História Simplesmente Minha - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, Cora (Mills), David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Henry Mills, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Amor, Comedia, Romance, Swanqueen
Visualizações 78
Palavras 1.707
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Volteiii.....

Capítulo 13 - Capítulo 13


Fanfic / Fanfiction Simplesmente Minha - Capítulo 13 - Capítulo 13

Pv Regina

Depois de tudo que aconteceu no quarto em que Emma estava, nos preparamos para nosso casamento Zelena entraria ao lado do nosso amigo de infância Robin, nos conhecemos desde os nossos 10 anos ele também é advogado, e Ruby entraria com Killian um dos melhores amigos de Emma eles se conheceram no colégio, queria ser a primeira a entrar e esperá-la no altar então fui ao encontro do meu pai.

-Oi papai.

-Oi princesa, você está linda- disse me dando um beijo na testa - sabe quando estávamos vindo hoje para cá me passou um filme na cabeça, de quando sua mãe me disse que estava esperando você, quando você nasceu e a peguei no colo pela primeira vez, quando disse sua primeira palavra e me chamou de papa, quando aprendeu a andar e quando disse que me amava, quando você aprendeu a andar de bicicleta e teve o seu primeiro tombo achei que iria chorar mais você levantou e tentou de novo até conseguir, quando você defendeu sua irmã de ser atacado por um gato e ganhou essa cicatriz que eu sei que você odeia, quando você e sua irmã brigaram porque Zelena havia conhecido o Robin, e você veio chorando para mim e sua mãe dizendo que ela havia trocado você por um mauricinho chato e não te amava mais, você ficou uma semana sem falar com ela – cada vez que meu pai falava as lagrimas se formavam em seus olhos e eu ficava emocionada – são muitas coisas filha, você é o meu orgulho Regina, você é sua irmão são as coisas mais importantes que sua mãe e eu temos, e hoje você vai se casar, minha garotinha que ficava comigo no escritório fingindo que era advogada vai se casar, eu estou orgulhoso de você querida.

-Obrigada papai – disse já chorando – eu amo você.

-Eu também te amo, agora vamos parar de chorar, não temos tempo de fazer outra maquiagem em você.

Entramos e vi alguns amigos e familiares, Zelena e Ruby já estavam prontas em cima do pequeno palco e fiquei a postos esperando por Emma, e quando chegou sua vez, nossos olhos e encontraram foi como se tudo que ao nosso redor não existisse, só eu e ela, ela é a coisa mais linda que meu olhos já viram, seus cabelos loiros como sol, seu sorriso contagiante, seus olhos lindos olhos onde me perco, e sua boca ah aquela boca passarei o resto dos meus dias beijando-a, cada vez que ela se aproximava meu coração acelerava.

-Você está linda, já ti vi mais posso dizer de novo – disse Emma.

-Você está perfeita.

-Bom vamos parar com essa melação é começar esse casamento né? Ninguém aqui quer seu diabetes subindo vamos deixar para hora do bolo. – disse Zelena arrancando risos do pessoal, estava demorando para ela começar com as piadas.

-Bom estamos aqui hoje, minha querida namorada Zelena e eu, para celebramos a união dessas duas coisas linda Emma Swan e Regina Mills, elas são tão perfeitas juntas e chega a dar raiva mais vamos lá continuando.

-Sim querida Ruby, segura o recalque e a inveja, vamos lá, mais antes eu tenho uma pergunta – Zelena chegou bem próximo da Emma – ainda dá tempo de você fugir sabe, Regina acorda mal humorada de manhã, odeia perguntas idiotas, e ranzinza igual a mamãe, desculpa mãe – gritou olhando para mamãe -  mais e verdade – cochichou a última parte – se ela não tomar café da manhã sai de perto, então não quer fugir?

-Nada me faria fugir – disse Emma com um lindo sorriso no rosto

-Bom avisada foi, depois não reclama – disse Ruby rindo.

-Bom vamos para a parte seria agora, bom tem um frase que diz: “Se você não está disposto a parecer um idiota, não merece se apaixonar”, bom tenho algo a dizer duas completas idiotas. – Zelena disse fazendo o pessoal rir – completas idiotas, elas estão se casando gente.

-Tem um outra Zel: “Amor e uma flor roxa, que nasce no coração do trouxa”. Kkkkkkkk, essa foi boa, combina com elas, meu Deus isso é bom demais.

-Você é engraçada Ruby Lucas, então também somos duas trouxas e idiotas por sou apaixonada por você.
Mais agora vamos falar sério, vocês hoje estão aqui perante amigos e familiares, pois decidiram dar um passo a mais no relacionamento de vocês, vocês decidiram dividir não só uma casa, mais uma vida a partir de agora vocês serão uma só para todo sempre.

-Isso mesmo, dividiram alegrias, tristezas, medos, sonhos, ajudaram uma a outra, apoiaram uma a outra, amaram uma a outra, construíram uma família, sim vocês nos darão sobrinhos, serão o alicerce uma da outra. Pois bem agora é hora o que vocês prometem uma à outra sua vez Emma.

- “Eu prometo te amar e respeitar, cuidar e mimar. Gritar e fazer as pazes na mesma intensidade, te fazer chorar de alegria e te fazer sentir dor na barriga de tanto rir. E eu prometo também colorir esse mundo tão preto e branco com as cores da nossa felicidade. Prometo ficar contigo pro que der e vier, acordar às seis da manhã pra preparar seu café. Prometo estar do seu lado nas horas mais felizes e nas horas mais tristes também, como a de acordar. Prometo aprender a cantar sua música preferida em francês, prometo que quando você ficar doente irei cuidar de você. Eu te prometo ser o melhor, pra você. Prometo encher a casa, de alegria, harmonia e filhas. Eu prometo ser fiel a você e ao tempo que dedicar a mim, prometo te amar a vida toda. Prometo que vou te proteger que nem seu pai tentou te proteger de mim. Prometo que vou me permitir mais, sentir mais, demonstrar mais, te amar mais. Diariamente. Prometo te levar pro céu nos momentos de arrepiar. Prometo dormir agarradinha até o próximo sol chegar. Prometo repetir esses votos em todos os nossos dias, eu prometo cumprir minhas promessas. E pra terminar, queria prometer que vou te encontrar numa outra vida, porque só essa não é o bastante pra te amar.”

-Gina sua vez.

- “Então chegou a hora de fazer aquelas promessas vazias que parecem lindas para o momento e prometer te fazer feliz para sempre. Não, eu não posso te prometer felicidade, tudo que eu posso te prometer é o meu amor. Eu prometo amar você quando você estiver rindo de alguma coisa boba e sem sentido, prometo amar você quando você estiver triste e querendo chorar, mas seu orgulho não deixa. Eu chorarei por você. Prometo amar você até quando você copiar aqueles poemas bobos da internet e mandar um “motoboy” entrega-los no meu escritório. Prometo te amar e cuidar de você quando você estiver doente. Prometo-lhe amor quando você estiver tão feliz que parece que seu peito irá explodir. Prometo amar você mesmo quando você não fizer mais questão do meu amor, pois é neste momento que você mais precisará dele. Tudo que eu posso te prometer é amor, o meu amor e se o meu amor for o suficiente para te fazer feliz, então sim, eu lhe prometo felicidade eterna.”

-Isso foi lindo não é Ruby?

-Foi Zel foi perfeito, agora vamos trocar as alianças, certo pais podem vir até aqui. – Nossos pais ficaram de frente para nos cada um com nossas alianças.

-Bom sis diga essas palavras...

-Emma receba essa aliança em sinal do meu amor é da minha fidelidade.

-Regina receba essa aliança em sinal do meu amor é da minha fidelidade.

-O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. Que vocês sejam muito mais muito felizes, e me deem sobrinhos logo.

-Bem pelo poder investido ao google que nos permitiu em menos de 10 minutos celebrar essa união, as declaramos casadas, podem se beijar sabemos que isso que vocês querem.

Puxei Emma para perto de mim e a beijei, agora éramos oficialmente Swan Mills, e eu estava completamente feliz.
Assim que terminou a cerimonia os convidados foram para a recepção e Emma e eu fomos nos trocar.

-Oh Meu Deus, nem acredito que estamos oficialmente casadas, hoje é o dia mais feliz da minha vida, eu te amo tanto Emm.

-Eu também amo tanto você Gina, agora vou poder dormir e acordar ao seu lado todos os dias, beijar a todo o instante, fazer amor sempre que quisermos, sabe o que eu quero agora – perguntou ela sussurrando em meu ouvido.

-Não o que? – disse soltando um gemido tímido, tendo a mão dela passeando pelo meu corpo.

-Tirar esse seu vestido lentamente. – ela ia distribuindo beijos pelo meu pescoço e apertando meus seios por cima do vestido.

-Emm – gemi manhosa – não podemos, temos que ir para festa.

-Eu sei, mais a festa e nossa e eu posso aproveitar de você um pouquinho Sra. Swan Mills – começou a tirar meu vestido.

-Tudo bem, mais temos que ser rápidas – disse dando selinhos em seus lábios

-Só preciso de alguns minutos querida.

Quando o clima estava esquentando fomos interrompidas por Zelena e Ruby.

-Vocês não tem vergonha não, o pessoal esperando e vocês se comendo aqui dentro.

-Zelena, você não sabe bater na porta – disse puxando o vestido para me cobrir.

-Não, belos seios Emma – disse rindo mostrando os seios da Emma que estavam para fora e ela se cobriu rapidamente.

-Nossa esse quarto cheira a sexo, vocês podem fazer isso depois na lua de mel, vamos para a recepção. – disse Ruby fazendo nos trocarmos de roupa e irmos.

Nós nos trocamos, e fomos para onde o pessoal estava, estava tudo muito lindo realmente nossas mães fizeram um ótimo trabalho, fomos recebidas com muitas palmas e abraços, estávamos felizes, pois estávamos juntas. Dançamos ao som de A Thousand Years de Christina Perri.

“I have died every day waiting for you

(Eu morri todos os dias esperando você)

Darling don't be afraid

(Querida, não tenha medo)

I have loved you for a thousand years

(Eu te amei por mil anos)

I'll love you for a thousand more

(Te amarei por mais mil).”

-Eu te amo Regina.

-Eu também te amo Emma.

 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...