1. Spirit Fanfics >
  2. Sinfonia para dois >
  3. Único

História Sinfonia para dois - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Um pouquinho de Denkyouka ♡

Capítulo 1 - Único



A vida estava me fazendo cantar sozinha

então você veio 

e roubou o microfone |


No dia em que Jirou conheceu Kaminari, pensou que ele era um completo idiota, alguém com quem nunca poderia se dar bem, ou se acostumar. 

Ela estava meio certa, pois nunca se acostumou com a forma como ele fez seu coração palpitar como se tomado por um milhão de borboletas. Kaminari fez com que ela se sentisse do jeito que nunca havia se sentido antes: estranha e magnífica por isso.

[☆]

Jirou associava muitas coisas a si mesma, como rock, velas perfumadas, tons de roxo escuro e sua obsessão por instrumentos. A maior delas era a solidão, porém, vivera com ela a vida toda. 

Não era o tipo de solidão onde você não tem amigos, pelo contrário, na verdade, ela tinha muitos amigos; mas o tipo de solidão que ela que perfura profundamente seu peito, deixando um buraco, e Jirou nunca pensou que alguém pudesse preencher esse buraco. Até ele aparecer.

[☆]

- Kyouka! - Kaminari gritou, entrando no apartamento com os braços cheios de suprimentos - Eu trouxe as coisas, querida! - ele sorriu de um jeito idiota apontado todos os sacos de papel em suas mãos.

... E quando você sai eu me sinto incompleta, então se você quer a verdade...

Ela não pôde deixar de sorrir para ele no balcão da cozinha, o coração inchando com tanta admiração por esse homem parado a apenas uma mesa de distância dela.

- Obrigada. - disse Jirou, pegando uma bolsa e colocando-a no balcão. - Por que você demorou tanto?

Ela sentiu braços longos e magros cercando sua cintura por trás, enquanto checava as sacolas para ver se ele havia esquecido alguma coisa. Kaminari enterrou o rosto nos cabelos escuros - agora abaixo dos ombros, desde que ela decidira deixá-los crescer depois do primeiro ano na Yuuei.

- Mmhh, a loja estava cheia. - ele choramingou e começou a acariciar seu pescoço com o nariz.

- Tão cheio que você esqueceu de me arrumar uma palheta nova? - ela respondeu presunçosamente. 

Kaminari congelou em suas ações e Jirou realmente se perguntou se o namorado teria morrido. Exatamente quarenta e nove segundos depois - sim, ela contou - ela o sentiu se afastar e colocar a mão no fim de suas costas. 

Antes que Jirou soubesse o que estava acontecendo e pudesse reclamar, ela foi levantada do chão e girada pela sala.

- Denki, oh meu Deus, o que você está fazendo!? - ela gritou e colocou os braços mais apertados ao redor do pescoço, rindo bobamente. 

Kaminari apenas riu e parou com Jirou ainda a segurando o estilo nupcial em seus braços.

... Só quero fazer parte dessa sinfonia maluca que você chama de vida...

- Sinto muito, princesa. Não resisti. - ele gentilmente a pôs no chão, mas não a soltou. 

Jirou corou com o apelido, porque não importa quanto tempo eles estivessem juntos, Denki sempre podia fazê-la sentir como se estivesse nas nuvens. Ele a fazia sentir como se o buraco em seu peito estivesse cheio até a borda.

... Apenas se você prometer me abraçar forte e não soltar. 


Notas Finais


Na torcida por um cannon desses dois :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...