História Sinal - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kiba Inuzuka, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Pain, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Amores Passados, Gaaino, Itachi, Naruhina, Nejiten, Sasusaku, Segredos, Shikatema
Visualizações 28
Palavras 2.678
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi pessoas, desculpem minha demora a atualizar, mas meu semestre na faculdade foi bem complicado pra atualizar as minhas fanfics. Falo mais nas notas finais ok?

PS: a capa é do Mangekyou Sharingan do Itachi, e no capítulo eu falo sobre todos os Uchihas terem um sinal de nascença. O do Itachi é esse, o do Sasuke é igual ao Mangekyou dele no anime e assim sucessivamente. O da Mikoto é igual ao do Itachi e o do Fugaku igual ao de Sasuke. Então todo Uchiha nasce com esse sinal, logo Haru possui o seu.

Capítulo 4 - Uchihas


Fanfic / Fanfiction Sinal - Capítulo 4 - Uchihas

Capítulo IV

Uchihas

Hinata ainda aguardava na mansão Hyuuga a chegada de Hiashi, e logo Neji se levantou informando que ele já havia chegado e iria levá-lo até a sala onde os dois estavam. A perolada sentiu-se nervosa, não sabia o que falar e passou as mãos suadas pelo jeans que usava. Ouviu passos e esperou que Neji falasse, os olhos perolados encaravam o homem que a olhava surpreso.

- Hiashi-sama, essa é Hinata Foster.

- Prazer Srtª. Foster. A que devo a honra de sua visita?

Hiashi perguntou após sentar-se em uma das poltronas da sala e Neji sentou-se na poltrona ao seu lado.

- Eu vim apenas confirmar uma coisa. O senhor namorou minha mãe, Hiury Foster?

- Você é filha de Hiury?

- Sim. Eu encontrei o seu endereço nas coisas de minha mãe. Minha avó disse que esse endereço era do meu pai.

- Você é minha filha. – afirmou o Hyuuga mais velho. – Minha filha que nunca conheci até agora.

- O que aconteceu para que não me conhecesse?

- Nossas famílias não aceitavam nosso relacionamento por termos tradições diferentes. – Hiashi suspirou. – Eu iria me casar com sua mãe, iria contra minha família, contra as tradições. Minha família queria me casar com uma mulher apenas por conveniência e eu não contei a Hiury, quando ela descobriu disse que ela não poderia ser a causa de uma possível diminuição das ações de nossa empresa. Ela foi embora me deixando apenas uma carta com o resultado do exame de gravidez e ela me prometeu que cuidaria muito bem de você.

- Eu sinto muito.

- Não se desculpe, eu deveria ter ido atrás dela, impedindo-a, mas fui covarde.

- Não diga isso, ela cumpriu a promessa que lhe fez.

- Posso abraça-la?

- Sim.

Hiashi abraçou a garota e sentiu seus olhos encherem-se de lágrimas, sua filha com a mulher que amava estava ali em seus braços, era tão parecida com ela, mas possuía os cabelos e os olhos dos Hyuugas. Após se separarem os dois voltaram a sentar.

- Você ficará por quanto tempo no Japão?

- Um mês.

- Eu quero que passe esse tempo aqui, quero que conheça Hanabi sua irmã.

- Oh é uma proposta maravilhosa, mas eu não sei se devo.

- Claro que deve. Mas entenderei sua decisão.

- Eu prometo pensar, afinal eu vim com uma amiga para cá e não quero deixa-la.

- Ela também será muito bem-vinda.

- Obrigada Hiashi-sama.

E os três continuaram conversando e Hinata percebeu que a ideia de seu pai era maravilhosa, mas precisaria conversar com Wyva.

 

Finalmente havia chegado o dia do aniversário de Shimon e Wyva arrumava Haru com a ajuda de Hinata. As duas já haviam conversado sobre o convite de Hiashi Hyuuga e a Ishikawa a incentivou a ir já que Kushina também a convidara para ficar na casa dela no restante do mês. Enquanto a perolada vestia uma camiseta no pequeno, Wyva fora tomar um bom banho e se arrumar já que Naruto iria busca-los e o loiro era muito impaciente. Sakura teve que substituir um médico no hospital e por isso não iria para o aniversário que muitos diziam ser apenas uma simples e pequena festinha para os mais próximos, o que Wyva duvidava muito. Para os Uchihas pequeno e simples não se misturava na mesma frase, mesmo sabendo que Shisui gostasse de coisas bem pequenas, seu pai e os Uchihas mais velhos gostavam de algo grandioso, era muito difícil não ver o nome da família patrocinando enormes eventos ou famosos.

- Não acredito que vocês ainda não estão prontos.

Wyva ouviu Naruto falar e sorriu, pediria desculpas ao loiro assim que se vestisse, colocou um vestido justo apenas no busto e soltou os cabelos, dificilmente gostava de usá-los presos. Ao sair do banheiro Haru estava sentado na cama conversando com seu padrinho sobre o livro que Shikamaru havia lhe dado outro dia.

- Desculpe Naruto, acabei perdendo a hora. Só vou me maquiar rapidinho.

- Quer ir tão arrumada assim pra impressionar alguém?

O loiro possuía um sorriso divertido nos lábios o que fez Hinata sorrir também e Wyva os encarou.

- Não quero impressionar ninguém seu loiro bastardo. – virou-se para o espelho da penteadeira. – Você mais que ninguém conhece os Uchihas.

- Sim, imagino que esse aniversário esteja no nível da realeza.

- Ainda tem dúvidas sobre isso?

- Não.

Os dois sorriram e a Ishikawa terminou sua maquiagem e calçou seu pequeno salto, Haru pegou o presente e os três tiraram uma foto e depois Wyva como uma mãe coruja tirou várias fotos do garoto que fazia várias poses. Naruto o olhava impressionado e depois se virou para Hinata que encarava a melhor amiga e o afilhado com os olhos brilhando.

- Eu pensei que você fosse.

- Ah não, eu tenho alguns assuntos do trabalho para resolver por email.

- Oh entendo. Pensei que estivesse de férias.

- E estou, mas se eu não resolver Wyva terá que fazê-lo e acho que ela merece essas férias mais do que eu.

- Você é realmente uma ótima amiga Hinata.

- Sim, eu sou.

- Vamos? – Wyva chamou Naruto por fim.

- Claro, vamos ou chegaremos atrasados.

- Tchau madrinha.

- Tchau meu pequeno, se divirta.

- Pode deixar.

Haru bateu continência fazendo os três adultos sorrirem com seu ato, Wyva segurava a mão de seu filho e Naruto abriu a porta do quarto do hotel para que saíssem, andaram até o elevador e desceram com Haru e Naruto imaginando as comidas e os brinquedos que teria no aniversário.

O enorme portão foi aberto após os seguranças reconhecerem o carro do Uzumaki e foram guiados até o estacionamento que já possuía bastantes carros, Naruto ajudou Wyva a sair do carro e pegou Haru no colo, os três andaram até o jardim onde acontecia a festa e Shisui logo apareceu com o pequeno garoto de cabelos roxos.

- Olá, fico feliz que tenha vindo Wyva e por ter trago Haru. Shimon perguntou todos os dias por ele.

- Eu que agradeço o convite Shisui. – o abraçou. – E você pequenino, feliz aniversário.

A morena beijou a testa do garoto e entregou-lhe o presente, Haru fez um biquinho de ciúmes.

- Obiado tia.

- Seu filho é lindo.

- Obrigado Wyva, o seu também é.

Haru logo sorriu presunçoso o que fez Naruto sorrir, o loiro logo o colocou no chão e o pequeno abraçou Shimon.

- Parabéns Shimon.

- Obiado Hau.

- Parabéns garotão, quando tiver mais velho vou te ensinar a pegar muitas gatinhas.

- Naruto.

Wyva o repreendeu e Shisui sorriu.

- Uma das coisas boas da vida. – a morena revirou os olhos. – Os outros já estão aí?

- Sim, estão em uma mesa próxima ao bar. – Shisui respondeu. – Bom tenho que ir cumprimentar mais algumas pessoas que estão chegando.

- Claro, fique a vontade.

- Digo o mesmo.

Shisui saiu com Shimon e Wyva, Naruto e Haru andaram até a mesa onde estavam todos os seus amigos, só faltava Sakura. A morena andava ao lado do Uzumaki tendo a certeza de que muitas pessoas a olhavam curiosos ou surpresos. Os dois sentaram-se a mesa com os outros e Haru cumprimentou todos os tios e as tias.

- Eu cheguei a pensar que não viria Wyva. – Ino lhe falou sorrindo.

- Por que não?

- Ah você sabe. – a loira piscou.

- Eu não vi problema nenhum em vir.

Sasuke logo apareceu abraçando a morena e Haru, os garçons serviam salgados e todos comiam o pequeno garoto já queria brincar, mas sua mãe pediu para que esperasse um pouco mais. Naruto, Sasuke e Gaara disseram que ele podia brincar e Wyva os repreendeu.

- Mamãe deixa po favor.

- Come só um pouquinho meu amor, aí você vai.

- bom.

A Ishikawa convenceu Haru a comer um pouco e depois o deixou ir brincar, mas como uma mãe preocupada ia atrás para ver se estava tudo bem, mas Sasuke, Gaara e Naruto foram até lá.

- Acho que eles estão babando Haru demais.

- Você acha? – Tenten perguntou. – Eles estão.

- Não só eles. – Ino sorriu. – Mas é tão bom ter uma criança na qual podemos fazer isso.

- Eu sinto muito por ter privado vocês disso desde o começo. – Wyva se desculpou.

- Nós entendemos, agora estamos aproveitando o tempo perdido. – Neji lhe sorriu. – Já sabe o dia que vai para a casa do Naruto?

- Essa semana ainda. Tia Kushina se pudesse teria me levado no mesmo dia.

- Ela é assustadora quando fica irritada. – Deidara falou.

- É a tia Kushina afinal. – Kiba brindou e todos sorriram.

Horas mais tarde após cantarem os parabéns e partirem o bolo, Wyva olhava Haru se divertindo com as outras crianças que estavam na festa, ele era ótimo em fazer amigos. Antes que voltasse para a mesa, a morena deparou-se com Uchiha Madara, pai de Shisui.

- Wyva, quanto tempo.

- Madara-sama. – cumprimentou. – Sim, quanto tempo.

- Mikoto falou que você estava na cidade.

Wyva olhou e viu Haru brincando com Shimon.

- É, Haru.

- O tempo passa muito rápido. – sorriu. – Ele é bem inteligente e esperto.

- Demais.

Madara olhava o garoto brincar e teve a impressão de que ele se parecia muito com alguém, mas não conseguia lembrar-se de quem era no momento.

- Bom vim apenas olhar Shimon, aquela preocupação de avô.

- Eu entendo. – Wyva sorriu.

- Ainda fazemos os almoços em família no domingo, apareça um dia.

- Acho que não é tão conveniente.

- Claro que é. Continua sendo da família Wyva. – o Uchiha sorriu. – Vou indo.

- Vou pensar, e obrigada pelo convite.

- Pense bem, até mais ver.

Wyva suspirou e depois de dar mais uma olhada em Haru, voltou para a mesa onde seus amigos bebiam e se divertiam. Sentou-se ao lado de Sasuke já que era uma das cadeiras vagas, a morena percebeu que as meninas sentavam-se em um lado e Kiba e Deidara as separavam dos meninos.

- Vi tio Madara conversando com você. – Sasuke falou baixo.

- Ah viu?

- Sim, o que ele falou?

- Nada demais, só falou que Haru é muito inteligente e esperto. E disse que vocês ainda fazem os almoços em família no domingo e me convidou.

- E você vem? – o Uchiha possuía um sorriso no rosto.

- Não sei se é uma boa ideia.

- Claro que é.

- Você é minha amiga Wyva, sempre frequentou a nossa casa e toda a família Uchiha gosta muito de você.

- Nem todo mundo, você sabe disso. – o moreno revirou os olhos. – Mas mesmo assim, não tenho tanta certeza disso.

- Eu ainda acho que deve vir. Não importa se namora ou não com Itachi, mas você é minha irmãzinha e da família queira você ou não.

- Prometo pensar nisso, ok?

Sasuke sorriu vitorioso, ele sabia que ela iria aparecer ali no domingo e o mesmo queria que ela fosse. O Uchiha mais novo queria saber por que o seu irmão e ela terminaram, mas se dependesse dele, faria de tudo para juntá-los novamente.

Já se passava da meia noite quando Haru e Shimon haviam parado de brincar e entraram na enorme casa dos Uchihas. Os dois estavam cansados e morrendo de sono, Shisui logo apareceu e viu os dois garotos no sofá.

- Vocês querem dormir pequenos?

- Tim papai. – Shimon falou bocejando, o mais velho sorriu.

- Vou levá-los para o quarto de Itachi.

Shisui pegou as duas crianças no colo e subiu as escadas até o quarto do primo e os deitou na cama de casal, logo Itachi apareceu.

- Shisui?

- Ah Itachi, os pequenos já estavam cansados vou deixa-los aqui até irmos embora.

- Claro, vou tomar um banho me sinto todo suado de correr atrás deles. – Itachi falou entrando no banheiro.

O mais velho sorriu e ajeitou os dois garotos na cama tirando seus sapatos, enquanto ligava o ar-condicionado e o cobertor, percebeu que a camisa de Haru estava um pouco levantada e quando foi puxá-la seus olhos viram de relance algo em suas costas. O Uchiha levantou um pouco mais e viu o sinal, era idêntico ao de Itachi, lembrava-se de que todos os Uchihas nasciam com o seu e que de cada um era diferente, o de Sasuke era igual ao de seu pai, já o de Itachi era igual ao da Mikoto. Haru é um Uchiha, filho de Itachi.

- Como não pensei nisso antes?

- Em quê? – Itachi perguntou saindo do banheiro.

- Nada, só pensei alto demais.

Ajeitou a camiseta do pequeno garoto e o cobriu com o cobertor. E viu a mesma marca que acabara de ver nas costas de Itachi enquanto ele vestia a camisa.

- Vamos então?

- Vamos.

Os dois deixaram a porta entreaberta e voltaram para o jardim onde acontecia a festa, ainda havia muitas pessoas bebendo. Shisui mudou o caminho indo até Wyva para avisá-la que Haru estava dormindo e Itachi estranhou.

- Aonde vai?

- Avisar Wyva onde Haru está, antes que ela fique preocupada.

- Claro.

O Uchiha andou até a mesa.

- Wyva. – a morena o olhou. – Haru está dormindo lá dentro ok?

- Ah, eu já ia no parquinho procura-lo. Obrigada.

- De nada.

- Bebe uma dose aqui com a gente. – Naruto falou dando um copo para Shisui.

- Só uma viu?

- Não seja estraga prazeres Uchiha, hn. – Deidara falou. – Bebe aí.

As horas passaram e as pessoas começaram a ir embora, Temari levou Gaara à força já que o ruivo estava bêbado, Naruto e Sasuke estavam do mesmo jeito, e Wyva se arrependeu de não ter aceitado a carona de Ino que levou Tenten. Kiba fora com Shino, Lee e Neji, Shikamaru e Choji foram no carro do Nara. A morena estava na mansão apenas com os Uchihas.

- Acho que é melhor vocês dois dormirem aqui. – Shisui falou com ela. – Naruto pode dormir no quarto de Sasuke e você dorme com os pequenos no quarto de Itachi.

- Ah não quero atrapalhar. Eu posso pegar um táxi sem problemas. – a Ishikawa falou sorrindo.

- Não vejo problemas, eu durmo em um dos quartos de hóspedes. – Itachi rebateu. – Além do mais é perigoso ir sozinha em um carro apenas com Haru.

- Eu...

- Apenas aceite. – O Uchiha foi firme.

- Tudo bem. – suspirou.

Shisui se levantou levando Naruto para dentro da casa e Itachi ajudava Sasuke, após deitarem os dois bêbados, Shisui desceu para o quarto de hóspedes onde Konan já dormia. Wyva estava sentada na cama vendo os dois garotos dormirem.

- Tem cobertores no guarda roupa e toalhas também. Se quiser tomar um banho pode vestir uma das minhas camisas, fique a vontade.

- Obrigada Itachi.

- Qualquer coisa é só chamar.

O Uchiha saiu do quarto fechando a porta e a Ishikawa suspirou, decidiu tomar um banho, pegou uma toalha limpa e foi até o banheiro. As coisas do moreno eram sempre organizadas, o shampoo da sua marca favorita continuavam ali. Após o banho, vestiu uma camiseta e uma calça limpa, deitou ao lado de Haru os dois garotos ocupavam pouco espaço na cama e nem se mexiam, o travesseiro tinha o cheiro de morangos do shampoo de Itachi e aquilo encheu suas narinas a fazendo lembrar dos momentos que passara com o Uchiha.

No quarto de hóspedes, Itachi se preparava para dormir e não pôde deixar de sorrir com o que ocorrera, era como antigamente. Naruto e Sasuke sempre bebiam demais e Wyva sempre os ajudava a trazê-los para casa, e Itachi sempre cedia seu quarto para que ela dormisse, lembrou da primeira vez que a viu na manhã seguinte usando uma de suas camisas e percebeu o quanto estava atraído pela garota, desde então começou a prestar mais atenção na jovem e decidindo chama-la para sair.

- Às vezes nos arrependemos de algumas decisões.

Itachi deitou-se e não demorou muito a pegar no sono, o sorriso de Wyva o acalentava para uma ótima noite de sono.

 

 


Notas Finais


Desculpem pelo capítulo pequeno, mas eu queria postar logo já que estava atrasada um mês.
Então o que acharam? Shisui descobriu que Haru é um Uchiha será se ele vai contar ao Itachi ou não?
No próximo tentarei trazer um flashback de Wyva e Itachi. Ainda não decidi o capítulo em que ela vai contar aos seus amigos a verdade, mas vou pensar bem em qual trazê-lo. No próximo ninguém mais vai descobrir sobre a paternidade do pequeno.
Espero não demorar tanto de novo xuxus.
2bjs, Camila :**


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...