História Sintonia - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Amor, Colegial, Drama, Original, Romance, Yaoi, Yuri
Visualizações 8
Palavras 1.060
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Essa não é totalmente a minha primeira história, mas conta como a primeira :)
Quem quer que esteja lendo, me corrija se tiver erros. E só para avisar, mesmo se ngm ler eu vou continua escrevendo, já que eu preciso depositar tudo que eu penso em algum lugar. É isso, boa leitura ^^

Capítulo 1 - Aluna nova


P.O.V Luana 

Eu estava tranquilamente dormindo e sonhando, até que senti alguém me balançar e acordei, olhei para o lado e vi Jake. Sabe, no meu sonho eu estava em uma limusine, mas a vida é decepcionante afinal, eu estava em um ônibus escolar pronto para ir ao inferno de todas as crianças do mundo.

- A gente já chegou Lu. - ele disse como se estivesse se segurando para não entrar em coma.

Descemos do veículo e entramos no lar do capiroto. De cara no primeiro dia de aula ,que foi a mais ou menos 3 meses atrás, percebi que o ensino médio não era pra mim, era óbvio que deveria estar dormindo em vez de perder a minha sanidade aqui. 

Equanto andavamos ,olhei para meu lado e vi como Jake havi mudado dos anos passados para esse, aliás o que era aquilo no rosto dele?? Uma barba??? Como não notei antes????? Meu deus, nunca vi guri de 15 anos com barbixa. Ele mudou mesmo, de um menino gordinho, loirinho e fofo para um grandão, forte e fofo ainda.

- ...O que foi? Tem algo no meu rosto?- disse Jake, me fazendo perceber que eu já estava olhando para ele fazia tempo.

- Ah, não foi nada!- eu falei dando uma risada sem graça.

Chegando na porta da sala vi Carol e Luiz, que junto de mim ,Jake e Ana Julia (que esta na outra sala) eramos a "tropa do hospício", que temos até um grupo no zap com esse nome. Fomos até os dois e começamos a conversar antes de um dos professores chegar. Nesse meio-tempo, olhei para os meus outros amigos e comecei a analisar eles, como fiz com o urso com barba de bode, percebi que os dois haviam mudado também, quero dizer, bem pouco na verdade, já que Carol sempre teve o cabelo curtinho e só cresceu, mas continuava menor que eu. Já Luiz ele havia só colocado uns brincos, sua voz ainda estava ainda passando pela transição e também ele é, sei lá, 3 ou 4 cm menor que eu? Por ai. Percebi que ele estava deixando crescer o seu cabelo, mesmo que fosse bem curto ainda o cabelo dele, eu estou acostumada com ele careca. Acabei pensando na Ana também, ela esta do tamanho do Luiz, acabou de pintar o cabelo, não posso negar que todos mudaram. Depois da minha análise notei que só Jake é  mais alto que eu, mas pensando bem, quem não seria menor que esse garoto? Ele é enorme! 

Vi o professor entrar na sala e todos voltaram aos seus lugares, especialmente eu. Olhei para o homem e ,junto dele, enxerguei uma menina morena, com cabelos até o ombro, não muito alta, talvez do tamanho da Carol, e seus olhos eram castanhos escuros. 

- Quer se apresentar? - perguntou o professor à garota ao seu lado e a mesma acenou com a cabeça.

- Meu nome é Clarice é espero que nos deem bem! - logo após se apresentar a turma ela deu um sorriso bem bonito, se não for exagero meu, foi o mais belo que eu já vi.

- Sente-se ali Clarice. - Ele apontou para uma mesa vazia, atrás de Luiz. Quando se sentou, o professor começou a passar a matéria. Olhei para o menino e vi como ele parecia agitado com a menina lá. Achei meio engraçado, mas ignorei e comecei a prestar atenção na aula.

P.O.V Luiz

Cara, não posso acreditar que a guria nova havia se sentado atrás de mim! E além do mais, ela é bonita e menor que eu! A maioria da meninas são maiores que eu, menos a Carol e a minoria da sala. Mas ainda há tempo para eu crescer e assim ficar maior que a Luana.

- Ow,  teu nome é Clarice ,certo? Prazer em te conhecer. - olhei para trás perguntando em sussurros para não chamar atenção.

- Sim, prazer. Qual é o seu nome?- ela respondeu da mesma forma cuidadosa, para não atrapalhar ninguém.

- Sou Luiz - sorri - heim, se você não se incomodar pode ir lanchar comigo e meu amigos, eles são legais e aposto que irão gostar de você. 

- Claro, obrigada. - ela sorriu de volta, e meu, que sorriso é esse?

Ficamos conversando mais na aula, até aquele velho com bigode do Luigi nós interromper e me fazer responder uma pergunta, que eu não fazia a menor ideia de como responder. Admito que eu devia ter prestado atenção.

[...]

Quando tocou o sinal para o intervalo, eu e Clarice fomos até a "tropa do hospício" que ja estava no lado de fora da sala se encontrando com a AJ (Ana Julia), por algum motivo estava mais parda que o normal, por acaso ela foi a praia sem mim?!

- Eae galeuris, eu convidei a Clarice para lanchar com a gente, para ela já saber com quem andar, tá ligado?- falei.

- Prazer em conhecer todos!- a menina deu aquele sorriso bonito denovo.

- É muito legal te conhecer Clarice! - a Carol disse sorrindo para a menina.

- Você é a novata então, prazer em te conhecer. - AJ falou.

- Seja bem-vinda a escola!- Jake parecia bem feliz com a presença da menina nova.

- Seja bem-vinda ao lugar do caos e sofrimento , ele quis dizer. - Luana disse e deu um pequeno sorriso em seguida, Clarice riu de leve e fomos achar algum lugar para lanchar. 

Sentamos em uma mesa no pátio. A conversa estava até que boa, pelo pouco que havíamos se falado. Óbvio que demoraria para que virarmos amigos,  aliás, ela poderia começar a conversar com outras pessoas que fazem mais seu tipo. Mas tirando isso, todos estavam bem de boa, até mesmo a Lu que não gosta de ninguém dessa escola além do nosso grupo.

[...]

Todos estavam indo embora já, eu conversei mais um pouco com a Clarice antes do meu pai chegar e ela me contou que conheceu um grupinho ,fazia pouco tempo depois do sinal tocar, e que amanhã lancharia com eles. Fiquei sussa, eu já sabia que de uma forma ou outra ela iria conversar com pessoas que tem a mesma vibe que ela. A menina falou que ainda conversaria com a gente porque gostou do papo. Ao ver meu pai chegar me despedi dela e fui para casa.

 



Notas Finais


Se fosse chegou até aq eu te agradeço
Foi a minha "primeira historia" como eu comentei antes e se você ,leitor, quiser dar dicas e críticas fique a vontade :)
Obgd
Ps: provavelmente vou escrever um outro capítulo amanhã, pq eu estou ansiosa kkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...