História Sinfonia n2, "O Caos", Primeiro Movimento - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Lineage
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Aventura, Drama, Fantasia, Magia, Medieval, Romance
Visualizações 10
Palavras 535
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Por ser uma novel baseada em temas musicais clássicos, decidi começar com um Prelúdio, ao invés de uma introdução. A estrutura da história vai seguir de acordo com a estrutura de um Primeiro Movimento das Sinfonias Clássicas, como uma Forma-Sonata. Posso explicar melhor o conceito ao longo das melodias (capítulos). Espero que gostem.

Capítulo 1 - Prelúdio


Há 200 anos, os continentes de Elmoreden e Gracia experienciaram novamente os significados das palavras “caos” e “destruição”. Quando Etis Van Etina, um fanático religioso da corte de Gracia, incitou uma guerra civil entre os herdeiros do trono do império Graciano.  

Em meio ao sangrento conflito, Etis roubou quatro dos sete selos que mantém aprisionada a Deusa da Destruição, Shilen. Junto de seu grupo de discípulos fanáticos, realizaram milhares de sacrifícios de sangue em meio à guerra, quebrando os selos da Destruição e dando vida a um exército de demônios que massacrou 90% da população de Gracia em questão de meses. 

Com os selos quebrados, o poder da Deusa da Destruição corrompeu uma das luas, manchando-a do vermelho dos olhos da Deusa caída. Todo o planeta estremeceu, acordando bestas esquecidas pela civilização e demônios nunca antes vistos por mortais. 

Mesmo os habitantes do continente de Elmoreden, sofreram com o despertar da Deusa. Sangue caiu dos céus sob as vilas dos elfos, trazendo uma praga que matou todos na capital élfica e corrompeu a árvore sagrada dada pela deusa que os criou. Na Vila dos elfos sombrios haviam apenas corpos dos habitantes que foram usados como sacrifício para quebrar o quarto selo de Shilen. 

 Na Vila dos orcs, as bestas nos pastos entraram em frenesi e invadiram as casas, matando todos que não conseguiram fugir para as cidades humanas ao Sul. Ao Norte, bestas colossais acordaram de seu sono junto de seu progenitor, o verme devorador de cidades, Trasken, que engoliu metade da vila dos anões, enquanto seus filhotes atacavam os anões trabalhando nas minas de mythril.  

Nem mesmo as muralhas e castelos dos reinos humanos saíram ilesos durante o caos. Os exércitos dos sete discípulos da Destruição atacaram e aniquilaram os exércitos da aliança entre os 3 grandes impérios, conquistando todo o continente de Gracia.  

 E quando tudo parecia perdido, uma fortaleza que há milênios havia desaparecido, caiu dos céus sob a Ilha de Talkin, matando metade da população humana da Ilha. Porém, em meio ao desastre, de dentro da fortaleza veio o salvador da aliança.  

Da fortaleza veio Hermunkus, um dos últimos gigantes que sobreviveram à fúria da Deusa Einhasad durante a guerra entre gigantes e deuses. Hermunkus era o rei dos gigantes, mas ainda se ajoelhou e pediu perdão à Deusa da criação, que poupou sua vida, exilando-o eternamente em uma fortaleza voadora.  

Porém, com o despertar de Shilen, a fortaleza de Hermunkus sofreu um ataque de um dos filhos da Deusa da Destruição, o Dragão Lindvior, e acabou caindo sob a Ilha. Em busca de aliados para lutar contra os seguidores de Shilen que buscavam seu poder, Hermunkus ofereceu ensinar sua magia e tecnologia para os mortais que se aliassem a ele. E com o poder dos gigantes, todas as raças se uniram e derrotaram os 7 discípulos da Destruição e seu líder Etis Van Etina, depois de décadas de guerra. 

170 anos se passaram desde o fim da guerra e o mundo encontrou relativa paz e certa estabilidade, mas os ventos agora trazem consigo um mal presságio. Como se o terrível caos que um dia atormentou o mundo, ainda estivesse à espreita, esperando o momento errado para aparecer mais uma vez. 


Notas Finais


Esta é uma história baseada no Lore e mitologia de Lineage 2. Porém, boa parte das histórias de certos locais e personagens, foram alteradas para melhor desenvolvimento da história. Os personagens principais são autorais, mas alguns nomes foram criados por amigos que jogavam Lineage 2 comigo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...