História Slumberous (Interativa) - Capítulo 2


Escrita por:

Visualizações 115
Palavras 1.519
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


primeiramente bom dia
demorei? demorei, mas pra compensar eu trarei ainda essa semana o capitulo com a primeira integrante aceita
os próximos dez capitulos serão as introduções das personagens e há uma mudança no tempo, então para não ficar confuso eu estou colocando as datas no capitulo, ou seja, no capitulo anterior (atualmente) é 2018, enquanto neste é 2017, okay? espero que não tenha ficado confuso k

fiquem com a minha personagem euna <3
boa leitura!

Capítulo 2 - ..::O2; Euna, the national 1st love


Fanfic / Fanfiction Slumberous (Interativa) - Capítulo 2 - ..::O2; Euna, the national 1st love

─ Capítulo dois; Euna, the national 1st love


20 de Abril de 2017, 08:45
Seul, Coréia do Sul — SYH Ent.


A garota estava sentada ao chão com seus fones ouvindo a música da qual estava treinando ultimamente, e também, sua preferida a algum tempo. Em três semanas haveria uma avaliação mensal e desta vez planejava se apresentar sozinha, para explorar suas posições como vocalista e dançarina. Mas estava sendo complicado, afinal não tinha ninguém para dividir opiniões ou simplesmente fazer brincadeiras ocasionais. A sensação de solidão estava a assustando e a deixando para baixo, como uma flor estava murchando e se arrependendo da escolha.

Poderia dizer que era apenas uma coincidência, mas não, Juwon habitualmente chegava na empresa a este horário e ao passar pela sala em que estava a amiga resolveu implicar um pouco com a mesma, mas seu sorriso havia se fechado ao ver a expressão de tristeza dela.

─ O que aconteceu? ─ perguntou se aproximando e abaixando para ficar em sua altura. Ela não respondeu, mas se deitou no chão bufando, parecendo uma criança mimada. Juwon achou fofa a atitude ─ Não vai me dizer?!

─ Eu escolhi fazer uma apresentação sozinha, mas... ─ desviou o olhar do garoto para um outro lugar da sala.

─ Mas...?

─ É chato! Sabe, eu vou estar no palco sozinha e não terá ninguém para me divertir durante os ensaios. Estou triste. ─ fechou a cara.

O garoto mordeu o lábio pensando em algo a dizer para a amiga, mas não sabia bem como resolver seu problema ignorando a impaciência da amiga. Sempre fora assim entre eles, desde pequenos, normalmente quem resolvia os problemas de Eunah era Juwon que com toda sua calma irritava a Baek. Na verdade ele sabia de algo, mas não sabia se algo idéia iria ser do agrado de Eunah.

─ E se... ─ começou, recebendo o olhar da outra que logo se sentou ficando de frente para o Jeon ─ nós dois fazermos uma dupla?

─ Uma dupla? ─ ela franziu a testa, pensando na proposta, apesar dos dois serem amigos por muito tempo nunca chegaram a fazer algo assim juntos e parecia legal ─ Podemos tentar!

─ Mas, como iremos fazer?

A Baek iria responder quando a tela de seu celular acendeu indicando uma nova mensagem, que por acaso, era de seu irmão.

─ Juwon, vamos discutir isso depois tudo bem? Preciso ver o que aquele hyung chato quer ─ revirou os olhos enquanto o outro balançava a cabeça negativamente sorrindo.

─ Tudo bem então, depois nos vemos ─ se despediu bagunçando o cabelo da garota que bufou.

Recolheu suas coisas rapidamente colocando a mochila sobre os ombros e deixou a sala indo em direção ao elevador distraída ao responder o irmão digitando que já iria. Notou que não era a única naquele cubículo e ao levantar a cabeça reconheceu Holly, uma instrutora que na maioria das vezes ─ e quando não estava ocupado ou irritada ─ recorria para tirar dúvidas e pedir ajuda. Mas seu olhos se fixaram na garota de cabelos escuros e rosto angelical que conversava com a instrutora, deixando Eunah hipnotizada pela beleza da desconhecida, tanto que nem percebeu que já havia chegado em seu andar.

─ Eunah? Não vai sair? ─ saiu do transe com a voz de Holly que chamava sua atenção.

─ S-sim, desculpe ─ desvio o olhar piscando algumas vezes podendo sentir suas bochechas queimarem.

Eunah começou a correr pelo corredor com vergonha e se sentindo uma idiota não por ter ficado observando aquela garota mas por ter ficado corada, não é da sua natureza se sentir dessa forma tão fácil, porque é ela quem faz com que os outros fiquem envergonhados. Mas ignorou isso ao se lembrar daquele rosto que atraiu toda sua atenção por alguns segundos, e podia jurar que nunca em toda sua vida havia visto uma pessoa tão bonita quanto ela. Quando tivesse tempo, iria perguntar a Holly sobre ela.

Bateu duas vezes na porta da sala de seu irmão e como não havia recebido uma resposta resolver entrar mesmo assim encontrando o lugar vazio. Encostou a porta atrás de si e deixou a mochila sobre o sofá que havia ali se dirigindo para a grande e confortável cadeira do mais velho podendo relaxar todos os seus músculos e soltar um longo suspiro. Começou a observar a decoração, em cores escuras com uma paleta variando entre preto branco e grafite, um pouco deprimente para seu gosto. Seus olhos passaram pelas estantes de madeira escura com livros, pastas e enfeites pequenos e pararam na foto em cima da mesa do irmão. Sorriu chegando mais perto. Se lembra de quando tinha tirado aquela foto com os dois irmãos, na vez em que Eunmi veio visitá-los. Mas seu sorriso feliz se tornou triste em pensar o quanto sua irmã mais velha se afastou nos últimos meses, cada vez mais distante, tanto no relacionamento quanto na localização. Esperou por pelo menos quinze minutos rodando na cadeira até ouvir o barulho da porta ser aberta revelando seu irmão, mais duas pessoas que não conhecia.

─ Demorou hyung! ─ reclamou recebendo olhares estranhos dos dois desconhecidos.

─ Eunah, essa é Minyeon ─ apontou para a mulher que trajava roupas sociais e cabelo preso ─ e ele é o Dongyul ─ já este tinha uma feição descontraída e um sorriso bonito.

─ Eu sou Baek Eunah, prazer! ─ falou a mais nova ali, se levantando e indo em direção aos outros ─ Mas por que me chamou hyung?

─ Por que chama ele de hyung? ─ Dongyul perguntou curioso.

─ Particularmente acho irritante chamar um cara de oppa, provavelmente vou te chamar assim também, Dongyul hyung ─ sorriu.

─ Faz sentido. ─ concordou.

A mulher revirou os olhos se cansando daquela conversa paralela, pois não tinha tanto tempo assim para o perder com discussões relevantes, segundo sua opinião, que resolveu guardar para si.

─ Eunah, eu achei sua ficha por acaso na pilha de rejeitadas por causa de seu período de treino aqui ─ explicou, se referindo ao tempo em que está na SYH sendo apenas quatro meses, além dos três anos e meio que treinou na FNC ─ e eu fiquei bem feliz quando vi seus vídeos e eu tenho que dizer o quanto sua voz é incrível.

─ Obrigada... eu acho ─ franziu a testa, não entendendo onde que aquela unnie queria chegar com aquela conversa.

─ Eu não sei se você sabe ainda mas eu sou responsável pelo novo grupo da empresa e com o seu talento eu e a presidente chegamos a conclusão de que seria um desperdício deixar você de fora.

Outra vez no dia havia travado, era muita coisa para processar de uma vez só e também tinha receio de enterrado errado o que está dizendo. Olhou primeiro para o irmão a sua esquerda, depois para o outro homem a direita e em seguida Miyeon que sorria de orelha a orelha para si.

─ Então, significa que...

─ Você vai debutar Eunah! ─ o irmão da garota a abraçou enquanto ela não tinha outra reação à não ser sorrir. Era difícil saber quem estava mais feliz entre os dois irmãos, desde que o mais velho apertava a missão nova entrem seu braços até a mesma perder o ar.

Caramba! Após tanto tempo iria realizar um sonho que já considerava impossível! E por quanto tempo foi alvo de críticas e boatos? Não iria conseguir contar nos dedos as vezes que fora julgada e apontada por apenas ter irmãos famosos e bem sucedidos, dizeres falsos de que Eunah teria inveja do sucesso da irmã modelo Eunmi ou o motivo de ter entrado para a SYH foi porque o irmão Eunwoo é o diretor executivo da empresa. De primeiro momento ficou pasma, mas após alguns minutos seu rosto tomara uma feição alegre. Ela queria mostrar para quem duvidava de seu talento que conseguiu alcançar seu maior e único objetivo.

─ Espera! ─ exclamou, se soltando do irmão e recebendo olhares preocupados dos três.

─ ...Eunah? ─ perguntou Dongyul, que sorria mesmo confuso, Eunah achou desnecessário o fato dele exibir aquele sorriso bonito o tempo todo.

─ Eu tenho que contar pro Juwon!

E com a deixa ela saiu as pressas da sala, gritando "eu vou debutar" pelos corredores alto e bem claro para o andar inteiro ouvir, fazendo Dongyul segurar uma risada e o outro Baek disfarçar e fingir que Miyeon não o olhava.

─ Você disse que ela era discreta, Eunwoo. ─ Miyeon cruzou os braços.

─ Bom, ela era... ─ se explicou não conseguindo mais segurar a risada, sendo acompanhado pelo outro homem na sala.

─ Dois idiotas, tsc tsc... ─ balançou a cabeça ─ Se divirtam aí crianças, enquanto os adultos vão trabalhar.

No momento os dois pararam de rir,  fingindo estarem ofendidos.

─ Assim você me magoa noona ─ disse Dongyul com a mão no peito.

─ Você não tem coração? ─ falou Eunwoo, limpando uma lágrima inexistente.

A mulher apenas revirou os olhos dando um tapa no braço de cada um e deixando a sala em seguida.

─ Dramáticos!
 


Notas Finais


aqui vemos que euna não sabe ser discreta, que eunwoo é o maior fanboy da irmã, e que um possivel otp esta se formando q
logo logo vocês vão conhecer nossa segunda integrante aaa
obrigado por ler <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...