1. Spirit Fanfics >
  2. Since I met you. >
  3. Capítulo vinte e cinco.

História Since I met you. - Capítulo 26


Escrita por:


Notas do Autor


Oi oi gente, cá estou eu para uma atualização em cima da hora com o objetivo de pedir para vcs votarem na Conka pelo amor de Deus gente essa mulher tem que sair com 100% de rejeição. Peço desculpas se houver alguns erros mas eu corrigi pelo o celular, coisa que eu detesto, e alguma coisa pode ter passado despercebido, mas prometo que depois eu dou uma revisada.

Boa leitura, anjos.

Capítulo 26 - Capítulo vinte e cinco.


Narrador.

Emma encarava a televisão com extrema atenção, mal piscava, Regina sorriu com o semblante atento a sua frente. A morena observava a amiga a alguns minutos e não conseguia segurar o sorriso quando Emma demonstrava alguma expressão ou soltava alguma fala da série deixando claro que provavelmente já deveria ter assistido o programa mais de três vezes.

Regina traçava mentalmente cada traço de Emma, os olhos verdes e expressivos, o nariz arrebitado e os lábios finos e rosados, os fios sedosos caiam como cascata nos ombros de forma bagunçada. Regina desejou ter um papel e um lápis para poder desenhar a mulher a sua frente.

- Pare de me olhar, está perdendo as melhores partes, preste atenção.

- Eu estou prestando atenção.

- Não está não. - Emma deu risada e colocou a série em pause. - Não está gostando?

- Oh não, na verdade eu estou gostando bastante. É engraçado a forma que Lorelai foge da mãe e agora terá que ir a esses jantares.

*VOTE EM KAROL CONKA*

- É... - Emma assumiu um ar triste. - Daria tudo por um desses jantares com meus pais.

Regina virou completamente para a loira se arrumou no sofá sentando em posição de índio.

- Emma, o que houve com Mary e David, você não fala deles, mas é óbvio que algo sério aconteceu por que Zola está sobre sua total responsabilidade.

Emma abaixou a cabeça respirando fundo tentando controlar o choro, ela odiava falar sobre aquele assunto, era uma ferida aberta que ainda sangrava.

- Me conte.

A loira pareceu pensar por alguns segundos, Regina já estava desistindo de tocar no assunto quando Emma sentou de frente para ela imitando sua posição.

- Eles morreram em um acidente de carro na avenida aqui na frente. Eu... Eu vi tudo, vi o carro explodir e não pude fazer nada... Nada.

Regina parecia em estado de choque, a morena estava com os olhos arregalados e boquiaberta. Emma se entregou a um choro descontrolado, a loira sentia seu peito dilacerar e gritava de dor, não dor física e sim uma emocional.

*VOTE EM KAROL CONKA*

Regina saiu do transe e se aproximou de Emma.

- Eu sinto muito, Emma. Sinto tanto, eles eram pessoas incríveis... Mary e David eram incríveis.

O choro aumentou e Regina temeu que acordasse Zola em seu quarto, mas ao mesmo tempo a morena se sentia sem saber como agir. Observar a loira chorar de maneira tão sofrida estava doendo nela então fez o que fazia quando Maria chorava por algum machucado.

A morena puxou Emma para seu colo da forma que conseguia, a loira se aninhou como um bebê, agarrou Regina com força e sentiu as mãos começarem um carinho suave em seus cabelos.

- Olha, eu vou lhe mostrar, Como é belo este mundo. - Regina começou a cantar, Maria adorava aquela música desde que a tia cantava para o ventre de Zelena, era a única forma de acalmar a pequena ruiva. - Já que nunca deixaram, O seu coração mandar, Eu lhe ensino a ver,

Todo encanto e beleza.

Emma voltou sua atenção na música que saia do lábios da amiga. Incrivelmente estava se acalmando aos poucos.

- Que há na natureza, Num tapete a voar, Um mundo ideal, É um privilégio ver daqui, Ninguém pra nos dizer o que fazer, Até parece um sonho.

- V-você está ca-cantan-do a música do ala-Aladdin?

A voz anasalada e cortada por soluços fez Regina apertar Emma ainda mais em seus braços.

*VOTE EM KAROL CONKA*

- Sim, estou... Um mundo ideal, Um mundo que eu nunca vi, E agora eu posso ver e lhe dizer, Estou num mundo novo com você.

Emma gargalhou.

- Estou num mundo novo com você.

Emma cantou junto. Regina se aliviou ao ver o sorriso da loira, se abraçaram cantando a música juntas, quando acabaram a morena deixou um beijo na resta de Emma e limpou as lágrimas.

- Você teve que lidar com isso sozinha por muito tempo, Emms, mas não precisa mais, por que eu estou aqui agora.

Ficaram abraçadas por mais minutos. Se soltaram quando Emma foi até a cozinha tomar um copo de água, quando voltou continuaram o episódio da onde haviam parado, por mais que Regina tivesse ciente que já se passava das uma da manhã e teria que acordar cedo para o trabalho, sabia que não podia deixar Emma sozinha.

(...)

*VOTE EM KAROL CONKA*

Zola acordou com o som do seu despertador da hello kit, coçou os olhos se espreguiçando, caminhou até o quarto da irmã, franziu o cenho ao encontrar a cama vazia, deu meia volta e foi até a cozinha procurar Emma, suspirou preocupada com a irmã que também não estava no local, correu até a sala e se sentiu aliviada ao encontrar a loira deitada no sofá abraçada a uma morena.

As mulheres estavam dormindo, a morena estava sobre o corpo de Emma que tinha o braço passado de forma protetora. Zola sorriu para a cena e procurou pelo o local o celular da irmã, pegou o aparelho e tirou uma foto do momento fofo, finalmente Emma havia encontrado uma namorada.

- BOM DIA, EMMA E NAMORADA DA EMMA.

Esgoelou abrindo as cortinas, ouviu um baque surdo e quando se virou as mulheres estavam no chão dessa vez com Emma por cima.

- Ai, Emmaaaa ai.

- Ewww arrumem um quarto.

Emma se levantou de uma vez e tentou se apoiar no sofá, Regina se sentou no chão tentando processar o que estava acontecendo.

- Oi eu sou a Zola, irmã da Emma é um prazer te conhecer. - A garotinha entrou em seu campo de visão com a mão estendida. - Não acredito que finalmente Emma encontrou uma namorada, já estava na hora, eu gosto de Amanita, mas ela é uma péssima namorada e...

A menina começou a falar sem parar enquanto a morena tentava se focar, Emma havia despencado no sofá e havia voltado a dormir.

- Que? Não pera, pera, pera. - Balançou as mãos para calar a menina. - Não sou namorada da Emma, não se lembra de mim? Bom provavelmente não a última vez que eu te vi era absurdamente pequena. Sou Regina, uma amiga de infância da Emma.

- Você não é dessas pessoas velhas chatas que dizem que me pegou no colo né.

- Não, apesar que te peguei no colo quero deixar registrado.

Regina se levantou passando a mão no rosto.

- Vou ao banheiro.

- Sabe onde fica?

- Passei minha infância toda aqui e aparentemente nada mudou, então sei sim... Não deveria estar se arrumando para a escola?

- Bom... Normalmente primeiro eu passo uns dez minutos para acordar Emma, depois tomo um banho e espero o café ficar pronto.

- Certo, vá tomar banho que eu arrumo o café e cuido de Emma, antes só me deixa passar uma água no rosto.

Zola acompanhou Regina até o banheiro que se assustou quando viu o próprio reflexo. Sua cara estava inchada e seus cabelos pareciam um ninho de passarinho. Lavou o rosto, jogou água na boca e passou uma mão úmida nos cabelos.

- Toma banho que vou cuidar do resto, ok?

- Ok.

Voltou para a sala e acertou um tapa na cabeça de Emma que levantou em um salto.

- Acorde, Swan, vá comprar pão.

- Mmm quê? O que? Onde tá Zola?

- Está no banho, anda logo Swan e compre uma escova de dentes também.

- Tá já tô indo, meu Deus.

Regina foi até a cozinha e começou a mexer na geladeira essa que estava praticamente vazia, pegou ovos e restos de queijo mussarela e presunto. Emma Foi até a cozinha buscar o dinheiro que separava para o pão e sorriu com Regina ali, poderia facilmente se acostumar com a imagem da mulher em sua casa como se morasse ali, como se fosse mais que uma amiga.

Afastou seus pensamentos e saiu de casa antes que a morena jogasse a frigideira em sua cabeça.


Notas Finais


Peço desculpas pelo os erros e até mais. VOTE EM KAROL CONKA. Beijinhos.

 

Twitter: @SwanOncer.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...