1. Spirit Fanfics >
  2. Sincronia do Amor >
  3. CAPÍTULO 9 - Brigas

História Sincronia do Amor - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Faz tempo que não apareço aqui, mas estou de volta, com muita coisa em mente. Desculpa qualquer erro.

Boa Leitura!!!

Capítulo 9 - CAPÍTULO 9 - Brigas


                                                      (P.O.V – Juliet)

Depois que o jogo das meninas terminaram, todos fomos para o vestiário e as garotas estavam agitadas e felizes com a vitória da nossa escola, confesso que estava feliz e ate quis parabenizar Olivia, mas eu ainda estava com receio de falar com ela devido a nossa ultima aproximação, no fundo eu tinha gostado muito daquele beijo, mas uma parte de mim não queria aceitar. Fiquei na minha e tomei meu banho, arrumei minhas coisas e sai do vestiário, dei de encontro com meu avô que me fez um sinal pra segui lo, segui o mesmo até a sala dele, assim que entramos me mandou sentar, sem saber o que ele queria fiz o que me ordenou 

 

Diretor – Pedi que me acompanha se pq quero reforçar com vc que a segurança e regras devem ser seguidas, temos alguns visitantes que quero que vc passe pra eles as nossas normas, Juliet vc está me ouvindo ?  

 

Meu avô começou a falar mas eu confesso que não estava ouvindo, meus pensamentos estavam longe demais, eu estava começando a cogitar a possibilidade de estar gostando da Oli, mas isso me parecia tão errado, porém eu deveria correr o risco ? O que iriam pensar se mim ?. Estava totalmente imersa aos meu devaneios, mas fui bruscamente forçada a volta a realidade quando senti um aperto no meu braço e meu avô gritando

 

Diretor - JULIET EU NÃO SEI MAIS O QUE FAZER COM VC, ESTÁ TOTALMENTE DESATENTA, SUAS NOTAS PELO QUE OBSERVEI NÃO ESTÃO MAIS TÃO BOAS, VC NÃO TEM COMPROMETIMENTO, ESTÁ SE TORNANDO IGUALZINHO SEU PAI, VC ACHA QUE VAI SER ALGUÉM NA VIDA ASSIM ? VAI VIVER A VIDA AS MINHAS CUSTAS ? 

 

Ouvir aquilo me veio como um tapa na cara, de certa maneira aquilo tinha uma certa verdade, eu estava mesmo muito distraída nos últimos dias, sabia que brigar não iria adiantar, então apenas abaixei a cabeça e suspirei, eu não queria chorar na frente dele

 

Juliet - Desculpa vovô, vc tem razão, eu v-vou tenta melhorar fica mais atenta

Diretor - Tentar ? Eu quero mudanças pra já, vc não é mais criança, seu pai te mimou demais, estragou vc e o que vc faz aqui reflete na minha imagem, então eu sugiro que resolva isso de imediato. Agora pode ir, essa conversa está terminada!  

 

Eu queria sair dali o mais rápido possível, então quando ele me disse pra ir me levantei e já estava indo em direção a porta, mas fui pega de surpresa com meu avô segurando novamente em meu braço, mas dessa vez com mais brutalidade, isso provavelmente iria deixar marca no dia seguinte 

 

Diretor - Eu te eduquei pra ser uma pessoa digna merecedora do nome que carrega, não uma vadiazinha qualquer, se vc não entrar na linha terei que lhe dar uma surra, coisa que não fiz com o seu pai mas deveria pq talvez assim as coisas seriam diferentes. Estamos conversando, agora vá não quero vc perambulando pelos corredores 

 

Ele me olhava com uma mistura de desgosto e raiva, me soltou e deixou que eu fosse embora dali

Andei o mais rápido que podia e tentando parecer o mais normal possível caso alguém me visse, não queria que ninguém me visse daquele jeito, eu precisava entrar no meu quarto. Quando cheguei na porta e estava prestes a abri e entra, ouvi alguns barulhos no corredor, fui ver o que era, pois se fosse algo grave e meu avô soubesse que eu estava perto e não resolvi, me causaria mais problemas. Espiei pra saber o que estava rolando, e o que vi fez com que eu sentisse o chão se abrir diante dos meus pés, aquela noite parecia um pesadelo sem fim, la estava supostamente Olivia e uma garota de cabelos ruivos no maior amasso entrando no quarto. 

Eu estava explodindo de tanta coisa que sentia naquele instante, aquela cena me gelou por inteira, foi como uma banho de água fria, corri para o meu quarto assim que senti a primeira lágrima escorrer pelo meu rosto, tranquei a porta e me joguei na cama, desabei no choro, tinha sido muita coisa pra um dia só, as lágrimas escorriam sem parar, eu já não tinha mais controle sobre mim. Acabei chorando até pegar no sono

                                           *No dia seguinte* 

 

A noite anterior tinha sido um caos e pra piorar mais ainda meu dia de hj, acordei atrasada, sinceramente eu não queria levantar da cama, mas eu tinha que fazer meu papel. Me levantei da cama e fui direto para o banheiro, eu estava com uma cara horrível, mas pudera passei a noite chorando. Fiz minha higiene matinal o mais rápido possível, vesti a primeira roupa que avistei no meu guarda roupas, como eu ia direto pro vestiário não tinha necessidade de me arruma e eu estava atrasada então ninguém iria me ver

                                                            

                                                                        (P.O.V – Olivia) 

 

Minha noite tinha sido ótima e pra minha sorte eu não teria jogo hj, então eu estava de bobeira. Depois que acompanhei a ruiva até o vestiário, aliás ela se chamava Ashley, ela acabou me contando ontem antes de pegarmos no sono, depois de ter feito mistério quando perguntei, mas isso não vem ao caso agora. 

Eu estava abrindo a porta do vestiário quanto dei de encontro com alguém, caímos sentadas, logo me dei conta que era Juliet, fui ajuda lá a levanta mas a mesma negou e levantou sozinha, ante que eu pudesse falar qualquer coisa fui interrompida

 

Juliet - Vc não respeita meu espaço não? Tá em todo lugar, inferno!!!

 

As palavras vindo dela eram ásperas e com um certo ódio. Mas que diabos ela estava falando, eu não tenho mais contato com ela a dias, ela se afastou, me ignorou e agora vem com esse papo pra cima de mim, essa garota só pode ser perturbada, porém não iria deixa barato ela me tratar dessa maneira, não era mais uma das escravas dela que faz o que ela quer

 

Olivia - É o que louca, sou obrigada a sumir pra princesinha desfilar ?

Juliet - Escuta aq....

 

Antes que ela fosse me falar qualquer coisa a interrompi, eu não tinha saco pra aguentar as ladainhas dela

 

Olivia- Não! Escuta vc, se quer agir como se eu não existisse por mim tudo bem, não faz diferença alguma, mas não queira bancar a Barbie superior comigo pq não vai rola, não vou me curvar diante de vc como a maioria faz.

 

Ela não disse mais nada, apenas me empurrou e entrou pra dentro do vestiário. Idiota! praguejei em meus pensamentos, não fui atrás, não valia a pena, meu dia estava indo bem e não iria estragar com uma garotinha mimada.

 

                                             *No ginásio*

 

Estava sentada na arquibancada, o primeiro jogo era o das meninas, um outro time mais novo iria joga contra o time da Ashley, claro que eu estava torcendo pra ela, embora eu soubesse que se o time dela ganhasse iria pegar o meu.

O jogo começou e estava tudo indo bem, mas logo me veio um pensamento sobre a discussão que eu tive com Juliet, ela estava com uma cara estranha, os olhos pareciam inchados como se tivesse chorado ou algo do tipo, olhei para as líderes e estranhei ainda mais, ela não estava ali, não era do feitio dela faltar nas coisas, ainda mais um evento desses. Me levantei e decidi ir procura lá. 

Rodei a escola toda e nenhum sinal dela, isso me incomodou ainda mais, estava com uma sensação estranha, só tinha dois lugares que eu não havia procurado, o lago e a sala do diretor, decidi ir paro o lago primeiro.

 

                                         *No Lago*

 

Fui correndo até lá, aquela procura toda tinha me dado uma cansei, me inclinei um pouco pra frente e tomei folego, quando olhei para a árvore vi uma silhueta feminina, estava meio longe ainda então não tinha certeza se era ela ou não, caminhei até mais perto sem fazer barulho, e lá estava Juliet. 

Fui correndo até lá, aquela procura toda tinha me dado uma cansei, me inclinei um pouco pra frente e tomei folego, quando olhei para a árvore vi uma silhueta feminina, estava meio longe ainda então não tinha certeza se era ela ou não, caminhei até mais perto sem fazer barulho, e lá estava Juliet. 

 


Notas Finais


As coisas ficaram tensas né rsrs
Até o proximo cap, bjsssssss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...