História Sleeping Well? - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Dormindo, dormir, Drama, Insônia, Manipulaçao, Original, Pesadelos, Romance, Sleep, Sleeping, Sleeping Well, Sonhos, Suspense, Tortura, Well
Visualizações 6
Palavras 1.335
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Aqui está o terceiro cap da história, esse eu deixei bem menos explicativo, embora ainda tenha um pouco, mas eu particularmente gosto de coisas bem explicadas. Apartir dos proximos capítulos eu pretendo por mais ação, eu até colocaria nesse pórem seria difícil com a protagonista não sabendo praticamente nada hahahaha, mas enfim, boa leitura e muito obrigado...

Capítulo 3 - Os sonhos de Christie...


Fanfic / Fanfiction Sleeping Well? - Capítulo 3 - Os sonhos de Christie...

Escola Red Veil...

~ Bom... aqui estou, na minha linda escola *frustada* agora com toda essa historia de viajante e poderes, a rotina parece ainda mais sufocante, quero logo ir pra casa e continuar testando meus poderes... ~

- Mas enquanto isso... *diz tirando livros sobre sonhos e mente humana da mochila* acho que estudar um pouco não faz mal.

Aula acaba...

Chistie - Hey Rose! Você já está melhor?

- Ah, oi Chistie... sim, já estou me recuperando... mas ae, foi mal por ser uma filha da puta com você aquele dia.

Christie - Não esquenta com isso, afinal você passou por muita coisa, eu que deveria pedir desculpas por ficar te enchendo...

~ Por mais que eu queira concordar com ela, eu estou decidida a ser uma pessoa melhor ou qualquer merda assim, então... eu posso fingir que somos super amigas? Isso parece meio errado, mas me parece bem mais razoável que dizer na cara que não gosto dela... ~

- Que isso chris, nós somos amigas afinal, não tem sentido você se desculpar por uma coisa dessas *sorriso forçado*

Christie - Rose... essa é a primeira vez que você me admite como amiga *parcialmente emocionada*

- *risos* Pois é né? Mas não se preocupe, eu serei mais amigável daqui pra frente. Bye bye

~ puta que pariu, não aguento ser tão legal assim. ~

Horas mais tarde...

Caminho de casa...

~ Eu me sinto meio bem sendo gentil... mas ainda é esforço demais mentir pra agradar os outros parar mim ~

Casa...

Mãe - Oi meu amor, você está bem? *Preocupada*

~ desde o meu primeiro desmaio, ela está cada vez mais preocupada comigo, essa é uma das primeiras vezes que eu a vejo preocupada, até parou de apostar, acho que posso me acostumar com isso *rindo mentalmente* ~

- Claro que estou bem mãe *rindo*

Mãe - ainda bem *abraço* não sei o que faria sem você... *quase chorando*

~ Ta essa me pegou de surpresa ~

- Mãe, não precisa se preocupar tanto assim... eu estou bem *sorriso*

Quarto...

~ Bom... agora é a hora... só deitar e esperar e dormir ~

*seu espectro saí do corpo*

- Bom... ai está *olhando seu corpo deitado* agora é hora de usar meus poderes...

*vendo muitos "atalhos" em sua frente...*

- Bom segundo minha recente experiência e o Slayer. Esses fios são chamados atalhos e ao segura-lo e puxa-lo eu vou ao sub-consciente da pessoa dormindo do outro lado do fio...

*tocando os fios, assim sentindo as mais diversas emoções possiveis vindas do sub-consciente de diversas pessoas*

- hummmm, segundo o Slayer ao me concentrar em uma pessoa especifica, eu poderia fazer o tal atalho aparecer em minha mão se a pessoa estiver dormindo... bom que tal a Christie?

* Ao se concentrar Rose pode sentir uma suave presença, e aos poucos essa presença começa a se materializar lentalmente em sua mão em forma de um fio dourado brilhante...*

- É isso, eu posso sentir a Christie... mas... esse sentimento é tão ruim... eu imaginava que os sentimentos da Christie seriam mais... felizes? Enfim...

*Rose, puxa suavemente o referido fio, sendo puxada em extrema velocidade até um local desconhecido até então por ela*

- Aqui é, o sonho da Christie?...

*diz vendo um ambiente completamente caótico, sendo uma planíce a beira do mar com fortes tempestades e tornados , com uma pessoa sentada a beira da planice olhando o mar*

- Nossa... que lugar. aquela ali é a Christie?

*Ao se aproximar ela confirma sua teoria, vendo Christie sentada lá em uma notável tristeza*

- Oi, Chirstie... o que está fazendo sentada ai?...

Chris - ahn?... Quem é você?

~ Ela não lembra de mim?... isso deve ter alguma coisa haver com mes poderes, ou quem sabe seja impossivel diferenciar uma pessoa de outra dentro dos sonhos... eu não sei! *chorando mentalmente* ~

- Não lembra de mim?... bom, tanto faz. eu quero saber... o que aconteceu?

Christie - do que está falando?... eu estou bem...

- ta querendo enganar quem com essa desculpinha? olha esse lugar, olha tudo isso... por favor, me diz oque aconteceu?...

Christie - Você se importa mesmo?...

- É claro que me importo...

Christie - Bom... ok.

~ Caso não tenham entendido o fato de ela falar tão facilmente, é que nos sonhos as pessoas perdem praricamente toda sua resistência mental, logo que o corpo não interpreta os viagantes como pessoas de fora, mas sim construtos da propria mente, o que faz as pessoas falarem como se estivessem pensando com eles mesmos ~

Chris - Meu pai... foi preso por tráfico de drogas ontem... meus amigos deram as costas pra mim depois que souberam... eu estou sozinha, e sem rumo...

- Cala a porra da boca, você não tem nada haver com seu pai, vocês são pessoas diferentes! ele fez merda, mas isso não significa que você tambem irá fazer! se seus amigos não querem mais saber de você por isso, significa que nunca foram seus amigos caralho!

Christie - ...!

- você, não está sozinha, será que você não tem nenhuma amiga ou amigo sobrando?

Christie - só uma, mas ela nem sabe que isso aconteceu...

~ Caralho, eu não sabia disso mesmo ~

- Claro que sabe afinal isso saiu no jornal né? e mesmo assim, ela nunca iria deixar de ser sua amiga por isso.

Christie - você tem razão... ela com certeza sabia disso, e assim nem sequer comentou isso comigo na escola... ela deve se preocupar muito comigo e não quis me deixar triste *feliz*

- viu você ainda tem com quem contar *sorriso*

* o ambiente começa a ficar ensolarado e os tornados em parte param... *

- Bom... é isso, sugiro que converse com ela amanhã... bye bye.

Christie - Espera, você já vai? você é tão familar para mim... qual o seu nome?

- Rose.

Christie - Rose! você?! é claro! como eu não lembrei, me desculpa.

- tudo bem *riso* acho que é assim que funciona nos sonhos. mas acho que você não vai lembrar disso quando acordar... falando nisso é hora de acordar Christie... eu só tenho que saber como fazer isso...

*Ao fundo surge Slayer andando calmamente*

Slayer - tsc tsc tsc... não sabe nem criar ondas Eletro-Nervosas?

- oin amigo, me ensina? *olhar fofo*

Slayer - Hahahah, ok, me da sua mão.

* Rose estende a mão para slayer, o mesmo começa desferir alguns pequenos feixes de eletricidade em sua mão *

Slayer - sente isso? se você se apegar a esse sentimento de verdade, vai conseguir reproduzi-lo dentro dos sonhos, não espero que consiga agora, mas se treinar bastante irá conseguir. por enquanto permita-me fazer sua amiga acordar por você, mas espero que treine bem, pois coisas estão vindo... coisas ruins Rose...

Christe - Hey! vocês podem parar de me ignorar e me colocar dentro da conversa!

Slayer - não tem motivos para fazer isso, afinal, você vai esquecer de tudo aqui, somente lembrando dos argumentos de Rose e do sentimento que teve ao ouvi-los, nem sequer lembrará desse ambiente... talvez lembrará de sonhar com Rose por ter escutado seu nome... mas enfim, hora de acordar! *raios tomam o lugar*

*em um piscar de olhos Rose volta para seu quarto ainda em forma espectral, pórem poucos segundos após voltar, já retorna a seu corpo orginal*

~ Wow, que dia... resolvi os problemas da Christie... pórem e meio triste pensar que ela não se lembrará de quase nada. e se ela acabar se lembrando de algum flash do sonho, será como qualquer sonho sem significado algum, ah mais tanto faz... ~

Escola Red Veil...

08:00

*Rose estava sentada na sala de aula e calmamente lia um livro a respeito da mente humana... segundos após o momento descrito, Rose é surpreendida com um abraço por trás de christie.*

*Rose claramente assustada* - Chris?! nossa, você me assustou.

Christie sussurando - Eu sonhei com você... *meio envergonhada*

- d-d-do que você está falando assim do nada?

Christe - eu não sei... eu só quis dizer isso... Rose voc...

*é interrompida pelo sinal da escola*

*risos falsos* - então... sabe que aula é agora?...

Christie - Geografia...

- Ah sim hahaha... ah, é... então é isso bye bye Chris... *sai andando disfarçadamente*

~ puta que pariu... o que será que a Chris está pensando? será que ela... não acho que não, ela so está confusa, devo ter isso como exemplo e não falar mais meu nome no sonhos...~

...

...

...

...

CONTINUA...


Notas Finais


Muito obrigado a todos que leram ^^ espero realmente que tenham gostado, e que eu tenha conseguido passar a mensagem que quis passar, que mesmo a Christie sendo sempre alegre, no fundo ela também passava por problemas sérios... mas enfim como sempre eu espero que continuem acompanhando e novamente muito obrigado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...