História Six Months - Camren - Capítulo 35


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Ally, Camila, Camren, Dinah, Lauren, Lucy, Normani, Norminah, Troy, Verlucy, Vero
Visualizações 229
Palavras 1.111
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VOLTEI, desculpem, era pra ter att no domingo retrasado, mas, a vida é corrida, apesar de ter conseguido um tempinho dias atras, mas, é que eu queria revisar tudo então aqui estou. E CARAMBA QUASE 110 FAVORITOS? SÉRIO, VOCÊS SAO OS MELHORES (coraçao pra vocês, porque estou no notebook)
Drama chegando, rolando o preparativo pra o final...
Boa Leitura
Enjoy ;-)

Capítulo 35 - Capitulo 35


Autor Narrando:​

- Até quando você vai conseguir esconder da Lauren a verdade? Dinah adentrou no banheiro vendo Vero passar uma água no rosto depois de ter escovado os dentes.

- Não faço idéia, eu sai de lá pra evitar isso, aquela garota me conhece como ninguém, sabe que tem algo errado e está esperando que eu conte, mais como? Como vou jogar uma bomba dessas no colo dela e esperar que ela não fique pelo menos sem olhar na minha cara por uns meses? Pediu Vero secando o rosto encarando Dinah em seguida.

- Você acha que ela pode ficar com raiva de você?

- Dinah a mãe dela tá com um tumor o possível; - E não contei, ela vai ficar com muita raiva.

- Mais vocês são melhores amigas.

- E eu sei que a mãe dela tá com tumor, você não ia gostar de saber da Mani se fosse no seu caso? Viu Dinah assentir. – Então, merda porque Clara foi me contar isso.

- Calma Vero, vamos dar um jeito nisso. Tentou acalmar a mais velha.

- Quando? Quando Clara estiver no seu hospital precisando de um fígado novo. Passou a mão pelo rosto sem saber o que fazer. – Eu não quero que a Laur fique com raiva de mim, chame de egoísmo não ligo mais eu não quero Dinah. Pela primeira vez em dois meses Dinah viu Vero chorar e não sabia o que fazer.

- Ei; Alisava de leve o ombro; - Se te serve de consolo minha mãe é uma ótima cirurgiã. Vero sorriu fraca meio as lágrimas. – Se você quiser podemos contar pra Lauren. Disparou Dinah e Vero a encarou.

- Eu não sei, isso vai acabar com as férias dela. Porque Clara não aceita voltar, sua mãe avisou que o quanto antes retirar a massa melhor...

- Não sei o que tá acontecendo com a Clara ela não aceita voltar nem amarrada... Mais Vero!

- DJ eu vou ter que guardar esse segredo e quando ele vier à tona eu vou ter que encarar as conseqüências. Respirou fundo secando uma lágrima que caira teimosa.

- Eu vou está aqui quando for à hora e se a Lauren te odiar, não será por muito tempo...

- O que não vai ser por muito tempo? Lauren pediu adentrando abraçada a Camila, ambas já estavam trocadas e com escova de dente em mãos.

- Essa melação suas! Dinah paralisou sorte que Vero pensava rápido. – Acredite é assim nos primeiros meses. Sorriu forçada.

- Você tava chorando? Nem ligou para o que a amiga disse antes.

- E Verônica Iglesias por acaso chora Jauregay? Foi só a Dinah que meteu esse dedão no meu olho e o irritou. Desconversou seguindo para a saída; - Esse banheiro tá muito cheio, to de saída. Quando ia passando por Lauren a mesma segurou se braço e encarou-a seriamente. – Esse olhar não funciona comigo, sabe disso! Sorriu fechada soltando-se da amiga e seguindo para o quarto.

- Vocês duas são um nojo! Confessou Dinah.

- Espera até você perceber o que sente pela Mani! Retrucou Lauren fazendo Dinah ficar boquiaberta.

- Nem todo mundo é Gay ou Bi Jauregui.

- Nem todo mundo, mas...

- Mas vai se fuder. Cortou Dinah também saindo do banheiro.

 

Todos prontos e já no restaurante tomavam seu café da manhã alegremente como era de costume.

- O que raio é aquilo? Lauren pediu fazendo os demais olharem para o mesmo lugar.

- Ainda bem que eu não tenho família. Lucy disse em tom de brincadeira mais todos olharam sérios para ela; - Foi só uma brincadeira.

- Minha namorada tá tão engraçadinha... Só que não!

- Eu to com medo do que sua mãe preparou pra gente hoje amor! Camila sussurrou vendo seus pais se aproximarem junto com os pais das suas amigas.

- Medo? Não sei se é a palavra certa! Sussurrou de volta para Camila que sorriu de leve.

- Reforçados? Clara pediu com meio sorriso.

- Que micão é esse, mãe? Pediu Lauren se dando conta que cada família vestia uma blusa de cor diferente a sua estava com uma blusa azul clara.

- Vamos fazer competição familiar hoje, dei a idéia para a família de cada uma de suas amigas e sua namorada e eles adoraram. Vero estava rindo feito hiena. – Você vai entrar na nossa família Iglesias pode se vesti. Jogou a camisa na mesma que não acreditava e ria ainda mais.

- E a Lucy?

- Lucy tá com os Hamilton. Entregou a camisa cuja cor era verde.

- Vai Amor anima vai se divertido. Camila incentivava vestindo sua camisa na cor vermelha.

- Você tem que usar a azul e a vermelha. Lauren disse abraçando a namorada e ouviram um coro “Ownt” de seus amigos e familiares.

- Nada disso, Camila não é sua esposa. Mike pronunciou-se.

- AINDA pai, ainda! Disse e acabou por aceitar a brincadeira.

No fina ficou Os Jauregui com a Blusa na cor azul clara, os Hamilton com a cor verde, Cabello com vermelho, Hansen com amarelo e os Brooke com Roxo, como dito Lucy entrou na família Hamilton, Vero com os Jauregui, Troy com os Brooke e Louis com os Hansen.

O dia se passava e a cada vitoria que umas das famílias tinham arrecadava ponto para a grande final.

As provas envolviam tais brincadeiras: natação, Boliche, ping pong entre outras brincadeiras divertidas e que poderia ser feita em família.

A noite caiu e com ela o resultado das duas famílias que estavam na final, Os Hamilton e os Cabello sendo decidida na brincadeira de acerta qual o filme que consiste em desenhar algo relacionado ao filme, nada muito pesado, pois estavam todos cansados, brincaram e se divertiram a noite inteiro.

Sete a cinco ficou o placar final dando a vitoria para a família Hamilton que como prometido iam ganhar um dia no SPA como escolha dos mesmos, não que eles não visitassem o SPA é que seria o serviço completo. Agora estavam todos jantando, a energia que gastaram precisava ser reposta.

- Até que não foi tão ruim assim como eu pensei! Disparou Lauren colocando uma colher na boca.

- Eu disse que vocês... Clara parou de falar quando sentiu uma forte dor.

- Mamãe? Taylor chamou pela mãe que sorriu.

- Não se preocupa pequena, mamãe tá ótima. Encarou a mãe de Dinah que negou com a cabeça.

- Certeza? Vero deixou escapar.

- Porque não estaria, estou ótima é só o cansaço do dia. Mentiu.

- Mesmo assim é melhor olharmos isso! Milika levantou-se fazendo a mãe de Lauren se levantar mais não por muito tempo, acabara desmaiando.


Notas Finais


What's UP? continuo?
Vejo vocês logo, acho.
beijinhos amores.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...