1. Spirit Fanfics >
  2. Small Selena >
  3. Beginning!!

História Small Selena - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oiii pessoaaas, tudo bem com vocês? Espero que sim!!
Essa é a minha primeira história, e espero que gostem... Então, Boa leitura e não esquece de ler as notas finais, Obrigada!

Capítulo 1 - Beginning!!


Fanfic / Fanfiction Small Selena - Capítulo 1 - Beginning!!

Selena uma garota toda boba, que se apega muito rápido, que se entrega mais rápido ainda, tem um coração maravilhoso, linda desde que nasceu. Tem uma amiga chamada April e são amigas desde a maternidade, as duas com a mesma idade, 18 anos, e moram em New York.

POV. Selena

Meus pais brigavam demais, quando eu tinha 12 anos minha mãe morreu de Câncer de mama. A gente se dava super bem, tínhamos uma relação muito boa. Passava horas e horas no cemitério depois que ela se foi, sentada na grama perto do túmulo da minha mãe, ficava desabafando, isso me ajudava.

O meu pai, bom, desde quando minha mãe morreu, nunca o vi um dia se quer, estressado, sem bebida, e tomava remédios a todo momento, ele mal me olhava, mal sabia meu nome, não perguntava aonde eu ia, se eu estava bem, se eu precisava de alguma coisa. Infelizmente ele acabou entrando no mundo das drogas, ficou endividado até a cabeça, quase todo dia um homem que aparentava ter uns 45 anos ou menos, alto, moreno, ele vivia indo em casa e toda vez ouvia do quarto ele cobrando meu pai.

Amanhã começava a faculdade, eu vou fazer faculdade de medicina, sempre foi o meu sonho desde mais nova, eu tinha ganhado uma bolsa em New York mesmo, e Graças a Deus a April também, se não eu matava ela.

Era 21:00 da noite e eu estava exausta, passei o dia arrumando as coisas pra faculdade, arrumando a casa já que meu pai chegava e bagunçava tudo.

Liguei o chuveiro, esperei até que a água estivesse quente, tirei a roupa e entrei tomar banho. Eu estava tão ansiosa pra amanhã, fiquei pensando como ia ser, se eu iria chegar e conseguir prestar a atenção, ou se eu ia ficar encantada com os meninos, porque eu sei que tem vários meninos lindos na Faculdade, ou se eu ia ficar na minha, fiquei pensando tanto que nem percebi que eu estava com o chuveiro ligado a tempo, e só escutei batidas na porta me tirando dos pensamentos.

-Não vai sair daí logo? Sai logo daí, preciso entrar. - disse meu pai. 

-Estou saindo, Desculpa. -Respondi em seguida. E mais uma vez, meu pai chegou bêbado.

Desliguei o chuveiro, me enrolei na toalha, peguei a roupa suja do chão pra por na máquina e sai do banheiro dando de encontro com o meu pai na porta me olhando feio. Fui direto para o meu quarto.

Cheguei no quarto tranquei a porta e fui procurar um pijama, coloquei-o e deitei na cama, peguei o celular e mandei uma mensagem para a April. "Oi vaca, tudo bem? Me diga que não sou só eu que estou ansiosa hahaha". Em minutos ela me respondeu, "Oi biscate, tô bem sim e você? Sim, é só você que está ansiosa pra acordar cedo". Dei uma risada de canto e respondi ela, ficamos um tempinho conversando e logo dei Boa Noite para eu ir dormir.

*07:00 o despertador*

Peguei no celular e desliguei o despertador.

-Oh céus, parece que eu acabei de deitar e já tive que levantar. - Me sentei na cama e fiquei quase chorando lutando contra o sono.

Levantei, fui ao banheiro, tomei uma ducha rápida, escovei os dentes, vesti a roupa que tinha preparado um dia antes, uma blusinha da cor Roxa, uma calça preta jeans e uma sapatilha preta, sequei o cabelo rápido no secador e saí do quarto para tomar café. Preparei um pão na chapa e um Yakult. Olhei para o relógio da cozinha e já marcava 07:45. -Droga estou atrasada. - Corri pegar a bolsa e corri pra fora de casa, procurando o celular na bolsa pra chamar um Uber.

O Uber estacionou e pedi para o motorista me levar o mais rápido possível na Pace University, ele assentiu com a cabeça e fez o caminho do aplicativo. Cheguei lá e já era 08:05, dei o dinheiro do Uber e corri para a entrada da Faculdade.

Cheguei lá April estava sentada no banco me esperando, assim que me viu já levantou abrindo os braços pra me abraçar.

–Oi vadia, achei que não iria vir!

–Oi vaca, desculpe, perdi a hora.

Andamos até a sala, aonde seria nossa primeira aula. Sentamos uma do lado da outra, e ficamos ouvindo, a manhã toda os professores se apresentando, eu estava morta de fome e pronta pra mata um que me enchesse. Até que graças a Deus deu o horário da gente ir almoçar, April ficou rindo a manhã toda da minha cara, e de mim reclamando de fome. Saímos da sala e me olhou rindo e falou: -Pronto sua morta de fome, já vamos comer, agora da pra para de reclamar?! 

Olhei pra ela com um sorriso de quem queria matar ela e assenti com a cabeça.

Comemos e fomos pra outra sala, era aula de anatomia prática, eu adoreeeei. Ficamos mexendo no corpo, Claro que de mentira, conhecendo as partes do corpo humano uma por uma.

[...]

Olhei para o relógio e já marcava 16:55 tava quase o horário da gente sair, então arrumei as coisas e fiquei esperando dar o horário. 

–Amém hora de sair, não vejo a hora de tomar um banho e ficar deitada descansando. - Reclamei e April riu mais uma vez.

Me despedi dela com um abraço e xingamentos que pra gente era normal, não gostavamos daquele "amiga" "flor" "amore", pra gente era "vaca" "biscate" "vadia", e outros aí.

Cheguei em casa morta de canseira e meu pai não estava lá, eu não sabia se ficava feliz ou triste, sei que já estava acostumada, mais também sabia que quando ele chegasse ia chegar um nojo com bafo de bebida.


Notas Finais


Espero que tenham gostado... Não esqueça de comentar e favoritar por favor!!
Irei postar mais uma amanhã provavelmente, então fiquem atentos...
Obrigada mais uma vez.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...