História Skyriver - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Mitologia Grega, Mitologia Nórdica
Tags Anjos, Demonios, Fantasia, Magia, Magos, Mitologia, Referencias, Rpg
Visualizações 2
Palavras 845
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Magia
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Capítulo 2 - A Terra da Magia


Próximo do século XXI, em uma vila de Nephils, nascia uma bebê.

Nova França, uma vila de Nephils, isolada do mundo, assim como as outras vilas de dotados de magia. Nela, existia um homem chamado Samuel Valette. Ele era um experiente ferreiro, e o único da vila. Talvez, um dos melhores que já existiu. Um dos 3 grandes ferreiros, quem sabe, se tivessem feito uma votação. Ele atraiu a atenção de uma mulher, Samira Aiden. Ela era uma exímia botânica e médica. Os dois logo se apaixonaram e Samira engravidou. O menino em seu ventre se chamaria Sky Valette Aiden.

Alguns dias antes de seu nascimento, Samuel fez para seu filho duas espadas chicote. Um tipo de espada que possuía apenas um cabo, sem pomo ou guarda, e sua lâmina é feita de algum elemento, que ao ser ativada, assume a forma de uma lâmina que pode ser alongada, assim podendo ser usada como um chicote. Elas não possuíam nome, que seria de escolha do garoto. Elas foram feitas em um período chamado de Estação de Yin-Yiang. Um período do ano de apenas 1 semana onde tudo que é criado se torna mais poderoso, em todos os aspectos mágicos. Esse período possui um pico, um tempo exato de três minutos, entre as 16:30 e 16:33, da sexta. Assim, essas espadas se tornaram bastante poderosas.

Além das espadas, como presente seu pai o fez um colar com uma fênix de símbolo, que melhoras os atributos mágicos de suas magias.

Sky finalmente nasceu, e logo foi levado para o batismo, onde ele é mergulhado em uma bacia cheia de essência de mana líquida, e sua vocação é representada a partir da cor que ela assume.

Quando chegara a vez de Sky, ele recebeu as bênçãos dos deuses, e depois foi mergulhado na bacia. A cor da mana mudou, diversas vezes. Vermelho, de guerreiro. Azul, de mago. Verde, de ladino. Laranja e Roxo, de viajante. Depois, a bacia tremeu, e a água assumiu uma cor amarela, nunca antes vista. Aliás, já vista sim, mas há muito tempo atrás, no batismo de Victor Valette, o tataravô de Sky. Victor acabou se tornando o grande herói que derrotou o Dragão de York, como era conhecido. Um grande Dragão que surgiu na cidade de York, atualmente Nova York.

Isso significaria então que aquela cor indicaria um futuro grande herói. Sky causou um grande tumulto, principalmente por ter mostrado características das 4 bases de classes, guerreiro, ladino, mago e viajante. O que aquele garoto iria se tornar?

Alguns dias antes mesmo de saberem do nascimento de Sky, Mundus desceu do plano divino até a Haled, e avisou a todos os Nephils:

- Amanhã, ocorrerá o alinhamento. Os planetas vão se alinhar perfeitamente e irá gerar uma grande explosão, que fará surgir uma terra segura para os usuários de magia. Essa terra será chamada de ExoTerra ou Terra da Magia. Criem locais anti-bombas com os seguintes materiais. Boa sorte, Nephils. Vejo vocês na Terra da Magia.

Ele entregara um papel com os materiais necessários para todos os ferreiros representantes, que com a ajuda da população começaram a construir o abrigo anti-bombas.

Como não podia haver nenhuma porta ou janela, e só podendo ser aberta de um modo específico dentro dela, era necessário um mago que podia teletransportar para dentro do local. Samira se ofereceu, e assim foi decidido. Ela treinava todos os dias para ter mana para teletransportar todos.

No dia, tudo estava pronto. A explosão se aproximava, e iria matar tudo que possuísse uma linha de magia, ou seja, os humanos nem perceberiam o que ocorreu. Estavam prontos para teletransportar, porém, um imprevisto ocorreu. Acontece que Samira tinha a conta de quanta mana precisaria, porém, com o nascimento de Sky, acabou que não daria para teletransportar uma pessoa. Samuel se ofereceu para ser sacrificado. Samira não aceitou, porém, Samuel não queria que o resto da população morresse, e insistia em ser ele o sacrificado. A explosão se aproximava, e Samira não tinha escolha. Teleportou todos, menos seu amado marido, que morreu como aquele que salvou a Nova França. Meio exagerado, não acha? Esse povo...

Quando saíram do abrigo, viram um vasto "novo mundo". Na verdade era apenas uma extensão do tamanho da terra, que apenas aqueles que possuem uma linha de magia podia acessar. Assim, os primeiros países foram surgindo a partir das primeiras vilas de dotados de magia. O país de Nova França foi fundado pelo tio de Sky, Sirius. Outros países foram surgindo, Nova China, Nova América, Wildlands, Vitnium, Evergarden, e Schincariol, o principal e maior país, com a "capital do mundo", Glow City.

Nessa nova terra, viviam Nephils, Elfos, Orcs, Gnomos, Anões, e outras raças mágicas. A população seguiu em um ritmo assombroso, tanto populacional quanto tecnológico. Estavam avançados uns 20 anos na frente da Haled, porém essa tecnologia era mágica e apenas em alguns poucos países. Por mais que Sky tenha nascido junto com a Terra da Magia, ela já havia uma longa história de conflitos e cultura, por existir no plano etéreo.

Assim se deu o nascimento de uma lenda e de uma nova terra para os dotados de magia.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...