História Singular em Seattle - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


E aí galera, tudo bem? Espero que gostem do conto, ao longo dos dias vou atualizando a história beleza? Se quiserem comentem e favoritem para mim saber se estão gostando!!
bjoo.

Capítulo 1 - Ao som do despertador


Fanfic / Fanfiction Singular em Seattle - Capítulo 1 - Ao som do despertador

O despertador toca pela quinta vez e resolvo levantar, o sol entrava pelas frestas da cortina na janela e esquentava meu quarto de leve. Mesmo com a porta fechada podia ouvir o barulho que meus irmãos estavam fazendo na cozinha e a única coisa que consegui fazer foi revirar os olhos e ir direto para o banho. Fazia apenas três semanas desde que aulas voltaram, mas ao meu perceber parecia uma eternidade, e o ensino médio por mais entediante que fosse, está muito mais fácil do que achei que estaria. 

Pela pequena janela do box, podia ver as árvores balançando devagar na direção que o vento ia, e com o olhar para o nada me lembro da festa que Maddie avisou que fora adiantada para hoje. Maddie é minha melhor amiga desde que me lembro, ao longo dos anos  mudamos muito e ela sempre esteve ao meu lado, fazendo as mesmas merdas que eu. 

Com os cabelos pingando ainda, pego uma calça jeans bem justa (uma das minhas favoritas para falar a verdade) e uma camiseta de manga curta preta, meus tênis verde água da vans já estavam bem surrados, mas eu amo a cor, então, não abro mão de usá-los. Sequei rapidamente os fios que ainda estavam molhados, deixando meus cabelos sedosos e lisos e sai em direção à sala para colocar meus tênis. Os guris estavam até agora comendo as panquecas que meu pai fizera mas por sorte minha carona apareceu bem na hora e por incrivelmente que pareça, estava pronto e ainda segurando minha mochila. Olhei com os olhos acirrados para Aron, para ele acordar cedo, levando em conta que meu irmão sempre acorda quando o primeiro sinal da escola bate, tem que ter algo muito, mas muito interessante acontecendo.

- E então.. qual vai ser o sermão de hoje maninha? - ele me dirige a palavra provavelmente percebendo o meu olhar acirrado sobre ele - já está pronta? 

-  por que é que você já está acordado? - digo com um sorriso duvidoso terminando de amarrar meus tênis.

- ah isso - ele da uma risada e senta ao meu lado no sofá - garota nova no último ano, falaram que é gatinha e como a primeira aula é biologia, ela será minha dupla.

- isto é se ela quiser, né? - reviro os olhos e levanto indo em direção à cozinha e pegando a última barra de cereal do pote - vai na festa hoje? 

- aquela social do Logan? - ele se levanta e pega a chave do carro em cima da mesa da sala de jantar - talvez.. 

- se você decidir ir, digo para Maddie dar carona para nós dois - abro a porta automática e antes de sair me despeço dos meus pais com um grito, já que os dois estavam na varanda, que dava para a piscina.

- não valeu, acho que o Liam vai passar aqui - ele sai e ja liga o carro, vou logo atrás dele 

- então você vai? - arqueio as sobrancelhas sem entender direito o que é que Aron estava falando 

Depois de um tempo sem resposta, ligo o rádio e passo as difusoras até achar uma música que eu gostasse. A escola não era longe, mas pelo horário que saímos estava começando a pensar que o plano brilhante do meu irmão, iria por água a baixo. 

Assim que fui liberada pelo diretor para ir a minha sala, pela terceira vez essa semana, não vejo sinal de Aron e após alguns passos em direção à minha sala, encontro Alana, irmã do garoto que dará a festa hoje, ela estava vermelha e bem ofegante, suor escorria de alguns lugares, educação física talvez? Provavelmente... a garota estava com um short tão curto que uma parte de suas nádegas ficava para fora e o cabelo, delicadamente preso em um rabo estava bem bagunçado. Mas assim que Alana apoia suas mãos em seus joelhos como tentativa de recuperar o ar, de trás de seu corpo exausto saí Thomas, meu ex ficante e eu compreendo que educação física não estava envolvida nessa história.  

Thomas passa por mim e trocamos breves olhares, com minha mochila e pasta nas mãos paro em frente à Alana.

- você vai a aula? - já que éramos colegas, não me importei em aguardá-la.

- vou, só espera um minutinho - ela diz já se levantando e dando os primeiros passos até a classe. - vai a festa hoje?

Concordo com a cabeça e não tocamos mais no assunto do ocorrido a pouco tempo atrás. 

No intervalo me sento entre a maioria das garotas da minha turma, entre elas, Maddie e Alana que não paravam de falar um minuto sobre a social que iriam fazer hoje. Os pais de Logan a Alana estavam viajando e os dois sempre davam um jeito de arrumar alguma encrenca, não que eu não gostasse, é claro. 

- que roupa você vai hoje Clark? - Maddie me olha com seus olhos pulsantes e me tira dos devaneios - alô? Clark para terra. - ela e Alana sorriem.

- Ahn? - olho para as duas - que que tem eu? - digo colocando uma porção de massa com um molho não identificado pelo refeitório da escola. Aron como sempre estava arrumando briga com os jogadores de futebol da escola adversária e seus amigos dando corda ao redor dos dois que esperavam o primeiro a dar o soco.

- a roupa.. que roupa você vai usar hoje a noite? - ela pergunta novamente para mim, mas mantendo o olhar curioso sobre a briga que estava acontecendo mais a frente - ahn Clark, amiga, tu ta vendo o que eu to vendo né? - ela abre um sorriso.

- sim Maddie, eu to - rio e me viro pra ela - pensei que você ia lá em casa me ajudar a escolher, sabe que eu não sou boa com roupas né?- na verdade eu até que sabia bastante mas gostava de ter uma companhia  que não fosse meus irmãos.

- vcs não querem vir lá em casa? Acho que os amigos do meu irmão vão estar lá para deixar as bebidas e tals e não quero ficar sozinha com eles - Alana aparece repentinamente na conversa e não entendo a sua preocupação já que estava transando ​com um dos amigos do irmão dela. Por isso a olho com olhar confusoAlana poderia parecer uma garota indefesa, mas sabia muito bem como ser uma vaca quando queria e Maddie e eu, sabíamos muito bem disso. 

Por sorte antes de termos a chance de responder, o diretor chega e ameaça separar a briga, com alguns gritos e ajuda de alguns seguranças meu irmão e Derek. Atenta a confusão que resultou em um enorme tumulto no refeitório, sinto uma pontada atrás de mim e para minha tristeza era Ayla Young, como essa garota era insuportável.

- oi querida - ela fala na frente de sua tropa, com o sorrissinho cínico de sempre 

- não conseguiu se segurar né Ayla? Estamos só na terceira semana de aula, será que você não podia esperar mais um tempinho até começar a ser chata de novo? - sorrio simpática e fico de frente para ela. Pelo que parece meu irmão e se acalmou e agora estava sentado, terminando o enorme prato de sua refeição.

- ahn, sempre muito fofa né? - ela sorri e logo revira os olhos - mas para a sua sorte eu não vim te ​infernizar, só quero saber se seu irmão vai a festa hoje.

- que decepção hein - me viro novamente para meu prato e levo uma batata a boca - se ele resolver ir, você vai ver ele lá - digo sem olhar para a garota.

Maddie estava esparramada em cima da minha cama e eu, de frente para o closet tentando decidir entre o vestido tubinho preto que aumentava minha bunda ou o vermelho que levantava meus peitos. 

- já disse que o preto é o meu favorito - Maddie fala como se respondesse a pergunta que estava pairando na minha cabeça - a sua bunda fica beem grande, ah e falando nisso, sabe que que eu descobri? 

Saio do closet apenas com o vestido preto nas mãos e os meus saltos favoritos, visto-os e me sento ao seu lado.

- falando nisso o quê? falando na minha bunda? - rio e deito com as pernas para fora da cama.

- é isso mesmo sua safada - ela ri e me contagia - mas enfim, como estava dizendo... Liam Foster quer te pegar - ela me olha apreensiva, já sabendo minha resposta sobre isso.

- e eu com isso? - rio e me levanto, indo em direção à minha penteadeira - faz uma chapinha em mim? 

- claro - ela diz e vem em minha direção já com a chapinha na mão, preparando meus cabelos com um creme especial - ah qual é Clark? Por que não? Ele é gato, gostoso, tem uma boa pegada, tá, tudo bem ele fica com várias mas todas que ele fica são consideradas famosinhas, ah aquela coisa de sempre... tu sabe como funciona. Já faz um tempo desde a sua última pegada que foi há o que? Duas semanas? 

- nossa! Como se eu tivesse que pegar alguém toda semana né Maddie? - rio e me olho no espelho, a noite já baixava e do meu quarto dava para ver as luzes da festa que estava por vir. Minha casa e a dos Martini não era longe e quando pequenos tínhamos o costume de nos encontrar e passar noites viradas conversando. - não estou dizendo que não ficaria com ele... só gosto quando é uma coisa momentânea - rio e passo batom nos lábios - se não eu fico nervosa, e outra, não quero ficar presa a uma pessoa quando posso flertar com várias, né? - abro um sorriso e ela começa a rir.

- tá, tu tem razão... mas promete que vai pensar? - ela pega minha última mecha de cabelo que estava sem chapinha. 

Prontas descemos até a garagem onde estavam os carros, com o controle na mão ativo a Lambhorgini vermelha e entramos no mesmo, já abrindo a garagem e pegando a estrada.

- você ouviu a Ayla hoje mais cedo? - o vento batia em nossos cabelos e torcia para que meus cabelos, agora chapados não estragassem e muito menos os cachos perfeitos de Maddie, que estava simplesmente linda com um vestido de manga comprida bem curto verde militar. - tomara que o meu irmão realmente pegue ela, cara egocêntrico - rio e me atento ao sinal que agora se encontrava vermelho. 

- sim, deixa que se peguem - ela ajeitava as marcas borradas de seu batom - pelo menos os dois são galinhas, se merecem.

Depois de uma breve risada chegamos em frente a casa, não era nem oito horas e já estava tudo cheio, sem me importar demais estaciono na frente da garagem martini e passo pela porta que estava escancarada para a grande festa.

 


Notas Finais


E então gentee?? Gostaram? espero que siim, ahh no próximo capitulo vcs vão saber como se da uma festa em Seattle


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...