História Sixth Sense - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO
Personagens Baekhyun, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jisoo, Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Suho
Visualizações 8
Palavras 1.453
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Prova


Fanfic / Fanfiction Sixth Sense - Capítulo 1 - Prova

-YAH! SUA PIRRALHA- Baekhyun gritava ao lado de fora do banheiro- TE DOU DEZ SEGUNDOS PARA SAIR DAI OU EU VOU EXPLODIR A PORTA E TENHA CERTEZA QUE VOCÊ VAI JUNTO!

-BAEKHYUN! JÁ FALEI PARA NÃO GRITAR A ESSA HORA DA MANHÃ-mamãe o repreende da cozinha. 

Respiro fundo e abro a porta com cautela, desviando do tão famoso peteleco do garoto, passando por baixo de seus braços. 

-Acho melhor não demorar para comer- fala...ele estava irritado. Acho melhor não testar a paciência dele hoje. 

Nós dois iríamos prestar um teste para entrar na melhor escola da cidade, com certeza nossos nervos estavam a flor da pele, pelo menos os meus estavam. Seriam duas fases, uma escrita e a outra prática. 

Eu e Baek poderíamos ser irmãos mas puxamos para lados diferentes da corda. Eu estou super confiante para o teste escrito, estudei bastante, já para o prático... Não se dá para fazer muita coisa quando seu sexto sentido é controlar a gravidade e ainda mais quando não se tem um bom controle sobre ela. O Baek era o contrário...ele passar na prova escrita vai ser bem difícil já na prática...ele vai destruir geral.LITERALMENTE. O sentido dele era literalmente explosões, uma habilidade muito elogiada por todos. Ele é forte. 

-Tem arroz no fogão- mamãe fala quando entro na cozinha. 

-Hum~~

-Não fique muito nervosa querida. Vai dar tudo certo.

-Vou dar o meu melhor mamãe- falo com dificuldade por estar de boca cheia. 

-S/a, eu vou sem você- baek me chama impaciente. 

-Já estou indo. Tchau!- aceno para minha mãe e me curvo para a foto do papai ao passar por ela na sala me deseje sorte- sussurro. 

-Pegou seu cartão do metrô? 

-Sim

-Vamos. 

-Boa sorte crianças!- mamae fala da porta do nosso apartamento. 

----------------------------------

-Alunos que farão o teste para a Y.S school, favor se dirigirem ao sétimo andar- os auto-falantes do grande edifício anunciavam de minuto a minuto. 

-Por aqui pirralha- Baekhyun chama a minha atenção, estava meio aérea mas era pela ansiedade- Yah!- Segura o meu ombro evitando que eu esbarrasse em um pilar.

Baekhyun me repreende com o olhar  seguindo em direção ao elevador e eu vou atrás. Estava realmente nervosa. 

Queria muito estudar nessa escola, foi onde meu irmão mais velho estudou antes de entrar no clã dos Jung, lugar que eu tanto almejo. O papai e a mamãe já foram membros um dia, mas depois que o meu pai morreu, a minha mãe começou a se dedicar completamente a nós. O clã dos Jung era incrível, além de estar no top três, o que eles fizeram pelo nosso país à algums anos junto a dois outros clãs foi tão incrível,  tem lições tão incríveis e a união deles é...simplesmente...incrível? 

-S/N!- escuto chamarem o meu nome assim que desço no andar que estava lotado de jovens. 

-Taehyung!- sorrio ao ver o garoto se aproximar. Nós éramos amigos desde o Fundamental. 

-Mereço- Baek sussurra indo na frente...eles não se davam muito bem, ou melhor,  meu irmão não se dava bem com ele sozinho...tae se dava bem com todo mundo, ele era incrivelmente simpático. 

-Nervosa baixinha? 

-Não,  nem um pouco- minto

Ele me encara por um tempo e sorri.

-Men ti ra. Eu te conheço.

-Conhece nada- sorrio dando alguns passos para trás tombando em algo...ou melhor...em alguém. 

-Ah- o garoto diz irritado ao sentir o café quente cair sobre ele, logo em seguida me encarando...me encarando muito feio. 

-Me-me desculpe, você está bem?Se machucou?  

Ele inclina lentamente a cabeça para o lado ainda sério me fazendo arrepiar. 

-como poderia? O café está quente afinal- fala cínico, ele estava me assustando, aquela não parecia ser a reação de alguém que se queimou. Ele dá um passo à frente e sinto tae tocar de leve em minha camisa fazendo meus pelos arrepiarem, não pelo toque mas por ele estar usando seu sexto sentido, eletricidade. Estava na defensiva? 

O garoto a minha frente ergue uma sobrancelha sem entender e levanta uma mão. Fecho os meus olhos e sinto uma mão tocar o meu ombro o que me faz olhar.  Baekhyun o tocava encarando o garoto que tinha de fato levantado a mão, mas não para atacar e sim para arrumar o cabelo. 

-Está tudo bem aqui?- baek pergunta ainda encarando o moreno que também o encarava. 

-Poderia não estar, seja mais cuidadosa na próxima vez, poderia ter machucado alguém que tivesse um sentido diferente- fala simplista enquanto abanava a camisa manchada,  se virando e saindo em seguida. 

-Francamente, mais desastrada impossível. 

-Não foi de propósito- digo emburrada

-IMAGINA SE FOSSE

-isso não é ver- olho para tae que ainda encarava o garoto andando a nossa frente- tae? 

-Esse anel- sussura- um Jeon?

-O que? 

-Nada

- Por favor dirijam-se a sala designada em suas inscrições, a prova começará em trinta minutos. 

-Em que sala você ficou tae?

-2 A

-Pena! 3 D...mas vc ficou na mesma sala do meu irmão-digo apontando para trás de mim e tae me olha curioso. 

-Porque está correndo Byun?

-Nem morto sento perto de você!!!- exclama enquanto corria para sua sala. Tae apenas sorri abaixando a cabeça. 

-Preciso ir baixinha! Até mais tarde.  Podemos comer no café da tia quando acabarmos. 

- Fechou. 

Me dirijo a minha sala me sentindo um pouco mais aliviada, eu consigo. Entro no local e me sento no último local vago, demorei demais na recepção. As salas tinham a quantidade exata de cadeiras para o número de inscritos. 

Respiro fundo e coloco minha caneta em mãos olhando para os meus concorrentes. Todos pareciam ansiosos, menos um em especial, o garoto de antes. Estava sentado na primeira cadeira na fila encostada na parede. Parecia brincar com a caneta nas mãos enquanto a encarava extremamente entediado.

-Bom dia! Vamos começar com os testes, por favor confiram se estão com suas canetas e com [...]

É agora S/N! Não seio o que o teste físico vai ser então tenho que tirar a maior nota possível aqui.

-Por favor levantem as mãos para confirmação de presença. Kim leehyo, Gyo Soomin- a moça chamava e chamava os nomes, Levantei o meu braço quando meu nome foi citado e continuei a ouvir os nomes. Não sei o motivo, mas fiquei curiosa para saber o nome do garoto. - Oh yoonbi, Jeon Jungkook- o garoto levanta o braço. Então seu nome é Jeon Jungkook...ESPERA! JEON? estou concorrendo com um Jeon? Estou arruinada. Já tenho um na minha frente. 

Cochichos começam a se espalhar e o silêncio é pedido, voltando para as checagens. Isso é estranho, geralmente os Jeon assim como os Park e os Jung são aceitos por recomendação. Será que eles recomendaram outra pessoa? 

As pessoas costumam falar que ser recomendado garante uma entrada fácil mas não é bem assim. As recomendações desses três clãs começaram faz uns 65 anos quando esses os três líderes dos mesmos se reuniram para salvar o país de um grupo que estava prestes a destrui-lo. Não foi uma batalha fácil, disso todos sabem, ironicamente hoje eles são os três clãs mais fortes, as pessoas que tem permissão de se juntar a eles geralmente são muito fortes.  

Como uma forma  recompensar, o governo os deu alguns privilégios, entre eles as recomendações. Cada clã pode recomendar um jovem, herdeiro ou seja da família principal não os associados,  para entrar na escola desejada, contanto que façam um teste para testar o nível de suas habilidades. Geralmente eles mandam os jovens mais fortes como demonstração de poder, porque por incrível que pareça, hoje os três clãs vivem competindo, mas pelo o que eu ouvi falar os Jeon e os Park vivem em harmonia, já que seus líderes hoje são amigos...todinho dos Jung.

-Podem começar. 

SO COR RO

----------------------------------

-S/a- tae acena para mim na entrada do edifício, o sol já estava se pondo- como foi a prova?

-Moleza,  Moleza. 

-Com certeza foi...Você estudou.

-Estou mais preocupada com a prova prática-suspiro. 

-Não pense nisso tanto assim, vai ficar depressiva.

-YAH!

-Foi uma meia brincadeira, temos que ser realistas também- brinca novamente

-Cadê o Baek? Não saiu? 

-Saiu sim. E foi embora. 

-Por que ele não me esperou? -pergunto incrédula. 

-"ELA TEM PERNAS E PODE ANDAR" Foi o que ele disse...e o que mais? " AQUELA PIRRALHA MALDIDA SO ME DÁ TRABALHO" Ele falou mais alguma coisa?- se pergunta pensativo. 

-Deixa para lá! Vamos comer, a mamãe já deve ter aberto o café.

-Verdade

-Gostou da prova? -pergunto enquanto andávamos para a estação de metrô. 

-Estava um pouco complicada mas não impossível eu acho que  [...]



"Naquele tempo eu nem imaginava o que aconteceria comigo, os amigos que ganharia,  as aventuras que enfrentaria, as paixões que me aguardavam, os desafios que me esperavam e o sofrimento que passaria.   Essa é a história de como eu sou o que sou hoje, de como eu me tornei um dos símbolos de proteção do país,  de como eu eu me tornei...eu."




Notas Finais


Gostaram? Espero que sim!
O que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...