História Simplismente um amor - Capítulo 24


Escrita por:

Postado
Categorias Os Instrumentos Mortais
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Aline Penhallow, Clary Fairchild (Clary Fray), Isabelle Lightwood, Jocelyn Fairchild, Lily, Magnus Bane, Maia Roberts, Maryse Lightwood, Max Lightwood, Robert Lightwood, Sebastian Morgstren, Simon Lewis, Tessa Gray, Valentim Morgenstern
Visualizações 15
Palavras 1.983
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, LGBT
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 24 - O que você viu Clary?..



Dois messes depois...

- como aquele filho da puta conseguiu ficar presos em uma passagem de ar condicionada?- pergunto pro Jordan 

Acabamos e chegar de Londres e estávamos indo para casa tinha terminado minha misao em Londres e como eu já previa tinha dedo do Brian no meio 

Era brigas de gangs então tínhamos que controlar os dois lados e recuar as pessoas das comunidades estava um aguerra lá 

Estou morta de casanda já aí fazer uma semana que não durmo pós recuavamos os moradores de noite e trocava tiro com as gangs de dia e essa semana foi a pior e não tive tempo de dormi 

- Não sei mas para tirar ele de lá deu muita luta-  ele fala rindo 

Chegamos em casa Paulo e Saulo estáva na porta 

- Bom dia Coronel bem vinda de volta- Saulo fala 

- obrigada Saulo 

Ele abre o portão para mim e entro com o carro paro na porta de casa e desso com minha mochila e Jordan atrás de mim 

Ainda estava com a farda colete e um fuzil no me pescoço e Jordan também tínhamos acabado a misao e vindo logo não volte para trocar de roupa 

Abri a porta de casa e escuto Max grita e vem de dentro da sala de cinema arrumo meu fuzil na mão e Jordan também 

Ele fica me cobrindo por trás e eu vou na frente dou um jute na porta e aponto o fuzil 

Max da outro grito de susto e vira para mim mais o Jace eles vira e levanta as mãos em redenção jace sorri 

Jordan liga a lâmpada e eu baixo o fuzil 

- que merda tá acontecendo aqui?- pergunto 

- tiia Clary você voltou -ele desse do sofá e vem correndo me abraçar 

- eu falei que ia volta vida 

-Me desculpa por ter gritado com a senola tiio Simon disse que fui o primeiro homem que gritou com a senhora e que fiquei cominhas bolas enteiras depois que voxe entrou no exército 

Jordan deu uma gargalhada e se jogou no sofá 

- pode aposta que sim Max uma vez quando estávamos no terceiro ano falei que ela era uma vaca por que ela tinha feito eu passar vergonha na frente de uma menina que eu gostava ela me deu o chute nas minhas bolas passei dois dias ruim 

E teve outra vez que um traficante disse que ia fuder ela até ela pedir arrego e ela deu um tiro de HK G36 nas bolas deles ficou só o mingau 

E teve...

- já chega Jordan Max já escutou de mas se sebes te pegar contando essas histórias você está morto igual como você fez quando comprou armas e facas para ele de presente de aniversário 

- papai nunca deixou eu brigar com elas tiiia

- seu pai quase teve um infarto- jace falou 

- E  por que vocês estavam gritando quase que entro atirando 

- Eu e o dindo estávamos assistindo file de terro e eu gritei quando a mulher foi morta 

Olho para o Jace e ele da de ombros 

- tiio Jordan tá dormindo- ele aponta 

Vou até onde ele é dou um tapa na cara dele e Max e jace sorri 

- tá mesmo faz uma semana que a gente não dorme 

- assim então deixa ele dormi aí mesmo 

- Ok 

Falo e vou pro sófa cama onde Max estava deitado coloco Max de volta lá e vou até onde Jordan e tiro o fuzil armas e facas do colete dele e depois tiro o colete jace e Max ficam só prestando atenção pego tudo 

E vou saindo 

- tiia assiti o filme mas a gente por favor?

- vou só guarda essa coisas e volto 

- Ok a gente está lhe esperando 

Subo guardo tudo e tomo um banho um pocou demorada e lavo meu cabelo saio do banheiro e visti um shorts Jens é uma blusinha soltinha e deixo meu cabelo solto e desso 

Jace 

Clary tava demorando muito então terminamos de assistir o filme e ela entra 

Ela estava muito gostosa seu corpo estava perfeito antes já era e agora tida malhada estáva mas e shorts dela era um pouco curto e dava para ver suas pernas e seu bumbum definido e grande 

Jordan ainda estava dormindo no outro sófa cama 

- tiia voxe demorou muito 

- Eu sei querido estáva precisando de um banho 

Ela apaga a luz e vem e senta do lado do Max 

Dava para sentir seu perfume como eu estava com saudades desse perfume 

- então vamos escolher o filme?- Ela pergunta 

- SIM agora vamos assistir vingadores ultimato- Max fala todo animado 

- por mim tudo bem - ela fala 

- por mim também 

Ela deita abraçada com Max e do óleo do Max e o filme começar 

Esses dois messes não saiu da minha cabeça que ela me viu com uma mulher mas ela não me disse quem é por isso foi embora acho que é Aline no dia que terminamos no outro dia volte com Aline 

E Ela me viu com ela no colégio 

Mas vou descobrir quem é 

Mesmo que não volte com ela 

Ela me fez sofrer muito por ter me traído com Brian e ainda ficou mas com ele depois que foi para Londres acho que ela nunca me amou de verdade 

Mas eu sempre amei essa pequena nunca esqueci ela mesmo estando noivo da Aline 

dez que Clary voltou Aline não para de brigar todos os dias é uma nova briga por qual quer coisa  ele queria que eu não visse mas o Max mas isso nunca vai acontecer Max é tudo para mim é como se fosse meu filho 

Eu amo ele muito 

Eu podia fazer qual quer coisa falar qual quer coisa mas meu amor por Clary nunca mudou fiquei com Aline para eu esquecer Clary mas não adiantou nada 

Clary sempre vai ser meu primeiro e único grande amor mesmo por tudo que ela fez sempre vou amar ela 

E agora ela tão perto de mim  faz meu coração acelerar me faz querer abraçar ela não soltar nunca mas 

Faz eu querer fazer ela ser a minha Clary a minha ruivinha doce que não faz mal para ninguém que não sabe como tortura uma pessoa e gosta no que está fazendo 

Mas Clary não é mas assim mas mesmo assim eu também amo essa nova Clary mandona, autoritária,  raivosa que se estressa com qualquer coisa que fazem com ela 

Eu amo amo muito 

Olho para ela é ela está dormindo abraçada com Max e um sorriso aparece no meu rosto ela está tão serena dormindo e tão linda 

Max olha para mim e sorri 

- dindo leva tiia pro quarto 

- Eu acho que ela não vai gosta Max 

- qual quer coisa falo que foi eu que pedi 

Olho pro Jordan ele ainda está dormindo que nem pedra 

- tá Bom mas ela me der um tiro ou me matar a culpa vai ser sua 

Ele da uma gargalhada e sai de perto da Clary com cuidado e da espaços para mim 

- xiiii- ele diz e eu sorri 

Passo o braço pelo o joelho dela e outro no pescoço e levanto ela colocando ela perto de mim e fazendo sua cabeça ficar no meu peito 

Meu coração acelera com ela em meus braços 

Ando de joelhos por cima do sofá cama até que eu chego no final e fico de pé

MAX vai na frente e abri a porta e subimos as escadas e ele me mostra a onde fica o quarto dela e ele abre a porta e diz que vai me esperar lá embaixo 

Entro no quarto e vou até a cama e coloco ela com cuidado na cama e dou um beijo na testa dela não resisti 

Quando me levanto e vou saindo escuto ela resmungar e se mexer na cama olho para ela e 

Ela está se contorcendo na cama acho que está tendo um pesadelo 

Vou até ela é coloco minha mão no rosto dela virando para mim olhar 

- Menino sai daí não pode brincar perto da psina você pode cair.....não..não....alguém me ajuda...não- ela fala ofegante 

- Clary acorda- balanço ela um pouco- acorda é um pesadelo 

Ela abre os olhos e senta rápido e coloca a mão nas costa e tira uma arma e nosos rosto estão acentimentro de distâncias ela coloca a arma na minha barriga 

- você quer levar um tiro? Me assustou 

- você dorme com uma arma?- pergunto incrédulo 

Ela da de ombros 

- vai lá saber quando alguém vai querer me matar quando eu estiver dormindo?

- Eu nunca ia querer te matar 

Ela ignora o que eu disse 

- E mesmo assim eu não estava dormindo estava com Max- ela devia os olhos do meu é olha ao redor - por que estou no meu quarto e por que você está aqui?

- você tava dormindo e Max me pediu para te trazer pro quarto e você estava tendo um pesadelo 

- hum - ela tira a arma da minha barriga e se afasta e coloca na escrivaninha e olha para mim 

- com o que você estava sonhado?

- Eu tenho esses pesadelos desde criança com um bebê se afogando em um psina Papai disse que é só um sonho 

Ela deu de ombros 

- você sonha com eles todos os dias?

- quando eu tava em Londres não mas é só eu chegar aqui que é quase todos os dias 

- assim talvez seja alguma coisa que você viu quando era criança 

- É pode ser 

Ela da de ombros 

E ficamos em silêncio 

- o que você está esperando?- ela pergunta 

-esperando o que?

- para ir embora 

Ela fala 

- você quer que eu vá embora?

Ela desvia os olhos do meu é faz que sim com a cabeça 

Eu me aproxima mas dela e levando seu rosto para mim encarar 

- tem certeza?

- o que você quer jace? 

Tiro minha mão do rosto dela 

- quero saber a verdade por que você me traiu com o Brian quando a gente estávamos juntos e depois foi embora?

Ela me olha zangada 

- você é um cinico mesmo depois que você fez era o mínimo que eu deveria fazer é para a sua informação ele que me beijo e não eu tá?

- Não foi isso que eu vi quando você retribuiu o beijo eu vi mesmo por dois segundos eu vi você retribuir o beijo é só depois a fasta ele 

- jace você tem ração eu retribui por que estava zangada pelo o que eu tinha visto em sua casa eu retribui mas na mesma hora veiu você em minha mente e porra depois do que eu vi  o que voce fez ainda não tive coragem de beijar o Brian de verdade 

- Clary eu não entendo que você fala que viu viu o que? E de quem você está falando?

- Não se finja de doido de jace não tente se bancar o inocente porque foi você que estragou tudo e não eu foi você que jogou nosso relacionamento no lixo FOI VOCÊ QUE ME TRAIU COM A ALINE - ela fala com uma voz de trovão 

Ficou confuso com que ela acabou de dizer 

- mas do que você está falando eu nunca teria coragem de fazer isso eu te amava Clary 

- Amava tão bem que tranzou com a Aline na cama que a gente fazia amor e você me jurava que me amava jace

- Eu não estou entendo nada do que você está falando eu só levei Aline para a quela cama quando você foi embora para Londres 

- jace por que você ainda fica mentindo para mim? Eu vi não foi ninguém que me contou eu vocês jace 

- você viu o que Clary?

Ela respira fundo e fecha os olhos 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...