1. Spirit Fanfics >
  2. Skid ( BTS) >
  3. Capítulo 3

História Skid ( BTS) - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


^_^

Capítulo 3 - Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction Skid ( BTS) - Capítulo 3 - Capítulo 3

No outro dia, o tempo parecia estar muito bom, menos dentro da casa, Jin estava em um canto com um graveto revirando as folhas no quintal, parecia que alguém o tinha quebrado, na verdade o tinha, de qualquer forma, os outros membros do grupo também estavam aflitos, deixando um clima pesado:

- Jin, você esta... - Jimin, pensamentos: "os olhos dele estão mortos" - bem?

- Não parece que isso está ajudando - Hoseok.

- Estamos em guerra aqui, o Jin precisa se recuperar - Jimin.

- Tá, não querendo ofender, mas eu realmente acho que o Namjoon gosta do Jin - Hoseok.

- E onde isso me ofen... - Jimin raciocinando - tá falando que o Jungkook não sente nada por mim? 

- Só estou falando que o Namjoon é claro, o estranho é, porque ele disse aquilo? - Hoseok.

Em outro canto da casa, os olhos revoltados de uma criança permeava Angel  que permanecia imóvel tentando imaginar o que aquela criança queria com ela, já estavam 10 minutos naquela situação:

- Você viu uma pessoa encapuzada na noite anterior do show? - Yoongi.

- Sim - Angel.

- E você não duvidou de nada? - Yoongi.

- Eu avisei os seguranças - Angel.

- Me descreva em detalhes - Yoongi.

- Ah ele tinha um capuz preto, uma roupa preta, era humano - Angel.

- Só isso? - Yoongi.

- Ah, ele tinha um sapato preto - Angel.

- Isso é... - Yoongi desistiu de perguntar a Angel.

- Ah eu vi alguém igual ontem, la fora - Angel.

- E você não fez nada menina??? Menina?? Você!! Você!! - Yoongi falava enquanto chacoalhava Angel.

Namjoon estava em um canto lendo um livro, mas de certa forma parecia aborrecido, Aly e Layla que o observavam não sabiam como conversar com mesmo, afinal alguém precisava resolver aquela situação e aparentemente Taehyung e Jungkook não estavam muito sérios quanto ao ocorrido:

- Certo, eu vou lá - Aly.

- Vá - Layla.

- Quer dizer, vamos juntas - Aly.

- Namjoon, oi - Layla.

Ele simplesmente ergueu os olhos para as duas sem pronunciar qualquer frase.

- Sabe, o Jin ainda parece aborrecido - Aly - acho que vocês precisam de um tempo a sós.

- Não é como se eu quisesse ficar com o Jin - Namjoon.

- Ok , eu já volto - Aly.

Aly e Layla saíram do local indo para cozinhar cochichar, onde encontraram uma cena estranha, Yoongi balançava freneticamente Angel, enquanto a mesma só sorria, ignorando aquela cena e o fato de Jimin estar tingindo as toalhas da cozinha de vermelho, elas começaram a discutir: 

- Por que só eu falei? - Aly.

- Porque eu não queria - Layla 

- O que vamos fazer? - Aly.

- Do que vocês estão falando? - Nanami adentrou a cozinha sonolenta.

- Do Namjoon e do Jin - Aly.

- Tranquem eles juntos em um banheiro, sei lá - Nanami falou se retirando com um copo de leite.

- Isso pode dar certo - Aly.

As duas levaram um susto com o grito de Luna ao funfo:

- Jimin, quem disse que podia tingir os panos?? 

- Ninguém, mas em época de guerra se precisa de uma bandeira - Jimin.

- Não é como se vocês tivessem chance - Jungkook.

- Será que eles estão retrocedendo mentalmente ou são assim mesmo? - Ruri.

- São homens mesmo - Nanda.

- Esse comentário parece meio ofensivo - Ruri.

- Gente, alguém viu o Taehyung? - Hoseok.

- Para de ser trouxa - Jimin gritou ao fundo.

- Ele está com a Mia caçando insetos - Nanda.

A noite finalmente chegou e Yoongi propôs uma reunião e aparentemente as meninas (Aly e Layla) já tinham iniciado o plano, Jin e Namjoon estavam pressos no banheiro, enquanto o resto do grupo estava na sala:

- Por causa dessa avoada o inimigo está perto - Yoongi falou apontando para Angel - ela o viu aqui, ontem a noite!

- Ah só que faltava, ele vai fazer o que? Transformar a gente em bebê? - Jimin.

- Bom, é a nossa chance de captura - ló - Yoongi.

- E como pretende fazer isso? - Taehyung.

Enquanto isso no banheiro Jin gritava por ajuda, mas ninguém parecia estar ouvindo, Namjoon não o olhava, nem comentava nada, o que deixava Jin impaciente:

- Caralho, tu que foi babaca e eu que não te ignoro - Jin.

- Eu não fui babaca - Namjoon.

- O que? - Jin.

- Você nunca disse que a gente tem algo ou não - Namjoon.

- O que? - Jin.

Voltando para a sala, a reunião prosseguia com Yoongi explicando seu plano mirabolante para capturar a pessoa, mas não estava tendo muito sucesso em fazer todos entender e manter o silêncio:

- Então nessa hora.. - Yoongi.

- Ei - Angel interrompe Yoongi.

- Não interrompa Angel.

- É que, a pessoa está ali fora.

- Por que não disse antes? - Yoongi - todos corram atrás dele.

Todos saíram correndo atrás da pessoa aleatoriamente, o que não era nada do plano do Yoongi, contudo eles acabaram de dispersando e aparentemente virando presas fáceis dessa forma, Yoongi percebeu que vinha um vulto correndo com tudo em sua direção e saiu a correr o mais rápido que pode com suas pernas curtas, contudo foi surpreendido pelo vulto ser a Angel, mas alguém mais estavam atrás deles:

- Você me assustou - Yoongi.

- Calma, você tá muito lento, corre mais rápido - Angel.

- Não consigo - Yoongi - espera, pq vc tá me pegando no colo? Não me rela, Angel não ....

- Ela tá perto, vou te jogar - Angel.

- Não faça issooooo........ - Yoongi falou sendo arremessado para longe. 

Em outro canto, Aly, Layla, Nanami, Ruri, Hoseok e Jimin corriam  atrás de algo pensando ser a pessoa, contudo na hora que Nanami jogou uma pedra e o ser em si caiu, não era a pessoa encapuzada:

- Tá loco tio - Jungkook falou indignado - uma pedra, é sério?

- Taca mais Nanami - Jimin.

- Desculpa, tá escuro - Nanami.

- Tem alguma coisa vindo, corram - Layla.

- Sinto que esqueci algo - Aly.

- Gente, cadê o Jin e o Namjoon, não vejo eles faz tempo - Hoseok.

- Hum era isso - Aly - preciso voltar pra casa, vamos Layla, Nanami cuide dos meninos.

- Porque eu? - Nanami.

No outro lado Yoongi cairá em segurança no chão, porem bravo, muito bravo: 

- Cara, tá chovendo Yoongi - Taehyung.

- Cala a boca - Yoongi.

- Você viu os outros - Mia disse preocupada, enquanto recuperava o fôlego.

- Parece que algo vem aí, bem rápido - Nanda.

- Corram - Luna.

Porém o vulto era novamente Angel:

- Ah, e aí idiota? Adiantou me arremessar? - Yoongi.

- Sim e enquanto eu vinha pra cá eu achei uma garrafa com suco, foi muito bom para me recuperar, alguém quer? - Angel.

- Eu quero - Mia.

Pensamento do Yoongi: " o que uma garrafa de suco faria no meio desse gramado imenso? O supermercado mais próximo fica a 2 horas daqui, não temo vizinhos e o vizinho mais próximo mora uns 30 minutos, só tem a gente, a natureza e uma loca encapuzada.... Cara a Angel é muito burra".

- Não tomem isso aí - Yoongi.

Dentro da casa, em um banheiro Jin e Namjoon discutiam freneticamente até que a porta foi aberta deixando os dois em silêncio: 

- Vamos, precisamos achar os outros, corram - Aly.

- O que está havendo? - Jin.

- A pessoa encapuzada apareceu - Layla.

Após várias horas de corrida, o grupo do Yoongi se encontrou com o do Jimin fazendo todos pararem por estarem muito ofegantes e aparentemente fazendo Nanami tomar um pouco do suco misterioso, por isso se lembrem: nunca bebam nada que foi achado por acaso:

- Alguém está vendo o tio encapuzado? - Jungkook.

- Não - Taehyung.

- Espera, cadê o Namjoon, o Jin, a Layla e a Aly? - Jimin.

- Oh estão vindo ali - Hoseok.

- Chegamos - Aly.

- Gente, calma, cadê o Jin? - Hoseok.

- Jin? JINNNNNN???? - Jimin.

- Gente, perdemos o Jin - Ruri.

- Jinnnn... - Jungkook.

- Jinnnn - Yoongi.

- Gente, eu não tô me sentindo bem - Angel.

- Ela desmaiou, alguém - Aly.

- Não foi a única - Taehyung apontando para Mia, Nanami e Ruri.

No outro dia, gritos podiam ser ouvidos do telefone, aparentemente a coisa não estava boa, mais obstáculos surgiram: 

- VOCE O QUE??? PERDEU O JIN! E A RURI, ANGEL, NANAMI E MIA SE TORNARAM CRIANÇAS... - o Diretor gritava pelo telefone com Aly que dava as notícias.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...