1. Spirit Fanfics >
  2. Sir Nighteye. >
  3. Baby Nighteye - Um bebê sofrido - Parte 1.

História Sir Nighteye. - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Me perdoem, a capa ta horrível, mas eu queria uma imagem dele pequeno e foi só essas que eu encontrei. Espero que gostem.

Capítulo 2 - Baby Nighteye - Um bebê sofrido - Parte 1.


Fanfic / Fanfiction Sir Nighteye. - Capítulo 2 - Baby Nighteye - Um bebê sofrido - Parte 1.

Deitado em minha cama, ele se encontrava enrolado nos cobertores. Dormia um sono pesado e profundo e  em alguns momentos se mexia. Eu o observava, ainda pensando no que o loiro me disse.
   "Mirio: Precisamos que você cuide dele, temos aulas e também temos que cuidar da agência enquanto ele não volta ao normal, então por favor ...
E: Me diga primeiro o que aconteceu.
M: Enquanto fazíamos uma patrulha pela cidade um homem esbarrou com ele e após alguns minutos o Sir começou a encolher. Fomos atrás do homem e o pegamos e tudo que ele disse foi que demoraria para passar o efeito.
E: Quanto tempo?
M: Ele não disse - Falou cabisbaixo.
E: Deus ...
M: Por favor, alguns médicos e pesquisadores estão fazendo o que conseguem para fazer ele voltar ao normal, mas até lá ....- Ele olhou para o pequeno bebê de madeixas loiras e cabelos esverdeados - Ele vai continuar assim..."
   Aceitei cuidar de Sir, mas ainda me perguntava por quanto tempo seria. Algumas horas após me deitar eu ouvi Sir chorar e fui até ele, estava dormindo no sofá pois quem estava dormindo em minha cama era ele. Eu peguei no colo e o abracei.
E: Tá tudo bem pequeno, eu estou aqui.
  Não tinha ideia do porque estava fazendo aquilo, mas fiz mesmo assim. Ele dormiu abraçado comigo após isso. No outro dia após me levantar, eu preparei algo para ele comer. Cortei algumas frutas macias, não sei exatamente o que bebês comem, então cortei frutas e dei um copo de suco natural. Ele comeu e bebeu, não fez birra e nem brigou. Até que é uma criança calma.
   Tinha que comprar coisas para bebês, então aproveitei e o levei para passear. Acabei entrando em uma loja em que havia um conjunto de roupas para bebês, do All might, ele acabou gostando e começou a chorar, enfim acabei levando e depois disso ele se comportou direitinho.
    Lá pelas nove da noite, eu o coloquei na banheira com um pouco de água quente e comecei a dar banho no mesmo. Admito que foi um pouco estranho, estava dando banho em meu chefe, e ele estava pelado. Depois disso eu o coloquei na cama e ele dormiu e novamente eu fui para sala, dormir no sofá. Acordei com seu resmungo e choro, parecia mais triste, era um choro carregado de tristeza. Ao chegar no quarto eu o observei, pelo seu rosto ele parecia estar sofrendo.
   " Será que teve um pesadelo?"
Não sei o porquê, mas vê-lo desse jeito me apertou o peito e eu o peguei no colo o apertando contra meu peito, alisando seus cabelos em seguida. Ele demorou para se acalmar e eu fiquei ali sussurrando para ele.
E: Sir tá tudo bem, eu tô aqui, não precisa chorar...
    Ele dormiu agarrado em mim, de novo. Fiquei ali com ele, me perguntando o porque daquele choro ser estranho, não era uma birra de bebê, mas sim um choro profundo, algo que se você ouvisse te faria chorar junto.
E: O que tem guardado só pra você, Sir ?
   


Notas Finais


Obrigada por terem lido até aqui. Até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...