1. Spirit Fanfics >
  2. Singularity >
  3. New school

História Singularity - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


𝘕𝘢𝘰 𝘦𝘴𝘤𝘰𝘯𝘥𝘢 𝘴𝘶𝘢 𝘭𝘶𝘻✨

Capítulo 1 - New school


Fanfic / Fanfiction Singularity - Capítulo 1 - New school

𝑺𝒊𝒏𝒈𝒖𝒍𝒂𝒓𝒊𝒕𝒚

𝙵𝚎𝚋𝚛𝚞𝚊𝚛𝚢 𝟸𝟶𝟷𝟻 

A sinopse dessa história pode ser a mais confusa possível, bom não até você começar descobrir tudo o que aconteceu em Sokcho — uma cidadezinha cheia de belezas naturais em seul — em Agosto de 2015.

ᴊᴜɴɢ ᴇᴜɴ-ʙɪ

Essa sou eu.

E eu vou contar a minha história.

Na noite anterior lembro de ter colocado o meu relógio para alarmar exatamente às 6 horas horas em ponto ele ficava ao lado da minha escrivaninha, outras pessoas correriam o risco de desligá-lo e se atrasarem para o primeiro dia de aula mas eu não era esse tipo de pessoa o meu nível de entusiasmo para estudar era surreal, talvez fosse só ansiedade de estar mudando para uma cidade totalmente nova e desconhecida consequentemente escola, Nova pessoas novas, novos amigos, e todo esse alvoroço por conta da separação dos meus pais, para mim isso não é um problema na verdade foi até melhor, depois de uma semana e meia procurando cidades onde morar resolvemos vir para Sokcho uma cidade no interior. 

pelas fotos parecia ser uma boa opção onde vim morar. 

Foi pelas fotografias em que escolhemos morar em um apartamento beira mar a paisagem desnunbrante era o que mais destacava o lugar...Nada poderia ser melhor do que morar em frente a um oceano belíssimo.

E eu fiquei com privilégio de ficar com a janela maior que dava vista para as Águas Claras e azuis.

levantei da cama sentindo um choque térmico e meus pés então resolvi calçar a pantufa rapidamente para que eu não ficasse gripada ou algo do tipo, sempre tive facilidade em adoecer então fazer o máximo para que isso não acontecesse... 

(...)

— Bom dia mamãe. — falo sentando na mesa observando que minha mãe preparava-a  para que nós tomasemos café.

— Bom dia Eunbi, como foi sua primeira noite na casa nova?

— Ah foi ele legal ele teve ótimos sonhos.

— Eu também — ela disse e nós duas rimos — quer que eu te leve para escola? 

— Não precisa Mãe eu quero ir andando para conhecer os arredores sabe!.

— Entendi mas toma cuidado para não se perder tá bom. — afirmo com a cabeça.

— Sabe filha eu tô muito feliz que a gente possa recomeçar de novo — minha mãe sempre se mostrava ser aquele tipo de pessoa forte mas no fundo eu sei o quanto ela esta triste com a separação.

— É eu também.

(...)

Depois de me despedir da minha mãe saio andando pela calçada, coloca os meus fones de ouvido conectando os mesmos ao meu celular escolha minha música preferida e do play, os fones ficaram cobertos pelo meu cabelo que antes eram longos Mas resolvi mudar e o cortei até os ombros os tingindo de Rosa.

a escola ficava aproximadamente a um quarteirão da minha casa então nem tinha que andar muito,  enquanto eu caminhava cantarolava a minha parte preferida da música...

Sobre o lago de inverno que fui jogado

Uma camada grossa de gelo se formou

No breve sonho que tive

Minha agonizante dor fantasma permanece a mesma

Eu me perdi

Ou ganhei você?

Eu corro repentinamente até o lago

Meu rosto está lá





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...