1. Spirit Fanfics >
  2. Slash! >
  3. Day Off

História Slash! - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


assisti de novo o filme Curtindo a Vida Adoidado e decidi copiar kakakkakak plágio eh crime rapaziada

Capítulo 14 - Day Off


Fanfic / Fanfiction Slash! - Capítulo 14 - Day Off

Querido diário,

Eu tomei minha decisão. Não vou mais esconder a verdade da Bonnie, não sou tão boa em sustentar mentiras, e acho que não quero mentir pra ela. Portanto, hoje, depois da aula, levarei ela para a lanchonete do Filthy Burger e abrirei o jogo. Mas, tem outra coisa também...

CACETADA A GENTE SE BEIJOU DE NOVO RAPAAAAIZ

Espera

Nós estamos namorando...?

Não, todo mundo sabe que Bonnie é a galinha da escola.

Mas Então por que nos beijamos de novo?

"aiN pOrQuE eLa gOsTa dE miM"

Até que seria bom... Mas não, isso não é um filme de comédia romântica da sessão da tarde.

Né?

Ah, tanto faz. Se já pensei mais de 30 segundos sobre isso, já é demais.

~H.S

 

 

Aula de Geografia, a pior de todas. E pra piorar, a pilantra da Bonnie nem veio pra escola. Nem se quer para me avisar...

Fiquei irritada. Saco. Hoje eu tô praticamente sozinha. Trevor já cabulou 2 aulas pra ficar com a maldita enfermeira da escola e Lonnie faltou porque está doente.

Não quero prestar atenção na aula. Odeio geografia. mEU DEUS QUANDO SAPORRA VAI ACABAR?!?

Não me resta muita opção e fico fazendo rabiscos no caderno. Então, uma fucking pedra é lançada para a minha mesa. Como sento bem ao lado da janela, fico em choque. Mas o resto do pessoal da sala nem sequer nota, deve ser porque as suas sinapses nervosas pararam de funcionar por conta do tédio.

Pego a pedra meio receosa e percebo um papelzinho grudado na mesma. Pego o papel e leio.

 

"Olha pra janela, canto inferior direito"

 

Obedeço as instruções e olho para fora, me deparando com uma certa morena de olhos verdes muito filha da puta.

Bonnie estava sentada em um galho de árvore, e parecia ter certa dificuldade em se manter estável. Mesmo assim, ela tira umas das mãos da árvore e acena para mim igual uma idiota, quase caindo para o lado.

Solto uma risadinha com seu ato, mas disfarço.

Continuo ignorando a garota até que ela começa a falar meu nome baixo. Me viro pra ela e lhe dou meu belíssimo dedo do meio, me virando para frente no mesmo instante.

Ela não desiste e joga outra pedra, que dessa vez acerta minha cabeça. Sem querer solto um grunhido de dor, que foi bem audível pela sala, que estava completamente muda.

- Senhorita Swanson, tem algo para dizer? - Diz o professor com seu tom monótono e entediante.

- Eeh, posso beber água, por favor? - Disfarço e ele consente.

- Só não precisa gemer da próxima vez. - Ele diz e lhe dou um sorriso amarelo,  escutando algumas risadinhas abafadas.

 

Vou até o banheiro e confiro de minha cabeça está intacta, bebo uma água no caminho e já estava pronta para voltar a sala, mas paro e me sento no banco do corredor.

Precisava ficar longe daquela aula de geografia antes que tivesse um aneurisma. Respiro fundo e fecho meus olhos. Ainda de olhos fechados, escuto passos ao longe.

Abro os olhos e me deparo com uma pessoa entrando pela entrada principal da escola. Ela usava um sobretudo preto, chapéu preto e óculos escuros. Sendo assim impossível identificar seu rosto.

A pessoa se aproxima ao me avistar, andando em passos lentos. Se senta ao meu lado e fica muda. Fico um pouco desconfortável com a situação até que a pessoa se vira para mim e abaixa os óculos.

- faaaala, minha zebrinha favorita. - Exclama e eu automaticamente reconheço a voz.

Bonnie

- O que?! Bonnie que caralhos cê tá fazendo? - Falo e ela da uma piscadela com o olho - E o que há com esse bigodinho falso? - Digo arrancando o bigode falso que acabei de notar.

- Ei,ei. Não estraga meu disfarce! - Ela diz botando o acessório de volta e ajeitando o óculos. - Seguinte, volta pra sala e espera, ok?

- Mano, que que você tá tramando?

- Fica tranquila, eu vim te salvar da aula de hoje! - Ela diz convencida e se levanta.

Faço o que ela pede e volto para a sala.

 

Alguns minutos de pura confusão minha se passam, até que um dos pedagogos passa pela sala.

- Senhorita Heather Swanson é dessa sala? - Ele diz com metade do corpo para dentro. Ergo minha mão. - Ok, seu tio está aqui para te buscar mais cedo.

Guardo meu material silenciosamente.

Levanto da carteira, me despeço da sala e saio acompanhada pelo homem.

 

Eu não tenho tio.

 

 

Chegamos na saída da escola e me deparo com a "pessoa de sobretudo". Meus neurônios já começaram a processar a situação.

Me despeço do pedagogo e vou à caminho do carro de Bonnie.

- Bom dia, titio - Digo e Bonnie solta uma risadinha.

- Eu sou genial não sou? - Ela fala se gabando enquanto tirava o chapéu.

- Não, é só muito idiota - Falo abraçando minha mochila. - Aliás, como conseguiu enganar eles com esse... maldito bigodin! - Falo arrancando o mesmo da cara da garota que resmunga.

Bonnie tira algo do bolso, nada menos nada mais que a PORRA da minha carteirinha de identidade.

- "Como conseguiu isso?!" - Fala a morena imitando minha voz em notas consideravelmente mais agudas. - Simples, dei uma passadinha pela sua casa. Aliás você deveria trancar tua janela, menina, mó perigo.

-mEU DEUS! Eu podia te denunciar por invasão domiciliar, sabia?

- Eu sei, essa é a graça. - Diz com um sorriso ladino.

 

-  Bonnie, pra onde a gente tá indo?

- Sabe, hoje é terça feira, pior dia da semana. Só pensei em dar uma relaxada estilo Ferris Bueller, saca?

 

Era só o que me faltava, cabular aula com uma maníaca...

- Tá... pra onde vamos então? - Digo cedendo à tentação.

- Vamos para o centro da cidade! - Ela diz acelerando pra cacete, me fazendo urrar.

- oKOK, vamos chegar inteiras pelo menos?

- De jeito nenhum!! - Ela diz fazendo drift.

puts tô eh cagada mesmo.            


Notas Finais


jesus te ama


pega na minha mão e mama


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...