História Sisters - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Karin, Kizashi Haruno, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Orochimaru, Personagens Originais, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Naruto Sasusaku Irmãs
Visualizações 29
Palavras 2.405
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Nunca é cedo para novas amizades ou amores.



         ~ Sakura Haruno.

Após a breve palavra com o uchiha, fui para perto do restante do pessoal, mais pouco tempo depois descidi que era hora de ir, pois não  estava com cabeça de ver esse povo todo se pegando. Fui me afastando e procurando akise, e se não o encontra-se já tinha um plano B, pegar um táxi e chegar em casa.

Estava já próximo a porta da boate quando senti alguém pegar meu braço, me virei e era o meu vizinho.

Sasuke: Já vai embora rosada ?

Sakura: Sim , porquê o seu interesse ?

Sasuke: Bom, é que notei que você veio com seu irmão , e percebi que ele sumiu, e eu já estava pra ir embora também, poderia te dar uma carona. - Ele finalizou seu raciocínio com um sorriso.

Sakura: Isso é Desnecessário, vou de táxi, se quer dar carona há alguém, dê há sayury.

Sasuke: Você é muito difícil de se aproximar, e sayury disse que vai esperar Akise.

Sakura: Essa é a graça, ser difícil. Até mais Vizinho. -sai andando para o estacionamento e ouvi ele gritando da porta.

Sasuke: VOCÊ AINDA VAI FICAR COMIGO. - dei uma gargalhada interna com a audácia e a alto estima que esse homem tem.

????: Sakura espere. - me virei e era o ruivo que eu havia dançado.

Sasori: Sakura me deixe te levar em casa. Esta tarde são quase 5 da manhã.

Sakura: Muito obrigada, já até me ofereceram, mais vou de táxi.

Sasori: Eu vi que lhe ofereceram, mais não posso te deixar ir sozinha, até mesmo de táxi pode ser perigoso, se não aceitar, você pega o táxi e vou atrás dele.

Sakura: Poxa você é mesmo insistente, aceito sua carona, mais só porque meu irmão já te conhece há algum tempo. -Ele sorriu e se pós ao meu lado, caminhamos ate chegar em uma lamborghini preta. Ele abriu a porta e entrei.

Sakura: Quase nada chamativo em.

Sasori: Bom, eu desenvolvo jogos, e cá entre nós , os jogos de corrida com carros esportivos é um xôdo, precisa ver as miniaturas que tenho em casa, quem sabe um dia você não me dê uma oportunidade de te levar para conhecer.

Sakura: Também acho lindo carros espotivos. E quem sabe não.

Sasori: Então você é vizinha do uchiha ? Que azar não. - Logo precebi que ele queria ver qual era minha intenção com o uchiha.

Sakura: Sabe, pra mim não faz a menor diferença, não vou negar que ele é bonito, mais até o momento não tem me dispertado interesse. - Menti ? Um pouquinho. Mais Sasori olhou pelo canto do olho e deu um leve sorriso. E Se intalou o silencio até a chegada na frente do prédio.

Sasori: Pronto, está entregue. - Disse ele saindo do carro e abrindo a porta para que eu saísse.

Sakura: Obrigada, você não precisava ter me acompanhado.

Sasori: Não foi nada, minha casa fica há menos de 5 minutos de carro daqui. Bom, espero te ver outra vez.

Sakura: Nos veremos. - ele deu um beijo em minha mão, entrou no carro e partiu.

Me perdi um pouco no quão gentil ele era, o sol já estava querendo clarear o céu, resolvi entrar no prédio, dei bom dia ao porteiro e fui caminhando até o elevador. O celular vibra com uma nova mensagem, desbloqueio e vejo um número desconhecido, acompanhada da seguinte mensagem.

Espero que não fique brava, pedi seu numero ao seu irmão, me diverti essa noite com você , queria te encontrar hoje depois de acordar, se aceitar me responda, tenha bons sonhos.💭😊

_Sasori

Lendo a mensagem entrei no elevador sorrindo ao vento, sasori era um bom rapaz, ao menos pelas minhas impressões, vamos ver oque resolvo após dormir.

???- Ei ei, segure o elevador. - era sasuke, fingi não ouvir. Mais ele correu e chegou há tempo de impedir que a porta fechasse.

Sasuke: Nossa não me ouviu falar com você.

Sakura: Hoo sim, ouvi, só não estava muito afim que você entrasse. - falei apertando o número 9 no elevador.

Sasuke: Sakura certo ?! Não me lembro de ter lhe feito algo para que não quisesse ficar perto de mim.

Sakura: E não precisa fazer nada, so não estou afim de ter qualquer tipo de aproximação com você.

Sasuke: Haa entendi, então você está com medo doque te disse na porta da boate, sobre você ficar comigo.

Olhei para a cara dele, e ele estava com um brilho nos olhos assim como ontem no café, eu não sei se era isso, mais eu não queria ficar no mesmo lugar que ele, acho que ele tinha razão ,eu estava com medo de cair em seus encantos, pois tudo nele me seduzia, seu perfume amadeirado, seus fios negros desalinhados ,mais eu não quero ser presa fácil.

Abri a boca para responde-lo mais me dei conta que já havia passado tempo demais, bufei, a porta se abriu e ele saiu com sorriso vitorioso. Sai do elevador e fui em direção há minha porta , mais assim que passei ao lado dele, ele me puxou e me prensou na parede.

Sasuke: Sabe, nenhuma mulher nunca fez oque você esta fazendo comigo, você faz meu sangue ferver, parece até que você é o fruto proibido. Pare de ser tão dificil. - fiquei quieta, pois eu estava me arrepiando conforme ele sussurava isso em meu ouvido, ele mordeu o lóbulo da minha orelha, desceu até o pescoço e quando ia me dar um beijo consegui juntar forças e Sai rapido para a porta do meu apartamento, peguei as chaves e tentei colocar na fechadura o mais rapido que pude, mais minhas mãos me traíram e deixaram a chave cair, sasuke então veio se aproximando, eu rapidamente peguei a chave do chão.

Sasuke: Quer que eu te ajude ?

Sem responder eu destranquei a porta, entrei e fechei ela na cara do meu vizinho. Que sussurou atrás da mesma.

Sasuke: Se quiser terminar oque começámos no corredor, é so bater em minha porta há qualquer dia e hora, Durma bem rosada.

Tranquei a porta, e fui direto ao banheiro tomar um banho quente, pois não posso negar que eu havia ficado excitada com a situação, ele era um belo deus grego, e eu estava negando todas as tentações ,para deixar claro que não era uma " Presa fácil", agora pergunta se eu queria estar naqueles braços ? Queria, mais o meu orgulho de mostrar que sou melhor não deixa.

Sai do banho e como não estava frio apenas coloquei uma calcinha box, uma camiseta e uma meia, fui na geladeira peguei um copo de suco,enquanto tomava caiu minha ficha que amanha tenho que ir as compras, deixei o copo na pia e fui dormir.

   [.........]

Poxa, como dói, até meus olhos estão pesados para abrir. Pera pera, abri, nossa como ficou claro, a cabeça dilatando, com muito esforço me virei e peguei o celular no criado. 2 mensagens, pra quem não conhece ninguém tá bom.

Akise- Bom dia maninha, espero que tenha chegado bem, desculpe pelo sumiço, assim que puder me ligue.

Mais tarde mano, fui para a próxima mensagem.

******- Bom dia sakura, espero te ver hoje. #Sasori.

Nossa nao tive coragem nem de salvar o número. Pronto.

Levantei fui até o banheiro e peguei um remédio pra dor de cabeça, tirei as roupas e tomei um banho rápido.

Abri o guarda-roupas e vesti um conjunto branco, uma calça jeans preta, uma regata rosa, e all star preto, prendi o cabelo em um rabo de cavalo e peguei o celular que ainda estava com a capa carteira,eram 12 horas. Aproveitei para dar notícias de vida para akise e responder ao sasori.

Akise, cheguei bem, depois falámos sobre seu sumiço , irei comprar algumas coisas e sair com uma pessoa, até mais tarde.

Na mesma hora veio há resposta.

Akise- Tudo bem, depois quero saber com quem minha irmã anda saindo. Bjus e cuidado.

Agora vamos falar com sasori.

Bom dia sasori.

Sasori- Bom dia sakura, achei que não iria me responder 😋

Estava me arrumando. Aquele encontro ainda está de pé ? 😉

Sasori- Claro, quer que eu já vá te buscar ?

Não , Primeiro vou fazer umas compras em um shopping que vi há 4 quadras daqui , dai assim que terminar você vem.

Sasori- Bom estou sem fazer nada, faz assim, te encontro lá no shopping, e te ajudo com as sacolas, que tal 😎

Kkkkk tudo bem.. Não tem como te dizer não. Até

Sasori- Até 👋

Sai do apartamento, e desci para a rua, fui caminhando ate chegar ao shopping, afinal 4 quadras não era longe, uns 8 minutos eu devo ter gastado de casa ate a frente do shopping, andando devagar observando tudo ao meu redor, passei pelo estacionamento do shopping e já avistei a Lamborghini nada chamativa e o rapaz de cabelos cor de sangue. Ele veio me receber com um gostoso abraço.

Sasori:Nada melhor que um contato físico para alegrar o dia. - eu sorri com o jeito de sasori. - Vamos, aposto que está com fome. - e ele acertou na mosca.

Sakura: Você é bem diferente dos demais do grupo de ontem. É alegre.- saimos andando para o interior do shopping.

Sasori: Isso porquê você não chegou há conhecer bem o naruto, tem horas que ele chega a ser um nojo de tanta energia. - ele disse sorrindo, forcei minha mente para lembrar do momento das apresentações de ontem, e lembrei que naruto era o loiro com risquinhos na bochecha, namorado da morena bonita de olhos claros.

Sasori: Bem, oque veio fazer em konoha senhorita ?

Sakura: Bom, vim pra começar um estágio em algum hospital, amanhã irei fazer algumas provas, para decidir em qual vai ser. - falei, pegando um carrinho e entrando no supermercado.

Sasori: E não poderia ter feito isso em kousaka ?

Sakura: Sim, mais quis aproveitar que meus irmãos iriam vir pra cá, e kousaka não é tão grande quanto aqui, isso iria diminuir minhas oportunidades.

Sasori: Entendo. - nossa conversa deu uma pausa, pois queria acabar logo essa compras, coloquei sasori para pegar as frutas pra mim, enquanto pegava as guloseimas e produtos de limpeza e higiene.

Comecei a passar tudo no caixa.

Sasori: Nossa 2 caixinhas de suco em pó so pra você ?

Sakura: Se eu não tomar isso fico com os mesmos sintomas que um viciado em café fica sem tomar café.

Terminei tudo, Sasori colocou minhas compras em seu carro e me levou até o apartamento, subimos o elevador e sasuke estava saindo do seu apartamento, sasori e ele trocaram olhares nada discretos, ele olhou pra mim e foi para o elevador, destranquei o apartamento e entramos, coloquei as compras em seus devidos lugares.

Sasori: Bonito seu apartamento.

Sakura: Obrigada, ha, preciso me trocar ?

Sasori : Está perfeita assim, não iremos ha um baile de gala. Irei te levar há varios lugares.

Saimos dali e fomos para seu carro, me segurei o caminho todo para não enche-lo de pergunta, irei esperar o momento certo, e acho que está perto, pois paramos em frente há um restaurante.

Pegamos uma mesa próximo há janela, que tinha vista para o parque, peguei o cardápio e pedi peixe grelhado com goham, e Sasori pediu sushi.Aproveitei a espera dos pedidos para matar toda minha curiosidade.

Sakura: Sabe, reparei em você e Sasuke no corredor do predio..... vocês são inimigos ?

Sasori: Não, eu só não gosto do jeito dele, ele acha que pode tudo, que ninguém pode negar nada há ele. Como te falei, todas são presas fáceis pra ele. E ele acha que sou um idiota que so sabe ficar na frente de computador desenvolvendo "coisas" como ele diz.

Sakura: Você não é idiota... Bom mais mudando o assunto... Você é daqui mesmo ? Me conte sobre você.

Sasori: Sou de tokyo, por isso conheço sasuke, naruto e hinata também vieram de lá, conheci eles na escola particular, eu era bolsista, eu vivia no subúrbio de tokyo com meus pais, eu sempre adorei jogos, meu pai me dizia que isso era perca de tempo, que era pra me focar em estudar e ser um advogado como o filho prodígio do seu chefe, que por acaso era o irmão de sasuke, meu pai arquivava plantas de prédios, ele era um idiota.

Sakura: Não fale isso.

Sasori: Ainda não te contei tudo, sempre que saia do trabalho ele bebia, chegava em casa e nada estava bom, até que um dia, ele não chegou bêbado, ele pediu para que entrássemos no carro, e assim fizemos, mais minha mãe pediu para que eu descesse e fosse buscar seu casaco, eu fui, mais quando voltei ele ja tinha saido, acho que não notou minha falta, eu tinha 14 anos, então voltei para dentro e fui dormir, de manhã fui acordado com a polícia invadindo a casa, e me dando a notícia, sinto muito garoto, seu pai jogou o carro da ponte e depois se matou, viemos procurar pistas de que ele já tivesse planejado isso..... Resumindo, perdi a bolsa, fui para o orfanato, continuei sem fazer oque meu pai queria, e me formei em programador, consegui um estágio aqui, juntei dinheiro e abri meu próprio negócio, que hoje é um dos maiores do mundo.

Sakura: Eu sinto muito. Há cada pergunta minha só pioro o clima.

Sasori: Não precisa se preocupar, só fico pensado em minha mãe , ela deve ter sentido algo para me mandar sair do carro.. Mais fazendo igual você, e mudando de assunto, porquê você parece distante de sua irmã ? - Nossos pedidos chegaram e entre uma garfada e outra explicava.

Sakura: Sabe, eu não sou próxima dela, como geralmente os gémeos são, ela sempre quis me ferrar, até os meninos que eu gostava ela dava um jeito de fazer eles terem algum tipo de raiva ou nojo de mim, quando pequena ela falava para eles que eu tinha piolho, era até engraçado, mais na adolescência piorou, começou a inventar traições, matava meus animais de estimação... Ai eu tenho até raiva de falar dela. - Sasori começou a rir. - Qual a graça ?

Sasori: Sobre os piolhos... Quando criança eu lutava contra eles, eu até me negava ha ficar próximo de outras criança so pra não pegar. Que tal irmos ?

Sakura: Okay. - ele pediu a conta e acertou, saimos e entramos no carro.

Sasori: Olha pra mim. - Olhei, ele chegou perto do meu rosto, pegou no meu queixo e me beijou, era bom, um beijo refrescante, e firme, ele parou e sorriu. - Quero que veja minha coleção que te disse ontem, vamos pra minha casa, e quando quiser te levo embora, tudo bem ?

Balancei a cabeça positivamente ainda extasiada pelo beijo e partimos para sua casa.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...