História Singularity - Kim Taehyung - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink, EXO, Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Byun Baek-hyun (Baekhyun), Han Ji-sung, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Jong-in (Kai), Kim Min-seok (Xiumin), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Lucas, Min Yoongi (Suga), Oh Se-hun (Sehun), Park Chan-yeol (Chanyeol), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé, Taeyong
Visualizações 10
Palavras 922
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishoujo, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Lírica, Literatura Feminina, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mais um capítulo! Tô cheia de ideias, mas o tempo não me ajuda muito.
Beijão 💕🍃

Capítulo 8 - VIII. Mais que complicado.


Fazia dias que eu não via Taehyung. Eu mal saí de casa esses dias, ele me mandou muitas mensagens e me ligou várias vezes, mas eu não respondi e atendi nenhuma. Eu precisava de um tempo. Mas ao mesmo tempo eu não parava de pensar no nosso beijo. Foi tão perigoso e ao mesmo tempo tão bom. Mas eu me arrependo. Isso vai afetar ainda mais nossa "amizade".

Esses dias eu preguei algumas peças na minha cabeça, ele obviamente já teve um caso com aquela magrela sem sal. Eu me importava com aquilo não sei o por que.

Mas ele gostava de mim, seu sentimento por mim era verdadeiro. Eu não sabia ao certo se gostava dele ou não, eu sou esquisita mesmo. E mesmo se a gente ficasse junto, meu pai não apoiaria a gente de jeito nenhum. Ele pegou raiva do Tae.

Eu estava na casa de Jisoo, eu ia dormir na casa dela hoje, eu precisava sair um pouco daquele ambiente. Jisoo acabou convidando outras amigas nossas. Eu acabei convidando o Jin e o Namjoon.

Ao chegarem começamos a conversar sobre coisas bem aleatórias. Mas o que eu mais prestava atenção era como o Namjoon olhava para Jin, era tão fofinho. 

"-Ele tá tão na sua....". 

Sussurro no ouvido do Jin e o mesmo fica corado. Ele olha para o Nam e ele desvia olhar "disfarçando".

-Eu tô percebendo, mas somos amigos apenas.

°°°°°°°°°°°°°°°°°°°

Havia dias que o Taehyung estava trancado naquele quarto. O máximo que ele fazia era sair para pegar a comida e se trancar novamente. Eu estava preocupada, apesar de tudo ele continuava sendo meu irmão. 

Até perguntei para o Hobi se ele sabia de algo, mas ele também não sabia de nada. 

Mas minha cabeça estava nas nuvens. Eu tive mais contato com aquela garota, depois de alguns encontros inesperados, acabamos trocando número de telefone. Ela se chamava Rosé. Descobrimos algumas coisas que tínhamos em comum. Ela era atraente, por um momento eu comecei a pensar que eu edtava gostando dela. Eu era lésbica e não sabia? 

Subo as escadas e bato na porta do quarto do Tae. Depois de alguns minutos eu pude ouvir sua voz abafada.

-O que houve? Eu quero ficar sozinho.

"-Deixa eu entrar para a gente conversar Tae, você precisa desabafar".

Logo a porta se abre dando a visão dele com o cabelo todo bagunçado, com a cara inchada e com os olhos vermelhos.

"-Tae...

-Ela me deixou para sempre...

°°°°°°°°°°°°°°

Logo chegou mais dois meninos, Lucas e Taeyong.

O bestão do Lucas eu já conhecia, agora esse Taeyong eu não conhecia não. Deveria ser um amigo do Namjoon ou da Jisoo mesmo. 

Ele não parava de me encarar, até me sentia um pouco incomodada. Era até que desconfortável.

- Mal te viu e já está assim, na sua.

Olha para a Jisoo corada.

"-Nada a ver! Você viaja demais".

A gente continuava jogando conversa fora. Jin e Namjoon estavam num canto conversando alegremente, Lucas fazia graça com as meninas. Eu me sento no sofá e fico pensando em algumas coisas que não dá não estavam tão claras para mim.

- Vocês são divertidos.

Taeyong se senta ao meu lado me encarando novamente.

"-Sim, nossa turma é animada mesmo".

Ele sorri.

-Como você se chama?

"-Josie".

-Nome bonito que nem você.

Eu sorrio.

"-Obrigada".

°°°°°°°°°°°°°°°°°°°

"-Eu beijei ela Lisa, eu precisava daquilo, eu achei que ela também queria, mas eu estava enganado. Ela saiu correndo, me deixou sem estender nada. Ela não responde minhas mensagens e não atende minhas ligações. Eu a amo tanto... Mas por que me evita assim? Por que ela me machuca tanto? O que ela não tenta me amar pelo menos uma vez? Eu... Eu só queria poder ter ela para mim, poder acordar ao lado dela todos os dias, poder beijar ela mais vezes, poder sentir seu cheiro toda hora. Mas ela não me ama. Ela não sente nada por mim além de pena.

- Mas Tae, talvez ela tenha passado por algo no passado que talvez ela tenha medo de acontecer novamente. Você precisa respeitar o tempo dela. 

Eu deixo uma lágrima escapar.

"-Eu preciso encontrar ela".

~~~~~~~~~~~~

Tae acabou descobrindo onde Josie estava com a ajuda de Sehun. Ele foi para a casa de Jisoo a procura de sua amada. Ele precisava saber o que estava acontecendo.

~~~~~~~~~~~~

Eu e Taeyong estávama horas conversando. Ele era um cara super legal, e eu pude perceber o seu interesse por mim. Ele era bonito, sua voz sexy conquistaria qualquer garota que ele conhecesse. Logo a campainha toca e nós nos enreolhamos. Jisoo tinha convidado mais alguém? Pela sua cara, não.

Ela vai até a porta e abre dando visão do Taehyung cabisbaixo. Ele não parecia nada bem.

- Desculpa aparecer assim do nada, mad é que eu preciso falar com a Josie.

Ela sai da frente da porta fazendo o Taehyung me ver. Eu o olho triste. Me levanto do sofá e vou até ele. 

"-O que você está fazendo aqui a essa hora?".

-Eu precisava esclarecer algumas coisas. Eu tô muito confuso Josie.

Eu fecho a porta da casa para ter um pouco mais de privacidade do lado de fora. 

-Só me responde uma coisa.

"-Fala".

-Você não me ama?

"-Que pergunta é essa Taehyung?".

-Só me responde Josie.

Eu suspiro.

"-Eu gosto de você Taehyung...".

- Então por que me evita? Por que não ne deixa eu te fazer feliz? Uh?

"-Eu tenho...um passado doloroso Tae. Eu tenho medo de me relacionar...por causa dele".

-Dele quem?

"-Do Kai".



Notas Finais


Eita eita, agora a coisa pegou fogo!!! O que será que o Kai fez com a Josie?

Será que ela vai ceder ao Taehyung e vai logo deixar rolar?

E o Hobi? O Taeyong?

Será que vem beijo de Namjin no próximo capítulo?

E Chaelisa?

Boa leitura mochis 💕💕🌞


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...