1. Spirit Fanfics >
  2. Sinto muito, eu não sou perfeito >
  3. Capítulo Único

História Sinto muito, eu não sou perfeito - Capítulo 1


Escrita por: Manu_Amare

Notas do Autor


Oieeee pessoas lindas 💞💞💞

Eu escrevi essa oneshot a um tempinho e finalizei ela hoje. Essa pequena e singela história é inspirada nas fanfics das minhas talentosas e incríveis amigas:

- "Rumo ao Amanhã" da autora @Kah_Higurashi (amiga agradeço essa influência criativa que você me trouxe com aquelas cartas de Inuyasha e Kagome da sua fic incrível💕)

- "Unmei No Akai Ito" da autora @kagome_little (amiga obrigada por escrever uma cannon tão maravilhosa💕)

- "Uma história de amor" da autora @hanyougirl (amiga linda, que nos faz envolver e chorar com cada capítulo das suas histórias canônicas e perfeitas 💕)

Eu só tenha a gradecer por tê-las na minha vida e pelo prazer de ler cada uma de suas fics.

Dedico essa história a vocês e aos meus leitores.

Um grande abraço e uma ótima leitura! 💖

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Sinto muito, eu não sou perfeito - Capítulo 1 - Capítulo Único

∻➶♡➴∻

INUYASHA

Estou dentro do poço, nesse lugar frio, encostado em uma de suas paredes e sentado no chão de terra. Já faz três longos dias que não vejo a Kagome, mas apenas dois segundos em que não penso nela. Nossa última conversa foi dolorosa.

Seus gritos e sua lágrimas, não saem da minha mente. Nós brigamos, outra vez pelos mesmos motivos, mas ainda ouço suas palavras cortarem o vento.

— “Eu não quero ver sua cara, Inuyasha! Me deixe em paz!

O meu mundo, de repente, ficou grande e sombrio.

Estou cansado de ouvir os protestos e reclamações de Miroku, Sango e Shippo – eu sei que eles têm razão. Tudo aconteceu depois que os coletores de alma da Kikyou, apareceram para me chamar ao seu encontro, no exato momento em que estávamos todos juntos almoçando.

Mas desta vez, eu não fui.

Eu não amo Kikyou, apenas sinto uma culpa corrosiva pela sua morte, por sua dor e solidão. O peso disso, me afeta profundamente. Um dia pensei que sentia por ela pudesse ser amor e, no entanto, descobri que aquele sentimento, não é o mesmo que eu tenho por Kagome.

Por ela, é inigualável.

Toda vez que surge a oportunidade, eu não consigo falar que a amo. Que amo Kagome. Sinto arrependimento pelas palavras não ditas. E apesar de não conseguir dizê-las, passo o resto do dia repetindo-as silenciosamente. Eu tenho vergonha da minha fraqueza. Um homem deveria ser capaz de mostrar o quanto ama uma mulher.

Não consigo dizer em voz alta.

Não digo nada.

Tenho prazer em sentir seu cheiro, seu calor, seus toques. Quando não estou com ela, encontro a dor por estar sozinho. Todos esses sentimentos e emoções são reais demais.

É por isso que estou escrevendo esta carta.

Porque eu amo Kagome.

Coloco tudo que eu consigo em um papel branco, usando um tipo de item que sai uma tinta preta. Ela chama isso de caneta. Faço o melhor que eu posso. Eu quero falar, mas tenho medo demais para fazê-lo. Quando a conheci, achei que você fosse uma coisinha frágil, alguém que eu precisava proteger. Agora percebo que me enganei. Ela é a mais forte de nós dois.

Sinto uma dor opressiva no peito. Quero muito correr até o outro mundo e abraçá-la, mas hoje, fui condenado a sofrer com sua ausência. Estou assombrado pela possibilidade de perdê-la para sempre. Eu não conseguiria suportar isso.

Só de pensar minha garganta seca.

Todas as coisas a minha volta lembram Kagome. Seu cheiro está impregnado na minha roupa, no ar dentro deste poço e em todo o lugar. Ela ocupa cada espaço dos meus pensamentos. Tenho a pura necessidade de estar ao seu lado, agora e sempre.

É assim que se sente quando a gente ama uma pessoa?

∻➶♡➴∻

Carta

Sinto muito, eu não sou perfeito.

Tentei me esforçar para lhe dizer algo romântico, mas nunca consegui. Eu queria poder gritar aos quatros ventos o quanto a amo, mas não sei como dizer as palavras certas. Não sei como usá-las como os humanos fazem. Perdoe-me por ser incapaz.

Seu amor me invade. 

Me enfraquece.

E fortalece. 

Tudo ao mesmo tempo. 

Não esperava essa sensação avassaladora, penetrando na armadura do meu ser. Você é a mulher perfeita que com carisma e ternura acolhe a todos. Eu não sou nada mais que um mero hanyou.

Um híbrido imperfeito.

Incompleto.

Insuficiente. 

Cresci diante das ofensas rugidas pelos monstros, fugindo, lutando, sofrendo. Não aprendi a como amar e muito menos em como demonstrar meus sentimentos sinceros, sem esconder tudo atrás de uma máscara hostil. Apenas aprendi a suportar a dor e em como sobreviver nesse mundo violento que me transformou no que sou hoje.

Kagome, você curou meu coração perdido.

Meu amor lhe pertence, a partir do momento em que seus olhos azuis encontraram os meus, causando em terremoto em mim. A corrente que percorre meu corpo é inegável, desde o segundo que você arrancou a fecha que impedia meu coração inerte de bater. 

De amar.

De viver.

Lá, no fundo, ainda sou apenas um garoto. Mas um garoto que quer se tornar um homem de verdade para você. Todo o passado, toda a dor já sentida, já não significa mais nada, porque, pela primeira vez, tenho alguém que me ama, que cuida e que traz o melhor que posso ser. 

Apenas por você.  

Não suporto a sua ausência quando você atravessa o poço, deixando-me desde lado. Quando as eras nos separam, sinto mais do que solidão. Sinto um vazio tão profundo, como não houvesse razão para fazer mais parte desse mundo. Seu toque tão quente, seu sorriso e seus olhos iluminados como as estrelas, tem tirado meu fôlego a cada dia. 

A cada segundo.

A cada hora. 

Sempre que nossos olhares se encontram, sinto que uma chave abre algo em mim. Destrancando de dentro da minha essência, um desejo que me faz querer lhe proteger, com a minha carne, com a minha vida, com a minha alma. 

Eu não sou perfeito.

Mas quero ser completo com você, Kagome.

 

 

Para Kagome, com amor.

Inuyasha.

∻➶♡➴∻

Eu podia escutar minha própria pulsação nos meus ouvidos.

Deixei a carta sobre a sua cama, quando não havia ninguém na casa. E agora estou aqui, na outra era de volta, esperando por ela. Depois de algumas horas, eu ainda sigo sentado a sua espera, mas o anoitecer já está surgindo e penso em desistir. Ela pode não ter gostado da carta, afinal. Deve ter ficado horrível aquele emaranhado de palavras com minhas letras tremidas.

Suspiro cansado. Quando por fim penso em desistir de esperar, ouço um barulho vindo do poço, e uma garota tão linda quanto as mais belas flores da primavera, surge saindo dele. Kagome me encara, sem dizer nada e em seus olhos surgem lágrimas. Eu devo ter cometido o maior erro da minha vida. Odeio a ideia de lhe causar qualquer tristeza. Sinto meu coração entalado na garganta.

O silêncio era ensurdecedor.

Estou fazendo o máximo para manter a armadura erguida, mas está sendo difícil conter. Desejo que me toque. Um beijo, um abraço... qualquer coisa.

De repente, vejo no seu rosto uma deliciosa expressão, cheia de carinho que me faz sorrir. Kagome corre e me abraça com força. Logo, sua boca encontra a minha e ela me beija delicadamente.

— Inuyasha... — Ela aperta mais forte seu abraço. — Eu li a carta...

Adoro como diz meu nome.

— Kagome...

Ela assente, mas fecha os olhos como se quisesse concentrar na minha voz. Somente nela.

—  Eu te amo, Kagome. — Confesso, baixinho.

— Eu também te amo. — Sussurra.  

Seu sorriso era genuíno.

Com certeza gostaria de vê-la sorrindo mais.

 

 

FIM!


Notas Finais


Esta história está disponível para leitura na plataforma do Wattapp, no perfil @manu_amare


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...