História Six outlaws - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Agust D / Suga, CL (Chaelin Lee), Triple H
Personagens E'Dawn, Hui, HyunA, Lee Chaelin "CL", Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Tags Agust D, Bebidas, Coréia Do Sul, Drogas, E'dawn, Hui, Hyuna, Imagine, Interativa, Min Yoongi, Personagens Originais, Policial, Romance, Shipp, Suga, Triple H, Violencia, Yuri
Visualizações 107
Palavras 710
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, LGBT, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - ..6..


 Estava olhando para o nova, pensando em nada e ouço passos se aproximarem.

 Os passos param atrás de mim e eu me viro, vendo Hui olhando para ao nada como eu estava.

- o que você estava olhando? - ele pergunta e se senta ao meu lado

- nada...

- ok, então o que está fazendo aqui?

- sinceramente?...

- sim.

- chorando sozinha...

- imaginei. - ele fica em silêncio por um tempo - não fica assim por conta disso tá? você já devia ter imaginado que isso ia acontecer.

- sim eu tinha, mas mesmo assim é difícil... eu amo muito ela, muito mesmo!

- eu sei como é.

- duvido que já tenha sentido o mesmo.

- já, mas não da mesma forma que você...

- vai me contar?

- você quer ouvir?

- sim, preciso de uma distração. - ele respira findo antes de começar a falar

- eu sempre amei uma garota, eu gosto dela desde que a conheci. Ninguém gostava dela, então sentia que podia ter uma chance, mas depois de um tempo Hyuna começou a gostar dela, e eu sabia que Hyuna tinha bem mais chances que eu, e continua tendo! então eu nem falo muito com ela, mas sinto que preciso ficar perto dela.

- é parecido com a história que eu contei para minha melhor amiga quando comecei a gostar de Hanei, era assim que eu me sentia e quando descobri que ela também gostava de mim fiquei feliz pra caralho! tive até um ataque de euforia. - ri lembrando disso

- com certeza eu também teria se a garota que gosto se declarasse para mim.

 Hyuna e E'Dawn correm até nós e nos abraçam.

 Minhas bochechas queimam ao perceber que meu rosto estava colado ao de Hui e percebo que ele também está corado.

- vocês não querem nos soltar?

- tá. - Hyuna fala e se senta no meu colo - está melhor?

- um pouco...

- sabe, eu tive uma ideia do que podemos fazer agora.

- o que?

- já que estamos fugindo da polícia temos que ficar diferentes, então nós podemos pintar nossos cabelos! - ela sorri largo

- ah, e quem vai querer nós atender?

- é só nós comprarmos as tintas em alguma conveniência e pintarmos.

- ok... por mim tudo bem.

- isso ai! Hui pega a chave. - ela joga para ele mesmo ele estando do seu lado - vamos dar uma repaginada no visual! - ela corre até o carro e nós fomos atrás

 Hui dirige até a conveniência mais perto e nos fomos até a porta dela ficando parados na frente por um tempo.

- por que não entramos ainda?

- S/n nós somos criminosos não lembra? podem nos reconhecer. - Hyuna sussurra

- e parados aqui fora também podem nos reconhecer.

- fala baixo...

- desculpa. - dou um sorriso amarelo - mas olha, nós entramos, pegamos as e pagamos, rápido e sem olhar para ninguém.

- tá, todo mundo já sabe a cor que vai pegar?

- sim. - eu e Hui respondemos

- E'Dawn?

- eu to de boa, não vou querer não.

- então espera no carro.

- tá. - ele volta para o carro

- nós entramos no três, um... dois... três!

 Entramos juntos e fomos direto para a prateleira de tinta para cabelos, Hyuna pega uma preta, Hui uma castanho e eu castanho claro, então fomos para o caixa.

- são dezoito mil won... - Hui entrega uma nota de cem mil won para ela

- pronto.

- pega uma camisinha também Hui! mas pega a neon, dai você pode brincar de sabre de luz... - Hyuna fala e começo a rir

- calma, eu conheço essa voz... - a moça do caixa fecha os olhos pensando - Hyuna?

- fica com o troco! - Hui grita e saímos correndo ouvindo o alarme tocar - Hyuna sua desgraçada!

- me desculpa. - ela ri

 Nós entramos no carro e Hui acelera de uma vez nos fazendo ficar colados no banco.

- porra Hyuna, se formos presos vai ser por sua culpa! - Hui fala nervoso

- ah foi engraçado vai... - ela ri

- eu achei. - respondi achando graça e vejo Hui dar um sorriso de lado me olhando pelo retrovisor


Notas Finais


Desculpem erros


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...