gozar a qualquer momento. – Âmbar, eu vou... Ah...

- Vem, goza pra mim... Vem... Agora, Luna! – Falo e intensifico os movimentos e sinto sua vagina apertar meus dedos indicando que havia gozado. Chupo todo líquido que saía de sua vagina e volto para cima para beijá-la e misturar nossos gostos. – Delícia...

- Nunca pensei que fosse tão bom transar com uma mulher... – Luna sussurra em meu ouvido e eu dou uma risada.

- Você ainda não viu nada, baby.

- Você é que ainda não viu nada, meu amor... – Luna sussurra e inverte nossas posições. – Gosta de algo mais violento, não é mesmo? Então se prepare... – Ela fala e simplesmente me penetra com dois dedos me fazendo gemer algo. Porra! Assim era golpe baixo! Eu sabia que estava encharcada e queria muito que ela me fizesse gozar, mas não imaginei que isso fosse rolar tão rápido. Caralho! Luna conseguia me surpreender até mesmo na cama.

Vejo ela se abaixar e começar a sugar meu clitóris ao mesmo tempo em que me penetrava com os dedos e vou literalmente à loucura. Fecho os olhos e aperto os lençóis enquanto me contorço contra sua boca e seus dedos.

Como eu estava excitada demais, não demoro muito para gozar. – Luna... Ahhh... – Gemo seu nome e liberto meu orgasmo. Orgasmo este que nunca fora tão intenso. Como era bom transar com Luna. Queria isso o tempo todo. Era delicioso demais.

- Delícia, Âmbar... Seu gosto é maravilhoso. – Ela fala e sobe para me beijar novamente. Após o beijo, ela deita ao meu lado e entrelaçamos nossas mãos.

- Simplesmente nós... Para sempre. – Falo e subo por cima dela mais uma vez. Iriamos nos entregar ao desejo. Se alguém escutasse nossos gemidos... Paciência. Não tínhamos mais vergonha nem pudor. Queríamos somente viver nosso amor e nosso prazer. Porque éramos simplesmente nós... Para sempre...

 

 

FIM.


Notas Finais


Gostaram? Odiaram?
Mereço comentários?
Espero que tenham curtido essa short fic.
Até mais!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...