História Sleeping Well? - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Dormindo, dormir, Drama, Insônia, Manipulaçao, Original, Pesadelos, Romance, Sleep, Sleeping, Sleeping Well, Sonhos, Suspense, Tortura, Well
Visualizações 7
Palavras 1.192
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bom, essa é a minha primeira história nessa plataforma, e espero que todos gostem de ler, eu pensei bastante nela antes de começar a escrever aqui, e por mais que pareça meio raso no inicio, esse universo se expandirá muito futuramente... além que é claro que muitas outras histórias serão criadas mais tarde, então se gostarem dessa eu espero que acompanhem o que farei daqui pra frente.

Capítulo 1 - O desabrochar de uma Rosa... (parte 1)


Fanfic / Fanfiction Sleeping Well? - Capítulo 1 - O desabrochar de uma Rosa... (parte 1)

Oi... Meu nome é Rose Valeryo, e... é so isso mesmo... não tenho nada de especial ou anormal, sou apenas uma adolescente de 17 anos, cabelo preto, olhos castanho escuro... nada de mais em mim.. pelo menos era isso que eu pensava... bom, vamos do inicio, agora fiquem com a depressiva Rose do passado.

                                             Escola Red Veil

                                                      13:55

~Entra dia, sai dia... e é tudo a mesma coisa, pela manhã, vou pra escola, depois eu vou pra casa, e tento dormir, todo dia falhando miseravelmente... e tudo se repete, de novo.. e de novo... eu não aguento mais... não tenho amigos ou qualquer coisa do genêro, não que eu precise de alguém, eu sempre me dei bem sozinha, não é agora que isso vai mudar...~

                                            Aulas começam... 

                                             Aulas acabam...

~Finalmente isso acabou. Não aguentava mais ficar lá, agora, vamos a proxíma etapa da minha incrível lista de afazeres, ir pra casa ser odiada por todos lá, e tentar de maneira falha dormir, que divertido não é mesmo?~

                                   Uma pessoa se aproxima...

Menina aleatória - Oie Rose! *sorriso*

- Eae... (essa é a... a.. ah tanto faz o nome dela, mas por algum motivo ela se auto-intitulou minha amiga... vai entender?)

Menina aleatória - Você anda meio triste e deprimida, aconteceu alguma coisa? 

- Bom... (não vejo motivos pra me abrir com ela, afinal eu nem sequer sei o seu nome, mas ao mesmo tempo, ter uma amiga... não deve ser tão ruim né?) Eu so estou meio... cansada disso.

M/A - Disso o que? 

- Disso tudo sabe? A escola, a minha casa, a rotina, a minha vida, tudo! É como se eu estivesse amaldiçoada a ter uma vida horrível e sem graça, vivendo sempre a mesma merda todos os dias

M/A - Rose... eu não eu realmente não sabia que você se sentia assim... tem alguma coisa que eu possa fazer por você?

- Não... o que você poderia fazer afinal...? (Serio isso? "Tem algo que eu possa fazer por você?" Esse é o melhor que você pode fazer? O que karalhos você poderia fazer? Mudar a minha vida magicamente?!)

M/A - Sabe... você está sempre sozinha, por isso vive sempre a mesma coisa, nos podemos sair juntas algumas vezes, assim quem sabe a sua rotina mude um pouco...

- Pera... você está querendo dizer que a culpa é minha?!

M/A - Não! Não quis dizer isso, eu só quero te ajudar.

- Pois sinto lhe informar que não conseguiu, e desculpa menina que eu não sei o nome, mas agora eu tenho que ir pra merda da minha casa. *Sai andando* 

M/A - Christie...

                                        Caminho de casa....

~Tá, tabom, eu fui "meio" ignorante com a tal da Christie lá, mas se tem uma coisa que eu odeio, são pessoas, que sempre querem ser os psicologos bonzinhos, que ajudam todo mundo e tem sempre as respostas certas nas horas certas, e eles estão em todo lugar, faz parecer que só eu tenho uma vida patética nesse mundo... talvez eu me desculpe com ela depois...~

                                           Em casa....

Mãe - Yo baby, será que você pode me emprestar algum dinheiro? Sabe como é né? A mamãe acabou perdendo em uma aposta de novo, sabe... eu podia jurar que eu estava fazendo a escolha certa dessa vez *rindo*

- Não tenho dinheiro para sustentar seus vícios doentes, já chega disso mãe! Está acabando com tudo que nós temos!

Mãe - Não seja ingrata, lembre-se que fui eu que te coloquei nesse mundo, o minímo que você poderia fazer é me ajudar a ficar milionária *rindo*

- Eu supostamente deveria agradecer por isso?! Minha vida nunca foi lá essas coisas, e grande parte da culpa disso tudo é sua! *saí correndo pro quarto*

Mãe - Hey, ja que está indo por ae, pode me trazer uma cerveja quando voltar? *rindo*

~Bom gente... essa que vocês acabaram de conhecer é Celestia Hopers Valeryo, a minha mãe... ela é uma típica vicíada em apostas, aposta em tudo que pode, gastando todo o dinheiro que meu pai nos envia, talvez ela tenha algum tipo de sonho bizarro onde acabe ganhando e ficando milionária... mas qualquer um com cérebro consegue imaginar que isso nunca vai acontecer. Bom eu não odeio ela nem nada assim... eu só não consigo ver ela se afundando nisso tudo e não poder fazer nada por ela~

                                             Quarto...

~Eis meu quarto, não tem muita coisa aqui então, nem vale a pena descrever e tudo mais. Bom eu vou provavelmente jogar video game, usar o celular ou qualquer coisa idiota de adolescente, e tentar dormir... de novo~

                                              03:55

- Não consigo dormir... *Rolando na cama infinitamente*

                                              04:42

- Estou começando a desistir da ideia de dormir de novo alguma vez na vida. 

                                           06:00 *despertador*

- Enfim... agora é hora de acordar, e ir pra escola... tudo de novo, exelente vida hahahaha.  

~ Pra quem não entendeu muita coisa, eu tenho uma insônia avançada, oque me deixa sem dormir por dias seguidos, top hein?...~

                                       Caminho da escola...                  

~Bom, como eu tinha dito, nada acontece, estou presa nessa merda de rotina estúpida, eu queria tanto que alguma coisa aconteces... aconte... acontecesse...~ *Desmaia ficando no chão completamente inconsciente*

*levantando lentamente* - porra... que merda foi essa?... pera... pera... *Fala olhando para sí mesma e depois para baixo*

- Essa no chão... sou eu...? *fala olhando para seu próprio corpo atirado no chão* Eu meio que morri e sou um fantasma ou algo assim? Tipo eu sinto como se não tivesse peso nenhum, e minha pele está relativamente reluzente... então essa e a minha única teoria. Eu deveria estar preocupa ou com medo agora né? Mas talvez isso não seja tão ruim, bye bye old body (corpo antigo) *fala "tocando" seu corpo no chão, mas ao encostar nele...*

                                             Hospital

*acorda subitamente, em seu próprio corpo dessa vez*

 - ...

*Ao acordar algumas pessoas entram na sala do hospital, como o médico sua mãe e Christie*

Christie - Rose! Estavamos tão preocupados com você! *emocionada*

- ...

Mãe - filha! Que bom que você acordou, não o que seria de mim sem você... *realmente emocionada*

- ...

Médico - foi uma recuperação realmente extraordinária, nos estimávamos que você ficaria desacordada por quase uma semana, meus parabéns!

- ...

- ...

- ok...

                                                 Mais tarde...

Médico - senhorita Rose, pelo que podemos avaliar,você infelizmente sofre de Narcolepsia.

- Narcolepsia? 

Médico - A Narcolepsia é um distúrbio crônico que causa sonolência excessiva e ataques frequentes de sono, a qualquer hora e em qualquer lugar, nós teremos de iniciar os tratamentos com você o quanto antes, entendido?

- Entendi. ~ Narcolepsia? Sei não hein...~

Médico - nós iremos entrar em contato o mais breve possivel, porém ate lá eu vou lhe receitar alguns remédios e tratamentos.

                                            Quarto... 22: 30

~ Bom... pelo visto minha aventura fantasma, não passava de uma doença qualquer... ah que merda, nada de bom pode acontecer na minha vida mesmo né? Mas veja pelo lado bom Rose, agora eu vou conseguir dormir uh hu, pórem agora vou dormir a qualquer hora em qualquer lugar, nada é perfeito afinal de contas, ainda mais pra mim...~

*Ao se deitar cai em sono profundo novamente*

- Acordei! Acordei... *se senta na cama* foi um sono bem rápido até, bom melhor que nada... ah não... de novo não... *olhando para a cama, vê novamente seu corpo deitado* Acho que minha vida está finalmente ficando interessante...

                                               CONTINUA...


Notas Finais


Sim gente, eu sei, a Rose ta bem ótaria Hahahahahah, mas isso não irá durar muito eu acho. Espero que vocês tenham gostado do primeiro capítulo, muitos outros virão e pretendo deixar esse universo cada vez mais amplo e interessante.... muito obrigado por terem lido tudo ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...