História Sing to me - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Menção Namjin, Menção Vkookmin, Namjin, Sobi, Sope, Taekookmin, Vkookmin, Yoonseok
Visualizações 65
Palavras 799
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Demorou mas tá aqui

Capítulo 2 - (S)ilence is violent


Fanfic / Fanfiction Sing to me - Capítulo 2 - (S)ilence is violent

 

Yoongi acorda com seu tio balançando seu corpo, pela sua expressão parecia estar gritando com o garoto, mas ele não conseguia ouvir.

-Você só consegue entender o que eu digo quando faço esses sinais estúpidos não é mesmo? Seria muito melhor se você não fosse assim, se pelo menos conseguisse ouvir o que te falam seria tudo melhor.

É sempre a mesma coisa todo dia, ele acorda, seu tio fala essas coisas para ele, ele vai para o trabalho e depois vai para casa. 

Depois de Nanyun sair de seu quarto, Yoongi levanta e vai até seu armário e pega sua roupa, uma tiara de arame completamente preta e um terno. Desce as escadas do seu quarto, ou porão se você preferir chamar assim, e vai em direção ao carro, pega apenas uma garrafa de café e foi dirigindo até seu trabalho. Ele trabalhava como pianista em um restaurante.

Ao chegar lá foi direto para o piano, o restaurante já estava cheio, ele ficava observando enquanto tocava.

Pessoas que fingiam ser quem não eram, que estavam lá apenas para ostentar dinheiro, outras estavam lá para se amostrar para os amigos, e outros apenas para se divertir.

Deslisando seus dedos pelas teclas, tocando um cover de Für Elise, por dois motivos. Um, aquela era a música que mais pediam. Dois, ele gostava e uma das hipóteses da criação dessa música. Em 2010 o musicólogo alemão Klaus Martin Kopitz publicou um livro com a hipótese de Beethoven ter composto a peça para a sua amiga cantora Elisabeth Röckel, chamada Elise em Viena, e que casou em 1813 com o compositor Johann Nepomuk Hummel. Ele gostava dessa hipótese, de Beethoven ter escrito a música em homenagem a sua amiga. 

Era uma sensação boa de estar ali, tocando música para todas aquelas pessoas, e quando acabou, todos levantaram e bateram palmas. Deve ser uma sensação boa, ouvir o som das palmas, pensou Yoongi. Em seguida, ele tocou um cover de piano da música Idfc, do blackbear.

Tell me pretty lies

Look me in the face

Tell me that you love me

Even if it’s fake

Cause I don’t fucking care

Ele pensava na letra da música enquanto tocava, diariamente, ele ficava duas horas ali, tocando, e depois, além de receber o pagamento ele ganhava um vale-refeição do local.

Quando deu o tempo, ele pegou as chaves do carro e foi embora. Chegando na casa de seu tio, subiu direto para o porão, ele agora deveria estar ou em um programa, ou com alguma prostituta aleatória na rua. Foi em direção a única janela que havia lá, pegando um cigarro e acendendo-o logo em seguida. Não gostava do silêncio, gostaria de poder ouvir então por isso estava sempre com seus fones. Seu celular vibrou em seu bolso, quando viu que era uma mensagem de Hoseok, desbloqueou-o logo em seguida

Hobi

 

Oi Yung, como foi o trabalho hoje?

Foi bom

Quais músicas você tocou hoje?

Como sempre, Fur Elise

Idfc

Rip 2 my Youth

I Wanna be yours

Etc

Socorro

Não estava preparado para essa revelação

Você ouve The Neighbourhood

E Arctic Monkeys

Help

VOCÊ CONHECE?

meus  d e u s e s

Qual sua música preferida?

Wires

Daddy Issues

Do I Wanna Know

I wanna be yours

E as suas?

R. I. P. 2 my youth

Alleways

R U mine?

505

Let it go

Yoongi estava conversando normalmente com Hoseok, fumando seu cigarro e ouvindo música, até sentir alguém lhe puxando pelas costas, quando olhou para a figura era seu tio, e ele estava nervoso.

Yoongi não precisava ouvir para saber o que iria acontecer, ele seria espancado para variar. Nanyun vai em direção do garoto, começando a bater, chutar e socar ele. Pouco tempo depois o garoto sangrava e chorava, sem conseguir se controlar.

-Você vai ter dois clientes hoje, dê um jeito nos machucados e esteja apresentável.-Diz seu tio fazendo os gestos e saindo de seu quarto.

Era essa a vida de Yoongi desde que seus pais morreram. Sofria de agressão em casa desde que mora lá e era vendido como prostituta desde os quinze anos. Tomando anti-depressivos, fugindo da realidade através das drogas, músicas e seus cigarros, consumido completamente pela depressão e fobia social, com um problema de audição desconhecido, homossexual, ''pecador''.

Um completo erro na visão dos outros.

Um pecador na visão da Igreja

Uma forma útil de ganhar dinheiro na visão de seu tio.

Uma ótima pessoa na visão de Hoseok e Taehyung, os únicos que não o julgam.

Um caso perdido para seu psiquiatra.

Frágil, quebrado, rasgado, era assim que Min Yoongi se sentia.

E além das drogas, músicas e remédios, apenas Hoseok conseguia faze-lo se sentir bem.

Sempre odiou se sentir dependente dos outros.

E ele sempre foi dependente.

E agora também se tornou dependente de Hoseok.


Notas Finais


O que acharam?
Gostaram?
Deixe sua opnião


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...