História Sing To Me - Capítulo 1


Escrita por: e BruhhMansur

Postado
Categorias EXO
Personagens Sehun, Suho
Tags Hunho, Ohmyseho, Seho, Slight!chansoo
Visualizações 54
Palavras 1.941
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Fluffy, Romance e Novela, Slash
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, gente, mais uma pra coleção de amores! Queria agradecer imensamente pela oportunidade de ter participado desse projeto lindo, e agradecer por todo o pessoal que participa também por contribuir com tantas fics maravilhosas com o Royal Couple ♡
Espero que a gente se encontre bastante ainda nesse projeto, e aproveitem essa belezinha aqui ♡

Capítulo 1 - Primeiro;


Junmyeon era um cara bem sociável até, tinha seu círculo de amizades que incluía seus dois melhores amigos desde o colégio, Kyungsoo e Jongin, e outros amigos destes que aos poucos foram se juntando à turma. Além disso, fazia amizade com facilidade toda vez que acabava por sair sozinho quando seus amigos estavam ocupados. Não se considerava tímido, nem extrovertido, só “normal”, como costumava dizer.

De vez em quando se arriscava no karaokê ao lado do bar onde Jongin trabalhava, e arrancava uns elogios por sua “voz de anjo”, o que rendia uma risadinha sem graça e um gesto com a mão, seguido de um “eu canto normal, gente”.

Mas não, todos os seus amigos, teimosos e com opiniões diferentes em tudo, concordavam apenas nisso: Junmyeon deveria criar uma conta no Spotify e postar alguns covers.

E de tanto insistirem, o garoto acabou por acatar os pedidos, postando algumas músicas mais lentinhas que adorava e achava que combinavam bastante com sua voz, usando o pseudônimo de Suho, e não demorou a começar a fazer certo sucesso no aplicativo. Contava com pouco mais de 3.500 ouvintes, que constantemente perguntavam em seu twitter quando é que iria lançar seu próprio álbum.

O que não esperava era que dentre as mensagens de apoio e algumas declarações de mocinhas apaixonadas por sua beleza e voz, estivesse um convite de um produtor, o chamando-o para um pequeno show em um pub não muito longe de onde morava. Claro, apesar de lisonjeado, a ideia de cantar ao vivo na frente de várias pessoas desconhecidas fazia as pernas de Junmyeon tremerem e ele pensou em recusar o convite várias vezes, mas Kyungsoo ameaçou quebrar-lhe as pernas se não aceitasse, e, ainda que soubesse ser brincadeira, o mais velho dentre os amigos respirou fundo e respondeu o produtor.

 

-

 

Do outro lado da cidade, enquanto os preparativos para o mini show aconteciam, estava o fã nº. 1 de Suho, Oh Sehun. Sim, ele se orgulhava em dizer que era dono do primeiro fã-clube dedicado exclusivamente ao cantor, cujo trabalho árduo era compartilhar os links de cada cover que o outro postava e repostar suas fotos com uma pequena declaração de amor a respeito do quanto Suho era lindo e cantava bem. Em todas as fotos. Sem exceção.

Então, quando soube que teria a oportunidade de ver o cantor ao vivo, tratou de obrigar Chanyeol, seu colega de quarto durante a época de aulas da faculdade de arquitetura, a ir com ele.

Chanyeol, que era um ano mais velho que Sehun, declarava que já havia passado dessa fase de “gostar de cantorzinhos bonitos”, mas adorava colocar as músicas cantadas pelo Kim no fone de ouvido antes de dormir, e bateu o pé por birra, mas estava tão ansioso quanto o amigo para ver o cantor ao vivo.

– Anda logo, Chanyeol! A gente ainda tem que pegar o ônibus pra ver o show e você não sai desse banheiro! – Um chute na porta foi ouvido, assim como uma risadinha do lado de dentro do banheiro. – CONTINUA RINDO E EU VOU SEM VOCÊ!

– Calma, menino, já saí. - Não era segredo algum que o maior dos dois vivia sua vida movido a irritar as pessoas, parando apenas ao vê-las no limite. - Só preciso escovar os dentes e a gente vai ver o cantorzinho lá.

– Cantorzinho suas bolas, Chanyeol, respeita o Suho! - Outra risadinha e não demorou muito mais para que ambos estivessem dentro do ônibus, Chanyeol sentado na janela com a cabeça encostada no vidro, e Sehun secando as mãos na calça, toda hora conferindo se seu cabelo estava no lugar.

 

-

 

– Vamos lá, Junmyeon, você vai se sair bem. - Kyungsoo, apesar da aparência séria e cara fechada, era extremamente carinhoso com os amigos e não media esforços para fazê-los se sentir melhor, em qualquer situação que fosse. - Você já canta pra muito mais gente do que vai ter aqui hoje, só que não olha pra elas. Só respira fundo e vai dar tudo certo. Quem sabe não é agora que você descola aquele contrato pra fazer seu álbum, hm?

E Junmyeon já estava na segunda garrafa de água, sabia que ficaria apertado no meio do show, mas era aquilo ou sair correndo de nervosismo. Assentiu, respirando fundo uma última vez e subindo ao pequeno palco que havia no canto esquerdo do pub. Parou na frente do microfone, sorrindo leve e tentando imaginar outra pessoa ali. Não era mais Junmyeon, e sim, Suho, que já tinha mais de 3.500 ouvintes no Spotify.

– Boa noite a todos, meu nome é Suho, e hoje eu vim pra cantar um pouquinho para vocês. Esse aqui do meu lado, que vai me ajudar tocando o violão é o Jongdae, espero que gostem. - Ainda se sentia nervoso ao extremo, mas sentou-se ao banquinho que havia ali, ouvindo as notas iniciais de “Can’t Take My Eyes Off You”, do Muse, preencherem o local, e assim, começou a cantar.

Lá pelo meio da música, já se sentia mais confortável, vendo as pessoas presentes sorrirem em aprovação, ou acenarem, encorajando-o a continuar.

O ambiente estava leve, as pessoas conversavam baixo enquanto comiam e bebiam; era possível ouvir aqui e ali algum elogio pela doce voz do cantor. Aos poucos chegavam mais pessoas, sendo duas delas extremamente altas, chamando a atenção de Junmyeon por serem homens, e aparentemente próximos à sua idade, que se sentaram próximos ao palco e o ouviam com atenção.

 

-

 

Sehun já estava puto ao olhar no relógio do celular, vendo que estavam atrasados, e não poupou xingamentos ao amigo, beliscando-o no braço ao entrarem no pub. - A gente vai se sentar lá na frente e ai de você se não me deixar prestar atenção - sibilou.

Chanyeol, sabendo o quanto o outro estava realmente com raiva, apenas assentiu em silêncio, deixando que Sehun escolhesse o lugar, seguindo-o pelo pub.

O mais novo tinha os olhos grudados no cantor em fascinação. Como podia ser ainda mais bonito ao vivo? Ele achava que era impossível, mas seu coraçãozinho fez questão de pular descompassado ao se sentar, os olhos vidrados no rosto de Suho, sentindo o ouvido quase derreter pela voz melódica.

Não demorou também para sentir os olhos dele o encarando vez ou outra. Será que estava sendo óbvio demais? Mas não tinha outro jeito de ficar, afinal, era ele ali, seu ídolo! Em carne, osso e pura beleza na sua frente! Ignorava Chanyeol quase que completamente ao seu lado, esquecera até mesmo de pedir uma bebida enquanto o amigo já estava no terceiro copo de cerveja.

Quando Suho anunciou que daria uma pequena pausa, suspirou longo, arrancando outra risada meio alterada do colega de quarto. - Tá apaixonado, é?

– Olha… Talvez eu esteja. Você por acaso estava ouvindo ele cantar? E a aparência dele? Ele é perfeito, Chanyeol!

– Sim, sim, eu percebi. Ele também percebeu o quanto você olhava, deixou até a cara dele vermelha. - O sorriso besta não deixava seus lábios enquanto tomava tempo em tirar com a cara do outro. - Mas reparei mesmo foi naquele carinha ali do outro lado. O baixinho de cara amarrada.

Sehun se virou pra olhar, encontrando um garoto que deveria ter mais ou menos a sua idade, e outro mais baixo ao seu lado, de braços cruzados segurando uma garrafinha de água que ofereceu a Suho assim que o cantor voltou à área, dando-lhe uns tapinhas nas costas.

Observou seu ídolo sorrir, aquele sorriso lindo que parava o coração de Sehun, e dirigir-se ao balcão, cumprimentando outro cara que não conhecia. Naquela hora, o sorriso do mais novo morreu. Ah, então seu Suho já tinha alguém…

 

-

 

Não conseguiu deixar de reparar no garoto alto que chegou atrasado e não tirava os olhos de si por um segundo, sentindo o rosto esquentar até o intervalo de sua apresentação. Seria um fã? Junmyeon realmente tinha fãs?

No intervalo, correu para cumprimentar Minseok, o produtor que havia arranjado tudo, e o agradeceu pela oportunidade, comentando, feliz, sobre a quantidade de pessoas que haviam aparecido para vê-lo. E ali, aproveitou para pedir um drink, sabendo que tinha um tempinho até voltar para o palco.

Logo, Kyungsoo, Jongin e Jongdae, que trabalhava junto com Jongin e era uma das adições recentes ao pequeno grupo, juntaram-se para conversarem um pouco, rindo de uma das piadas sem graça de Junmyeon, até que Jongin o cutucou, apontando.

– Seu fã tá vindo aí, junto daquele cara que não tirou os olhos do Kyungsoo. - Levou uma cotovelada junto de um “idiota” sibilado por Kyungsoo, e Junmyeon viu aquele que o encarou durante boa parte do show chegando com um papel em mãos.

– Érr, boa noite, Suho! - Sua voz era leve aos ouvidos do cantor, e só podia descrever como adorável o jeito como ele parecia nervoso ao lhe dirigir a palavra. - Meu nome é Sehun, eu sou o dono do seu primeiro fã-clube! Será que você poderia cantar essa música depois, por favor? É a minha preferida dos seus covers. - estendeu o papel com a mão trêmula, dando um sorrisinho mínimo.

Junmyeon se assustou ao descobrir que aquele garoto que comandava seu fã-clube, desmanchando na hora a imagem em sua cabeça de que seria uma garotinha em seus quinze anos. Também passou a observar as feições de Sehun enquanto o mesmo falava, admirando o quanto era bonito, e que não devia ser muito mais novo que si.

Assentiu, pegando o papel da mão alheia e sorrindo ao ver “Can’t Fight This Feeling” escrito ali. Era uma música extremamente brega, mas Junmyeon a amava com todo o seu coração.

– Pode ter certeza que eu vou, é uma das minhas preferidas também. - Olhou no relógio, vendo que seus quinze minutos já haviam passado e levantou-se, sorrindo para Sehun. - Tenho que voltar para o palco, mas sinta-se livre pra ficar aqui com o pessoal, seu amigo ali já parece bem íntimo do Kyungsoo. - Riu leve, apresentando Sehun para os amigos e se despedindo.

Realmente cantou a música pedida por Sehun, sendo uma das últimas e mantendo um sorriso no rosto ao cantá-la olhando diretamente para o mais novo. Talvez fosse o drink que tinha tomado, mas se sentia quase como se estivesse flertando (?) com Sehun.

E o mais novo certamente se sentira atingido, encarando Suho, ruborizado, enquanto Chanyeol ria ao seu lado, repetindo que o garoto com certeza estava apaixonado.

Ao final do show, o cantor foi bem aplaudido, fazendo com que um sorriso brilhante despontasse nos lábios de Junmyeon, que se curvava em agradecimento, descendo do palco e indo em direção aos amigos ainda radiante.

– Eu disse que você se sairia bem. - Recebeu um murrinho leve no braço enquanto Kyungsoo sorria, sendo acompanhado por Jongin, que o abraçou com força e disse o quanto tinha ficado emocionado pelo hyung dele.

– Junmyeon, meus parabéns pela apresentação, eu sabia que estava certo em te chamar. - Minseok estendeu a mão com um sorriso nos lábios. - Sinto muito, eu tenho que ir agora, mas foi um prazer te ouvir cantar ao vivo. Espero que passe lá na gravadora amanhã, às 15h, temos uma proposta para você, huh? - O cantor sorriu largamente, imaginando sobre o que se tratava, e despediu-se do produtor, segurando-se para não gritar de animação.

– Junmyeon?

 

O cantor se virou para Sehun em interrogação ao ver a cara confusa do mais novo, rindo em seguida. – Sim, Kim Junmyeon, é meu nome verdadeiro, prazer em te conhecer. – Estendeu a mão como brincadeira e observou o outro acenar em entendimento e o cumprimentar.

– Oh Sehun, prazer em conhecê-lo também. Gostaria de ir beber alguma coisa?


Notas Finais


Capa por: @Ellipsism
Betagem por: @suhooverflowers


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...