1. Spirit Fanfics >
  2. Sinais de Primeiro Amor. (Yuri) >
  3. Três

História Sinais de Primeiro Amor. (Yuri) - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Três


Eu caminhava para a escola e vi a Akira mais à frente. 

(Será que devo dizer oi. Mas parece que ela está de fones.)

Chitose: Bom dia, Akira.

Eu disse suavemente, mas ela pareceu não ter me ouvido e continuava andando em frente. 

(Acho que não foi uma boa idéia tentar atrapalhar enquanto ela ouve música.)

Eu estava quase me arrependendo de falar com ela. Logo, ela me viu antes de virar a esquina. 

Akira: Bom dia, Chitose. 

Chitose: Bom dia!

Ela tirou os fones e passou a andar comigo. 

Chitose: Você estava ouvindo música?

Akira: Sim. É uma banda que eu gosto.

(Ela não respondeu com o título da música ou com o nome da banda. Talvez seja melhor não fazer tantas perguntas. Mas é meio triste não ter nada para conversar.)

Chitose: Você gosta muito de música?

Akira: Por aí, só ouço as bandas que eu gosto. 

Chitose: Legal. Qual o tipo de banda?

Akira: Agora eu estava ouvindo rock. 

Ela me explicou de uma maneira simples. Eu dividi com ela alguns nomes de cantores que eu gosto. 

(Eu não achei que conseguiria conversar com ela assim. Isso é bem legal.)

Na escola...

Me sentia feliz, mesmo estando indo para a escola. 

(Espere, eu me esqueci completamente daquilo.)

Enquanto eu caminhava pelo corredor, senti um nó no estômago. 

(Com toda a confusão de ontem, o que será que eles vão dizer?)

Na sala...

Assim que eu entrei na sala de aula com a Akira, as garotas que fofocavam ontem nos viram, e pareciam tensas. Elas olharam umas para as outras e então vieram até a Akira. 

(O que elas vão fazer? Elas não vão começar com aquilo de novo, vão?)

Eu assistia inquieta.

Aluna A: Akira... N-nós sentimos muito! Nós percebemos o quanto fomos estúpidas depois que a Chitose gritou com a gente ontem. 

Aluna B: Nós deveríamos saber que você não faria uma coisa daquelas. Nós sentimos muito mesmo. 

Akira: Ah, bem, não se preocupem, não foi grande coisa.

Aluna A: Você vai nos perdoar?

Aluna B: Mas você deve ter se sentindo muito mal. 

Akira: Olha, está tudo bem, de verdade.

Ela pareceu um pouco sem jeito. 

Aluna A: Obrigada, Chitose, por nos fazer entender. Sem isso, poderíamos ter dito coisas bem piores. 

Chitose: Me desculpem também, por levantar a voz. 

Então, as garotas voltaram para os seus lugares. 

Chitose: Que bom que elas se desculparam. 

Akira: Sim. Estaria tudo bem se só deixa-se pra lá, mas fico feliz que não haverão mais desentendimentos.

Chitose: Sério? Ia mesmo deixar pra lá?

Akira: Claro que é melhor isso não ter se tornado um problemão, mas graças as suas palavras, eu acho que está tudo bem.

Chitose: Você quer dizer por eu ter ficado muito irritada ontem? 

Akira: Não, porque você disse que queria ser a minha amiga. Não importa o que os outros pensam. Eu acho que ter uma amiga já é o bastante. 

Ela pareceu sem jeito de novo e tentou esconder o rosto nas mãos, mas dava para ver que as suas bochechas estavam vermelhas.

(Eu acho que ela é meio tímida. Que fofa! Eu fico muito feliz que ela pense assim de mim.)

Não pude parar de sorrir. Meu coração poderia explodir de tanta alegria. Eu espero que sejamos grandes amigas. 

Akira: Por que você está sorrindo tanto?

Chitose: Por que eu estou feliz. Sinto que podemos nos tornar grandes amigas. 

Akira: Você faz amizade com todo mundo assim tão fácil? 

Chitose: Hm, não com todo mundo.

(Talvez ela me ache estranha.)

Akira: Tanto faz, eu sinto o mesmo.

Chitose: De verdade? 

Akira: Mas é um pouco estranho sermos tão formais uma com a outra. 

Chitose: Haha, verdade. Então... Miga. 

Akira: Miga?! Sem essa, é muito embaraçoso. 

Chitose: Então, só Akira?

Akira: Sim, soa muito melhor. 

Chitose: Ok. Só Akira então. 

Akira: Certo, obrigada, Chitose. 

Chitose: Hehehe.

É a primeira vez que ela diz o meu nome com esse tom amistoso. Isso soa como música nos meus ouvidos. 

Akira: Você é estranha. 

Ela revirou os olhos e sorriu para mim. Eu não pude evitar de sorrir de volta. 

Algum tempo se passou desde então...

Mal posso acreditar que já estamos nas provas bimestrais. 

(São as nossas primeiras provas deste ano, então preciso me empenhar para me sair bem. Akira parece inteligente. Talvez ela possa me ajudar a revisar.)

Chitose: Akira, quer estudar comigo?

Akira: Claro. Tem alguma matéria em especial que você tenha dificuldades? 

Chitose: Principalmente matemática. Mas eu não quero te incomodar. Vou ficar quieta e não te perturbar.

Akira: Não esquenta com isso. Se eu puder te ajudar com alguma coisa, eu vou.

Chitose: Então podemos começar hoje depois da aula? 

Akira: Ok, nós iremos para a biblioteca.

Chitose: Parece bom.

Depois da aula... Na biblioteca...

Akira: Então, se você usar esta fórmula...

Chitose: Aaaah, entendi!

Eu estava revisando com a Akira na biblioteca. 

Keiichi: Vocês duas estão revisando para as provas? Impressionante.

Chitose: Olá, Prof. Minami. 

Akira: ...

O professor olhou o questionário que estávamos usando. 

Keiichi: Você tem alguns problemas com matemática, não? 

Chitose: Isso mesmo. Por isso eu pedi a ajuda da Akira. 

Keiichi: Estou vendo. É verdade que a Akira é boa em qualquer matéria. 

Akira: Não é bem assim.

(Humm, ela parece meio fria com o Prof. Minami. Ou talvez ela só esteja envergonhada? Bom, ela meio que é sempre assim.)

Akira: Chitose, se você tem alguma dúvida em literatura, por que não pergunta para ele agora? 

Chitose: Ah, boa idéia. Então, professor, sobre essa parte...

Eu abri o meu livro na parte a onde queria mais explicações. 

Keiichi: Ah... Isso é porque...

Chitose: Então é isso o que significa. Muito obrigada! 

Keiichi: Se você tiver mais dúvidas, é só vir até a sala dos professores. Mas claro, eu tenho certeza que a Akira pode responder elas também. 

Chitose: Haha, pode ser. 

Keiichi: Bons estudos, meninas. 

Chitose: Obrigada!

A Akira não disse nada e olhava para o questionário em silêncio. 

(Então ela é meio fria com os professores também.)

Não pensei mais sobre isso e voltei a revisar. 

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...