1. Spirit Fanfics >
  2. Sinfonia do Amor. >
  3. Capítulo Único.

História Sinfonia do Amor. - Capítulo 1


Escrita por: e Shikamaru_Pjct


Notas do Autor


Boa noite meus amores.
Tudo bem com vocês?
Trago essa One bem fofinha para o terceiro tema do ciclo Belas Artes do @Shikamaru_pjct.
Queria agradecer a @lhatakenara pela linda capa e banner. Amiga, muito obrigada. Ficou do jeito que eu queria. Você é foda demais!

Quero agradecer também a @FernandaKol pela betagem maravilhosa e a @Artemiz_ pela revisão. A cada fic eu aprendo alguma coisa nova com vocês. Obrigada, de coração.

Para quem curte um Yaoi, vale apena dar uma conferida.
Beijos e boa leitura.

Capítulo 1 - Capítulo Único.


Fanfic / Fanfiction Sinfonia do Amor. - Capítulo 1 - Capítulo Único.

Capítulo Único.

 

Os pingos de chuva se chocavam contra a janela em uma melodia interminável. Deitado, em meio aos meus lençóis de seda, observava o amor da minha vida concentrado em seus afazeres. Seus dedos longos e finos trabalhavam arduamente com a argila. Olhando-o de minha posição privilegiada, parecia algo simples e fácil. Contudo, eu sabia que para manusear a argila, suas mãos não podiam ser muito delicadas e nem brutas. Ele deveria encontrar o equilíbrio e isso era especialidade de Gaara e não minha. 

Seus longos cabelos vermelhos estavam presos em um rabo de cavalo baixo, a ponta chegava até o meio de suas costas. Todas as vezes que sua cabeça se inclinava para um lado a fim de avaliar se a sua escultura estava dentro dos padrões que ele queria, o cabelo dançava magicamente. Era uma visão reconfortante e acolhedora. Tudo em Gaara era assim. Apesar do dia chuvoso, eu o considerava o meu próprio sol. Intenso, quente e cheio de luz. A minha luz particular.

Seus olhos verdes eram super expressivos, e o nosso relacionamento não era de muitas palavras, com a simples troca de olhar eu o entendia. Vendo-o modelar a argila com tanta precisão, meu coração se aquecia. Porque ver o amor da minha vida fazer aquilo que gosta com tanto carinho e paixão, fazia me sentir pleno. 

Um vinco se formou em sua testa perfeita. Ele ergueu a sobrancelha esquerda para o seu trabalho e um bico surgiu em seus lábios naturalmente vermelhos. Dúvida, era a expressão estampada em seu rosto.

Encostei a mão em seu ombro, ele me olhou de lado. Acenei discretamente sorrindo querendo tranquilizá-lo, e uma constelação inteira brilhou em seus olhos. Ele retribuiu o sorriso, dando-me o privilégio de ver seus dentes perfeitamente brancos e alinhados. Encostou a cabeça na minha mão e beijou a parte interna do meu pulso, e lá eu pude ver um sincero “obrigado”. 

Seus dedos voltaram para a escultura que tomava forma, e os meus olhos se afundavam na imensidão de complexidade que era Sabaku no Gaara. Suspirei e brinquei com as pontas de seus cabelos. Naquele dia chuvoso, estar próximo dele era o suficiente para suprir e sanar todas as minhas necessidades em relação a Gaara. No silêncio acolhedor que se abateu sobre nós, pingos de chuva se tornavam sinfonia do amor.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...