História Site para adultos - Taekook - Vkook - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Namjin, Taekook, Vkook, Yoonseokmin
Visualizações 96
Palavras 1.199
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Capítulo 3


-OUTRA VEZ, KIM TAEHYUNG?! ONDE ESTAVA COM A CABEÇA PARA SIMPLESMENTE MENTE PARA NÓS PEDINDO SEU AMIGUINHO PARA QUE DISSESSE QUE ESTAVAM EM UMA FESTA DE UMA IGREJA?! POR QUE VOCÊ FEZ ISSO?! ESTÁ IMPLORANDO PARA RECEBER ALGUM CASTIGO!

Fiquei apenas escutando aquilo de cabeça baixa, ele estava gritando há 5 minutos. Meus amigos e os pais deles nos olhavam estanho. Meu pai estava completamente fora de si

-Eu vou ter lhe dar castigos e criar formas de fazê - lo não desobedecer mais

-Desculpa - Murmurei 

-EU JÁ LHE DISSE PARA NÃO ME PEDIR DESCULPAS, NÃO DISSE?!

-S-sim senhor

 

P.O.V - Autora:

 

 

-Ótimo. Kim Taehyung e senhores Kim, podem sentar-se ali. Agora é hora dos senhores Park conversarem com Jimin. Cada familiar tem o direito de conversar por 5 minutos

Os pais de Jimin juntamente do garoto foram para a mesa e Taehyung e foi junto de seus pais foram sentar-se

-Jimin, por que mentiu para nós e para os outros pais? - A mãe de Jimin perguntou tranquila

-Desculpa, eu queria muito que fôssemos nesta festa e vocês não iriam permitir, assim como os pais deles 

-Está vendo?! O moleque tá sendo criado por uma mãe sonsa, dá nisso - O pai de Taehyung comentou fazendo todos presentes ali o olharem

-Escuta aqui! Quem você acha que é para chamar meu filho de moleque e ainda de criticar a forma que criei meu filho?!

-Um cara sincero - Riu cínico 

-Se você é realmente um homem de Deus, deveria rever as coisas que você diz por aí - O pai de Jimin se pronunciou calmamente

-E desde quando Deus disse que não deveríamos ser sinceros ou termos livre arbítrio? 

-Ele não lhe privou disso. Mas já falou que não deveríamos julgar ninguém 

-Foda-se - Respondeu e se arrependeu na mesma hora

Todos, menos o pai de Jin, o olhavam incrédulo

-Concordo com o pai do Taehyung - Comentou o pai de Jin com a voz claramente alterada. Ele estava sob efeito de bebidas

Isto estava parecendo as tretas mundiais recentes. O pai de Taehyung parecia o Brasil, julgando a todos. Os pais de Jimin representam a Europa, tentando seguir na paz e o pai de Jin era igual aos Estados Unidos apoiando o Brasil

-Então, Jimin - a mãe dele prosseguiu - Da próxima vez converse conosco e se você sabia que iríamos brigar, é porque você sabe que não gostamos daquele tipo de lugar. Vocês são jovens, não deveriam estar bebendo e voltar altas horas da madrugada 

-Filho, a sua mãe está certa, o mundo está perigoso e você sabe disso. Temos medo de perder você, meu amor

-Desculpa appa e omma

-Tudo bem, meu filho. Não se preocupe, só não o faça de novo

-Ok

Os Park e o pai de Jin trocaram de lugar

-O que tava pensando, desgraçado?! - Perguntou nervoso e quase caindo no chão de tão bêbado 

Não deveria estar xingando em pleno colégio religioso - Uma das professoras que estava lá se pronunciou

-Eu falo oque eu quiser e educo meu filho da maneira que eu achar melhor

-Pai, por favor...

-Não tem essa de por favor. Quem mandou você agir igual a um marginal e fugir do colégio com o idiota do seu amigo?!

-Não chame meu filho de idiota - A mãe de Jimin o defendeu

-Mas é a pura verdade. Esse garoto nem deveria estar aqui. Percebe-se facilmente que é uma porra de um gay!

A mãe de Jimin olhou para o filho, olhou seu marido e voltou seu olhar para o pai de Jin

-E se ele realmente for? O que lhe daria o direito de se intrometer na nossa vida?

Jimin estava surpreso com a resposta de sua mãe 

-Está vendo? Como o pai de Taehyung disse, é uma mãe muito sonsa mesmo e Kim SeokJin, quando for lá para casa no final de semana, irei lhe castigar

-S-sim

 

[...]

 

 

 

P.O.V-Taehyung:

 

 

 

-Seus pais são tão tranquilos, Jimin - Comentei

-Eu não imaginava que eles diriam aquilo sobre eu ser gay

-Eles sabem que você é?

-Não. Eu nunca contei, porém pretendo

-O que está olhando, Jin?

Jin apenas apontou para algum lugar, quando olhei, avistamos dois garotos muito bonitos e um deles olhava para Jin 

-Huum. Que gatinho! Se eu fosse você não perderia esta grande oportunidade

-Do que estão falando? - Jimin perguntou olhando em volta e logo percebeu que olhávamos os dois garotos - Aquele de cabelo azul é bem mais gato

-O loiro está olhando para mim - Jin comentou

-Vai lá nele - Falei sorrindo malicioso

-Ata, claro. Vou falar: Oi loirinho, tudo bem? Então, você estava me olhando e meu amigo me obrigou a vir falar com você 

-Perfeito! Se quiser passar vergonha

-Aish - Revirou os olhos - Não tenho idéia do que falar com ele

-Pois então descubra, ele está vindo aí 

-Que?!

-Olá - O loiro sorriu

-Oi - Respondemos

-Tudo bem? - Perguntou

-Sim, estamos bem - Respondi

-Nem me esperou - O outro garoto veio até nós 

-Bom, sou Namjoon, este é o Yoongi mas podem chamá-lo de Suga

-Sou Taehyung mas pode me chamar de Tae, este é Park Jimin mas pode chamá-lo de Jimin e por último, este é Kim SeokJin, mas fique a vontade para chamá-lo apenas de Jin 

-Jin, Huh? - O loiro falou pensativo - Gostaria de sair comigo algum dia, Jin? 

-Bom... Mas eu nem te conheço 

-Isso pode servir para nós nos conhecermos 

-Como terei certeza de que não irá me sequestrar?

-É... Isso complica

-Sem certeza, eu não saio

-Ok, quer ir até a lanchonete do nosso colégio para podermos conversar e se conhecer melhor?

-Agora aceito. Irá pagar minha comida?

-Claro. Eu estou convidando

-Então vamos

Os dois foram juntos para a lanchonete

-Então... - Yoongi queria quebrar o silêncio constrangedor que estava naquele momento

-Então Yoongi, você é gay? - Jimin perguntou

-Que tipo de pergunta é essa?!

-Desculpa, sou direto 

-Como confiaria em você para contar minha sexualidade?

-Não vem dar uma de Jin não, ok?

-Gostei de você - Sorriu - Ok,  eu sou gay e você? 

-Também sou. Posso saber por que gostou de mim?

-Sincero... Nervosinho... 

-Também sou infantil, ajo por impulso, só faço merda

-Você parece ser alguém bem legal

-Vou deixar vocês dois conversarem sozinhos - Falei e segui para o dormitório 

Ao chegar nele, tranquei a porta e me deitei em minha cama pegando meu celular e entrando rapidamente no meu site preferido para ver se tinha algo sobre o Daddy

Havia uma pastagem do garoto falando sobre um sorteio e o grande vencedor poderia conversar com ele por ligação 

Taehyung nem pensou duas vezes antes de se inscrever, afinal, não tinha nada a perder

 

[...]

 

Taehyung não acreditava que o vencedor era ele 

Ficou tão feliz que queria pular pelo colégio. Passou o número para o garoto pelas mensagens privadas e em poucos segundos seu celular tocou

Atendeu se sentindo completamente nervoso

-Olá? - Ouviu a voz do outro lado e sentia que já a ouviu em algum outro lugar 

-O-Oi - Respondeu tímido 

-Sua voz me parece conhecida - Falou



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...