História Sister's - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2NE1, 4Minute, Black Pink, EXID, G-Friend, TWICE
Personagens Chaeyoung, Cl, Dahyun, Eunha, Ga Yoon, Hani, Hyerin, Hyun A, Jennie, Ji Hyun, Ji Yoon, Jihyo, Jisoo, Junghwa, Jungyeon, LE, Lisa, Mina, Minji, Momo, Nayeon, Park Bom, Rosé, Sana, Sandara Park, SinB, So Hyun, Solji, Sowon, Tzuyu, Umji, Yerin, Yuju
Tags 2eunbi, 2yeon, Dahmo, Dasoni, Michaeng, Satzu, Sohyo
Visualizações 162
Palavras 851
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - MiChaeng


Fanfic / Fanfiction Sister's - Capítulo 8 - MiChaeng

— Mina unnie! - Ouço uma voz estridente me chamar. 

Viro dando de cara com a tampinha da Eunha. Estranho, nem somos da mesma sala e não temos amigos em comum. 

— O que foi? - Coloco a mão no bolso. 

— Eu queria saber se você pode me ajudar com uma coisinha - Franzi o cenho. 

— Me segue - Pediu e foi na frente.  

Sem escolha segui a baixinha. Era engraçado o modo como suas pernas curtas se mexiam e como ela estava com pressa estava mais engraçado ainda. Saímos da escola e ela foi até o estacionamento onde estava Sowon,Yuju e Yerin tentando tirar algo do carro. 

— Trouxe ajuda! - Anuncia. Todas olham pra mim. 

— O que é pra eu fazer? - Pergunto bocejando. 

— Temos que tirar essa bigorna daqui - Aponta o objeto no porta-malas - Mas nenhuma de nós consegue tirar 

Me aproximei para ver qual era o peso da bigorna, mas os números estavam raspados. Suspirei e tirei o objeto dali e me virei para elas 

— Onde é pra colocar isso? 

— Joga aqui! - Yerin abriu a caçamba de lixo. 

Joguei o negócio lá dentro. Bati as mãos limpando-as da poeira do objeto. 

— Obrigada Mina unnie! - Agradece Eunha. - Desculpa tomar o seu tempo 

— Não foi nada. Até a festa então - Acenei e fui embora. 

Quando eu penso que ia ficar em paz surge Chaeyoung me chamando. Massageio minhas têmporas e respiro fundo para não matar ninguém. 

— O que é agora? - Digo curta e grossa. 

— Só queria me levasse ao banheiro. Eu ainda estou aprendendo a me localizar aqui 

— Chaeyoung inventa uma desculpa melhor da próxima. O banheiro tá bem atrás de você - Digo sem paciência. 

— Ah! 

— O que quer de verdade? - Torceu os dedos. 

— Jura que não vai me bater? - Franzi o cenho. 

— Porque eu iria te bater? - Pergunto confusa. 

— Só jure unnie! - Fala um pouco baixo. 

— Tá eu juro. Agora o que você quer? 

— Isso 

Se aproximou de mim e ficou nas pontas dos pés me dando um selinho.................Ela me beijou!? CL do céu! Jesus me ajuda! O que eu faço? E-Eu não sei o que fazer! Mesmo sem muito segurança no que estava fazendo pus a mão em sua cintura apertando ali. Aprofundou o beijo pedindo passagem que eu cedi. Foi um beijo rápido pois estávamos na escola e o inspetor poderia ver. Ao me separar dela vi seu rosto totalmente vermelho. Ri. 

— Nem parece a Chaeyoung que mandou a Nayeon se fuder - Corou mais e escondeu seu rosto em meu pescoço.  

— Ficou com vergonha foi? - Comecei a fazer cócegas nela que se contorcia. 

— P-para u-unnie! - Exclama rindo. 

— Só se admitir que estava com vergonha - Continuou com a tortura. 

— Eu e-stava c-com ver-vergonha! - Admitiu e eu parei - Você é má unnie 

— Você ainda não viu nada ChaeChae 

— ChaeChae? Que apelido é esse? - Dou de ombros. 

— O meu apelido para você. - Sorriu. 

Sana On

 Eu não acredito que Tzuyu teve coragem de me beijar na frente de Mina e Momo e eu também não acredito que Mina e Momo não fizeram nada! Eu até estranhei, elas devem estar planejando algo. Fui dar uma volta na escola e vi uma cena muito fofa! Mina e Chaeyoung se beijando. Ficou tão fofo o modo que Chaeyoung ficou na ponta dos pés. Ri e passei reto sem elas me verem. 

Encontrei a outra Chaeyoung mais conhecida como Rosé. Ela é tão fofa! Me sento próximo a ela começamos a conversar. Passei o resto da manhã e tarde com Rosé. Em poucas horas de conversa já nos tornamos amigas. Quando vi o relógio já eram 18:56 da noite. 

Me despedi de Rosé e corri para casa, Momo deve estar roxa de fome. E ao chegar em casa encontrei Momo comendo lámem junto a Mina enquanto assistiam TV. 

— Ué!? Quem fez comida?! 

— Jihyo! Como você sumiu pedimos para ela fazer nosso jantar e um pouco de lámem em troca de notas boas na escola. - Explica Momo 

— Onde esteve o dia inteiro? - Pergunta Mina. 

— Eu fiz uma amiga e passamos o dia conversando - Digo simplista. 

— E vocês onde passaram o dia? 

— Eu estava tentando conquistar minha futura esposa - Fala Momo. Reviro os olhos 

— Momo é bom você parar. Ela tem namorada e você vai apanhar da Hyojin se chegar perto de Hani 

— Mas eu tenho 0,1% de chance! Não vou desistir! - Mas é trouxa mesma!  

— E você Mina? - Coloco minha comida e sento próximo a TV. 

— Passei o dia com Chaeyoung. - Diz simplista. 

Olhei o anime que passava. Era bem interessante 

— Que anime é esse Momo? - Pergunto. 

— 'Donzela do Inferno' Hani indicou. 

 Suspiro. Só vejo o dia da Momo apanhar de Hyojin. Solji não é de violência, mas quando se trata de Hani ela bate até em Deus.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...