1. Spirit Fanfics >
  2. Slightly Pregnant >
  3. Keep calm

História Slightly Pregnant - Capítulo 18


Escrita por:


Capítulo 18 - Keep calm


Fanfic / Fanfiction Slightly Pregnant - Capítulo 18 - Keep calm

Abro os olhos e não , eu não estou no quarto em que eu deveria estar..

Percebo que estou nua , e os flashes da madrugada passada vem em minha mente.

Merda.

Eu estou no quarto de Justin.

Levanto da cama rapidamente , e avisto um relógio na parede ,11:55 , ah não , Hope. Entro em seu closset e pego uma camisa qualquer e visto uma cueca sua , saio do quarto parecendo um flash , e desço as escadas correndo , que ótima mãe sou. Meu coração se alivia ao ver Hope nos braços de Justin , ao me ver ela abre um sorriso e estende os bracinhos pra mim , que a pego.

-Bom dia mamãe.- diz e me abraça , que amor.

-Bom dia meu amor. – digo dando um beijo em sua bochecha.

-Voce esta cansada?- ela pergunta e eu a olho sem entender.

-Não filha.. quem disse isso? – pergunto e ela aponta pra Justin que está com um sorriso malicioso ,ótimo . – Estou bem . – o ignoro.

-Eu imaginei que estivesse , você fez muito esforço ontem . – ouço a voz do traste ,e quando vou responder , Hope grita me fazendo tomar um susto. – Filha o que foi?

-Seu braço ..- responde com os olhos cheios de lagrimas. – tem dodói . – diz e eu olho rapidamente pro meu braço , vendo uma marca roxa de mordida nele , Justin cai na risada , e eu fico vermelha de vergonha.

-Não , não meu amor..- tento explicar , mas nada sai.

-Eu e sua mae estávamos brincando..- ele da ênfase a palavra “brincando” me fazendo revirar os olhos –  de quem morde mais forte .. – ótimo que bela explicação , minha filha vai pensar que somos sádicos .

-Não está doendo , é só uma marquinha ..- abro um sorriso amarelo , enquanto coloco ela no  chão .

-Não doi?- ela pergunta inocente fazendo um bico.

-Nem um pouco.

-Ta bom . – ela sorri .- Vou brincar. – E sai me deixando ali com Justin , encaro e ele está me olhando de cima a baixo , safado.

-Será que você pode parar?- o tiro do transe .

-Você não me disse se aceitou minha proposta..- diz me puxando e colando nossos corpos. –mas acho que foi um sim. – diz e aperta minha bunda , e eu lhe dou um tapa . – Ai caralho.

-Não te dei essa intimidade Bieber. –digo seria , mais não desgrudo dele.- Não sei se você está merecendo. – faço voz manhosa.

-pensei que a gente já tinha pulado essa parte Elizabeth. – diz enquanto começa a distribuir beijos no meu pescoço , o empurro no sofá , ele cai sentado ,coloco uma perna de cada lado e sento sobre ele , dou um beijo no seu pescoço ,e percebo sua pele arrepiar .-Liz... – seu tom é de advertência e eu abro um sorriso brincalhão, será que ele gosta de jogos? Eu amo jogar. Continuo distribuindo beijos sobre seu peitoral , ele esta sem camisa e de bermuda o que facilita um pouco , subo os beijos e antes de beija-lo de verdade eu lhe encaro com um sorriso no rosto , sua expressão é seria ,consigo ver  desejo em seus olhos ,lhe dou um selinho demorado , é mais uma provocação , mais não demora muito , já que ele me puxa e me beija de verdade , ele me beija como se eu pudesse escapar de suas mãos a qualquer momento . Mas eu estou no controle dessa vez Bieber. Começo a mover meus quadris lentamente , e Justin solta um gemido fraco. – Não fode,Elizabeth. – calo sua boca com outro beijo .

-Senhor Bieb..- ouço a voz de Lena e pulo do colo de Justin rapidamente ,e me ajeito no sofá , Justin faz a mesma coisa enquanto tenta controlar sua respiração . – Me desculpe senhor , eu não queria atrapalha-los. –diz , envergonhada , tadinha , eu não tenho onde enfiar a cara nesse momento.

-Pode falar . –Justin diz serio , mantendo a postura.

- A senhorita Gomez está ai. – Lena diz e eu não posso acreditar.

 

(..)

 

Cá estou eu no quarto vestindo agora  a minha roupa , ia ser um vexame se ela entrasse e eu estivesse com as roupas de Justin , alem de estar em cima dele é claro.

Será que eles estão juntos?

Arrumo meu cabelo com um coque alto e desço as escadas , esperando que eles estejam no quarto , porem ao descer , vejo que é exatamente ao contrario , minha vontade é voltar , e eu realmente iria se suas atenções não viessem pra mim. Selena  me olha de cima a baixo ,e percebo justin engolindo seco.

-Então é ela? – ela pergunta e depois de me encarar durante segundos vira pra Justin. – Ela é a mãe? –Então Justin tinha contado pra ela? Ela realmente deve ser importante pra ele. –Voces estão dormindo Juntos? – Ela pergunta irritada.

-Não!- ele responde rápido, e agora é minha vez de encara-lo. –Quer dizer , sim.. –ele diz e vejo Selena abrir a boca , ela está realmente com raiva agora.

-Será que você não percebe que essa vadia está tentando te dar um golpe! – Ela grita , perai o que ?

-Eu estou aqui. – digo tentando manter a calma , olho pra Justin e seu olhar me pede exatamente isso também .

-É pra você ouvir mesmo. – agora se vira pra mim . –Voce não tem vergonha na cara não?

-Ei Ei Ei , meu amor.. – respira Elizabeth. –Abaixa o tom pra falar comigo por favor..

-Abaixar o tom? –Ela grita. –Quem é você ?- e aponta o dedo na minha cara.

-Selena..- Justin tenta apaziguar e segura seu braço .

-Você é uma vagabunda. –ela diz e eu realmente não posso ouvir  isso e vou pra cima dela , seguro seus cabelos com força , enquanto ela grita , e Justin tenta me puxar agora .

-Olha aqui. –Eu a encaro . –Voce não sabe por nada que eu passei. –digo enquanto a forço a me encarar. –Na próxima vez que você me chamar assim , eu não vou ser paciente como hoje. Voce pode ser quem for. – digo e solto seu cabelo , posso ouvir Justin falar alguma coisa e ela também  , mas não me importo, subo as escadas , entrando no quarto e batendo a porta do quarto com força , agradeço a Lena por ter saído com Hope , acho que ela já advinhou.

(...)

 

Uma hora depois a porta do quarto abre com força e um Justin irritado passa por ela.

-Será que você não podia manter a calma uma vez na vida? – Ele já chega gritando.

-Manter a calma? –levanto da cama . – Eu mantive a calma Drew Bieber. –disse seria . –Voce não gostaria de me ver perdendo ela.

-Voce sabe que ela não sabe totalmente a historia porra!- e ele continua falando alto.

-Foda -se ! – dessa vez eu grito. –Eu não vou ficar parada enquanto ela me chama de vagabunda. – digo e ele passa a mão na cabeça nervoso. – E por que transou comigo enquanto está com ela? – pergunto e ele me encara com a testa franzida. – Voce é um filha da puta! – grito e ele se aproxima .

-Eu não estou com ela. – ele diz dessa vez normal , porem ainda irritado.

-Não está? –digo indo pra cima dele dessa vez. – Por que se eu não tivesse lá você teria negado que dormimos juntos ontem.  – chego bem perto dessa vez , e agora eu estou irritada.

-É complicado Elizabeth.

-Eu já disse pra não me chamar assim!

-Voce sabe que ela é importante pra mim , tivemos uma historia e eu queria que ela soubesse , só que ela ainda sente algo por mim.

-E você por ela. –digo baixo dessa vez.

- Ela é importante , isso não se apaga assim ..- diz chegando perto e segurando na minha cintura. –Mas não fazemos bem um pro outro , não damos certo juntos .- ele poe meus braços envolta do seu pescoço e eu o encaro. – e é você quem eu quero agora. – diz e eu desvio o olhar . –Liz..Olha pra mim . –O encaro . – Sabia que eu acho extremante sexy quando você me chama de Drew Bieber?

-Não é seu nome ? –reviro os olhos me fazendo de desentendida e ele me dá um selinho.

Acho que preciso jogar mais aquele jogo .. qual é nome mesmo? Ah .. paciência .


Notas Finais


comenteeeeeeeeeeeeeeeeem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...