1. Spirit Fanfics >
  2. Sítio do Pica-Pau amarelo >
  3. Adeus velhas lembranças

História Sítio do Pica-Pau amarelo - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Saudades da minha infância, quando eu acordava cedo pra assistir o sítio antes de ir pra escola, tô nostálgica hoje✊🏻😔

Capítulo 1 - Adeus velhas lembranças


Querida Narizinho! Quanto tempo se passou não é mesmo? Hoje resolvi te escrever pois, acho que é minha última oportunidade. 

Muita coisa mudou desde aquele fatídico dia que a dona Benta se foi. Lembro como se fosse hoje! Você e Pedrinho já não eram mais crianças, tia Nastácia não tinha mais forças para cozinhar, Visconde se isolou na biblioteca, afundou-se nos livros para não se afogar na tristeza.

E eu? 

Eu já havia sido esquecida há muito tempo em um baú empoeirado! As coisas já não eram as mesmas; mas tudo ficou ainda mais diferente depois que a simpática velhinha deu seu último suspiro!

Quando as crianças crescem, a magia some, se esvai junto com a inocência. E foi isso o que aconteceu. Depois que vocês se tornaram adultos e deixaram o sítio, pouco a pouco o reino que construímos foi se desfazendo. 

A cuca se isolou no pântano, já não tinha quem aborrecer, o Visconde voltou a ser o que era, apenas um sabugo de milho. O saci nunca mais aprontou uma de suas peripécias, a falta que sentia da Tia Nastácia o consumiu; o burro falante, parou de dar conselhos, ou melhor, parou de falar por completo, o Quindim desapareceu, acho que aqui não era o seu lugar.

Eu lutei por longos anos para não deixar que tudo acabasse. Mas com o passar dos anos, ficava mais difícil resistir. Aos poucos fui perdendo a coordenação das pernas, não lembro mais o som da minha voz, e a pouca força que me resta,  uso para escrever essas palavras. 

Sinto tanta saudade daquela época, queria poder sair desse baú, só para vê nosso querido sítio uma última vez. Me pergunto se a jabuticabeira ainda da frutos tão doces, ou se tudo ainda permanece verde como antes. Penso como anda o reino das águas claras, será que o doutor caramujo tem uma pílula que cura saudade? Será que o Príncipe Escamado se casou? Será que a dona Aranha contínua costurando?

Eu não sei, mas espero que todos estejam felizes, assim como espero que você e Pedrinho também estejam. Se consegui sobreviver a tanto tempo dentro desse baú é graça a vocês, e as boas lembranças que guardei em meu coração. Confesso que em algum momento os culpei por terem ido embora. Mas, logo percebi que vocês não tinham escolha, e que infelizmente a infância acaba. Ainda tenho esperanças que você cumpra a promessa que me fez anos atrás, você sabe qual é!

Esperarei esse dia ansiosamente, mas até lá, essa não mais tão falante boneca de pano se despede. Minhas mãos tremem e lágrimas correm em meus retalhos, mas é com felicidade que digo: Obrigada Sítio do Pica-Pau amarelo, por ter feito de mim uma menina feliz, e ter feito outras crianças tão felizes quanto. Guardo todas as histórias comigo nesse velho baú, e ele sempre estará aqui caso queria revivê-las. 

Com imensa saudades; Emília





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...